www.uniaonet.com/afburquina.htm
(úLTIMA MENSAGEM : 24/01/2017)

www.facebook.com/photo.php?fbid=563959943627130

BURKINA FASO

Geral
Burkina Fasso (antigamente chamada “Upper Volta”) alcançou a independência da França em 1960. Repetidos golpes militares ao longo dos anos 70 e 80 foram seguidos de eleições multipartidárias no começo dos anos 90. A alta densidade populacional e os limitados recursos naturais do país resultaram em baixas condições econômicas para a maioria dos cidadãos. Recentes insurreições políticas na Costa do Marfim e no norte de Gana têm tornado difícil para milhares de camponeses temporários burquineses encontrar trabalho nos países vizinhos.
 
Povos
São mais de 77 grupos étnicos com línguas diferentes e 4 grupos de línguas principais.
Gur-Voltaicos (48): 69,9% [entre eles está o povo dominante do país, os Mossis, que representam 45% da população];
Mandê: 14,8%;
Atlântico Ocidental: 11%;
Outros povos africanos: 4,1%;
Não-africanos: 0,2%.
 
Economia
É um dos países mais pobres do mundo. Mais de 80% da população sobrevive da agricultura de subsistência. A economia doméstica não dispõe de recursos, e a dívida interna está aumentando por causa dos esforços de ocidentalização.
 
Política
Independente da França em 1960. Seis golpes políticos desde 1966. Um golpe militar em 1987 derrubou os esquerdistas que estavam no poder, mas os líderes do golpe foram eleitos duas vezes para cargos políticos, desde então. Uma democracia republicana foi formada em 1992, mas a maior parte da oposição ao partido dominante foi incluída numa fusão política em 1996.
 
Extras
O site do governo de Burkina Fasso é o http://www.primature.gov.bf.  Existe também o Burkina Online (http://www.burkinaonline.bf), um portal do país.
 
  Uagadugu

Segunda, 06
Agradeça pelas respostas de oração.
O contínuo crescimento das igrejas evangélicas durante os anos 90, quando o grande número de membros dobrou. Mas este crescimento tem diminuído;
Milhares de conversões entre os povos mossi, gurma, bwamu, ,bobo e samo, numa e sisaala;
Vibrantes Igrejas com cerca de 700.000 membros ao todo e uma forte visão missionária. Quase metade dos convertidos são de origem muçulmana.
 
Terça, 07
Ore pelos não-alcançados (Geral):
Apesar do crescimento da Igreja, do alcance missionário e grande abertura ao Evangelho, ainda há 24 povos se nenhum testemunho efetivo; 11 destes povos são muçulmanos. A maior parte dos não-evangelizados encontra-se em áreas onde existem missões. O trabalho que é feito por igrejas e missões onde existem pessoas não alcançadas sempre favorece os povos mais receptivos ou aqueles com ligações mais fortes. Ore pelo chamado e preparo de obreiros vindos da África e do mundo para evangelizar os não-alcançados.
 
Quarta, 08
Ore pelos não-alcançados (Desafios Específicos):
Os muçulmanos, que se concentram principalmente no norte, mas continuam a crescer entre todos os grupos étnicos. Apenas uma parte dos missionários em Burkina está comprometida especificamente com o ministério entre os muçulmanos;
Os fulbe, que são em parte nômades, estão começando a responder ao Evangelho. Esta abertura precisa ser expandida;
Povos não-muçulmanos não-alcançados: dogon, bulsa, gurenne, senufos e outros grupos menores.
 
Quinta, 09
Necessidades específicas da Igreja (1):
Há muito o que fazer nas igrejas após o grande crescimento dos anos 90. Na verdade, em algumas regiões onde houve grande crescimento, muitos começaram a apostatar da fé e outros voltaram a ser muçulmanos. Há muitas necessidades:
Existem poucos líderes treinados. Ore pelas escolas bíblicas dirigidas pelas igrejas principais e missões nas línguas locais e em francês. Muitas vezes, parece que a falta de treinamento dos pastores deve-se à postura paternalista das missões;
A miséria econômica é muito grande e os índices de alfabetização são muito baixos, mas são mais altos entre os convertidos. Ore para que os crentes desse país possam superar a pobreza e a dependência espiritual, e comecem a dar ofertas de sacrifício;
 
Sexta, 10
Necessidades específicas da Igreja (2):
Ore pelos líderes da Igreja neste momento crucial. O êxito que obtiveram com o grande crescimento da Igreja gerou um grande desafio: discipular os novos convertidos. Ore pelas esposas destes pastores e evangelistas. Que elas sejam mulheres de Deus sábias porque existem muitos homens no ministério que não encontram companheiras. Ore por líderes cristãos que sejam capazes de manter suas posições contra as práticas idólatras desta sociedade tribal, e contra a exigência de líderes nacionais não-cristãos;
A crescente epidemia de AIDS não tem sido encarada da maneira correta. Quase 7% da população adulta tem o HIV. Há uma organização cristã divulgando a abstinência sexual e a fidelidade na luta contra a propagação da AIDS. Ore para que esse ministério seja usado para salvar vidas não só do HIV, mas também levá-las ao conhecimento de Cristo;
Em geral, as igrejas não têm uma forte visão missionária. Isto está ligado a questões de dependência e às missões que estão sobre as igrejas. Ore pelos ministérios que trabalham para mobilizar as igrejas e proporcionar um treinamento transcultural para os que foram chamados ao ministério. Ore para que o Senhor levante um movimento no meio do Seu povo, para que missões ocupem o lugar de destaque nos programas da igreja.
 
Sábado, 11
O poder do ocultismo precisa ser quebrado em muitos povos de Burkina Fasso.
Alguns países da África ocidental são mais dominados pela idolatria, fetichismo e sociedades secretas. O ocultismo tem influência até mesmo dentro das igrejas, corrompendo e dificultando a propagação da verdadeira mensagem de Cristo. Estas práticas são mais foortes nos povos lobiri do sudoeste, gurma no leste, gurunsi, senufo e bobo. Ore para que o poder de Cristo seja mostrado para que muitos sejam salvos.
 
Domingo, 12
Ore pelos jovens do país.
Eles têm uma educação melhor que a de seus pais, mas as possibilidades de conseguir um emprego e de ter uma promoção são muito pequenas. Por isso muitos deles são frustrados e desiludidos. As crianças de rua estão se tornando algo comum porque há poucas oportunidades de emprego. Há poucos trabalhos em tempo integral com estes jovens. Ore pelos trabalhos nos colégios e pelo ministério que existe com jovens e estudantes da Universidade de Uagadugu. Existem mais de 1.500 pessoas relacionadas com este ministério, que envolve pequenos grupos espalhados por todo país e um grupo de 60 pessoas na universidade. A necessidade de mais pessoas que possam dirigir e expandir este ministério é muito grande. (Pelos Povos _ 9/2004)

Nome oficial: República do Burkina Fasso
População: 11.575.898
Superfície: 2745200 Km2
Fronteiras: Burkina Faso situa-se na África Ocidental e é limitada a Norte e Oeste por Mali, a Este por Niger, a Sudeste por Benin e a Sul pot Togo, Gana e Costa do Marfim.
Religião: 40% crenças indígenas; 48% muçulmana; 10% cristã
Índice de pobreza: 59,3% (1997)
Índice de alfabetização: 79,3% (1997)
Desenvolvimento humano (IDH): 0,304 (1997)
É uma das nações mais pobres do mundo (Maoz)

Djibo


La Voix du Berger, BP112, Djibo, Soum_Burkina Faso
 

La Voix du Berger, BP112, Djibo, Soum, Burkina Faso

Cel_(0226) 76 45 36 35,

 

Projeto Djibo FM: a voz do Pastor

 

            ABEDD (Associação Betel pela Parceiria e Desenvolvimento a  Djibo) é uma ONG Cristã situada em Djibo (15.000 habitantes) ao norte de Burkina-Faso. Este documento descreve nossa esperança de montar uma rádio FM em Djibo, para ser um instrumento de desenvolvimento a longo prazo. Nós ultilizaremos a palavra desenvolvimento num sentido holístico: psicologico, intelectual e espiritual. Nós temos por alvo trazer os indivíduos a uma fé mais profunda em Deus e tambem encorajar o desenvolvimento econômico, social e cultural.

 

1. Parcerias  

Missão Horizontes, HCJB, SIM, ASAREN

 

2. Projeção dos resultados da Djibo FM

 

*       Compreensão universal a Djibo da Aids e como evita-la

*       Conscientizar os aspectos da saúde e entender o cuidado médico com as crianças, ex. verme de guiné, tuberculose e malária  

*       Conscientizar sobre as técnicas que melhoram a criação de animais com saúde e alta produtividade

*       Conscientizar sobre as técnicas agrículas como combater os insetos e melhorar a produtividade

*       Diminuir o número de casamentos forçados, de opressão e circunscisão das mulheres

*       Apreciar a cultura Fulani, comprender a música os contos, provérbios e as demais expressões culturais existentes

*       Compreensão Universal a Djibo da menssagem libertadora do Injil (evangelho)

*       As atitudes positivas de Iissa Al Masihu (Jesus Cristo) e seus Discípulos

*       Libertação da crença em djinns (demonios) dos Marabus (feiticeiros) e da magia

*       Libertação do Fatalismo e criar a esperança pelo amanhã

3. Objetivos do projeto a medio prazo

 

*       Daqui a  Julho de 2008, 50% das pessoas que possuem um rádio escultarão regulamente a programação de Djibo FM

*       5% do auditório irão estabelecer o contato com a estação por ano

*       10% destes contatos virão através de questões religiosas, éticas ou morais

*       Daqui a 2008 a maioria das ONGs locais obterão mais sucesso por causa da rádio

 

 

4. Estratégias   

 

Julho de 2006 - Julho de 2008

 

*       Difusão da FM, a fim que a recepção local seja mais clara e atraente que as estações AM em Ouagadugu e Mali

*       Difusão durante os horários de maior audiência (entre 19h - 21h)

*       Construir uma ponte de amizade com o auditório misto (adultos e crianças) atravéz da música as histórias e saudações

*       Oferecer espaço gratuito (meia hora por semana) aos lideres locais e regionais para encorajar a usarem a estação

*       Abrir horários gratuitos para ONGs locais para encorajar o uso da estação

*       Missionários estarão acompanhando os cantatos feito durante as programações

*       Diversas emissões de carater desenvolvimental, confessional e comunitário

 

Julho de 2008 - Julho 2011

 

*       Introduzir uma parte de difusão durante as horas de 15h a 17h

*       Elaboração dos projetos de auto-finançiamento pela rádio

*       Introduzir os programas em Mouré e Francês

*       Organizar os clubes auditórios para informar e comentar nossa programação, a fim de que essa seja o mais atrativa possível

*       Responsáveis e membros das igrejas para acompanhar os contatos com o auditório

*       Organizar concertos e assembléias em Djibo para colecta de material para difusão e avaliação do impacto da rádio

*       Visitar os mercados e os espectadores locais para registrar as vozes populares e saudações para difusão

*       Estabelecer contatos com as outras rádios de Burkina Faso por uma troca mutua de emissões (Fulfulde, Mouré e Francês)

Julho de 2011 -

 

*       Introduzir uma parte da difusão durante de 6h as 8h

*       Abrir um quiosque para a venda de cassetes e literatura

*       Estabelecer um circulo de indivíduos que irão repassar as emissões em gravadores nos mercados fora das horas e zonas de recepção

*       Organizar e dinfundir os concursos de músicos e cantores

*       Difundir cartas e testemulhos enviados para a estação

*       Estabelecer o contato com outras rádios d'Oeste Africano para em parceiria compartilhar as programações em francês

 

5. Programação

 

A programação da Djibo FM sera composta a carater do desenvolvimento e confissional comunitário.

 

*       A programação desenvolvimento será preparada com a participação de profissionais locais. Durante o primeiro ano de difusão nós não iremos solicitar contribuição financeira da parte dos projetos ou asociações que participam. Se a rádio jogar uma audiencia significativa na estratégia do projeto, nós iremos negociar a contribuição aos custos de produção.    

 

*       Programação Crista será apropriada ao contexto de Djibo. Nós iremos ultilizar a palavra Allah para Deus e a palavra Iissa al Masihu para Jesus. Nós não temos a intenção de criticar o Alcorão ou Maomé. Nós iremos nos basear sobre o terreno existente e entender as histórias dos profétas (particulamente Moisés), os Salmos de Davi, os provérbios de Salomão, os milagres e parabolas de Jesus. Nós iremos valorizar a cultura Fulani através dos contos e das músicas, para demonstrar que os fulanis podem seguir Jesus Cristo sem perder sua identidade. A rádio vai entra no rol dos espectadores como mais um amigo Cristão que ele pode confiar.

 

*       A programação comunitária será local, atual, diversa e sempre forte. A participação é o alvo. Nós queremos entender a voz de muitos residentes em Djibo. Nós iremos ultilizar a voz popular das ruas, mercados e redondezas, as saudações (100 fc por cada saudação na rádio), anuncios de mortes, nascimentos, casamentos e de autoridades locáis e regionais.

 

 

 

 

6. Investimento

 

*       Diretor

*       Técnicos

*       Vígia

*       3 animadores - 2 Fulfude , 1 Mouré - e formacão

*       Voluntários locais (clubes de auditório, reporteres de rua )

*       Prédio (estudio, escritório, sala de atendimento) Móveis

*       Água, eletricidade e telefone

*       Equipamentos de producão e difusão*

*       Equipamento por os reporteres de rua (microfones portateis, gravador de mão)

*       Matérial do escritório

*       Conta bancária e caixa postal

*       Site na web http://www.voiceinthedesert.org.uk/home.html

 

 

*Equipamentos de producão e difusão:

 

Qtde

Descriçao

Modelo

Valor

Total

1

Crown 500 Watt Transmitter

FM500T

$5,500.00

$5,500.00

1

4-bay Dipole Antenna

FM4BAY

$995.00

$995.00

250’

Coax

LMR900

$2.95/foot

$737.50

2

“N” Connectors for coax

$35.00

$70.00

2

Audio Mixer

UB2442FX-PRO

$379.99

$759.98

2

Announcer Microphone

SM7B

$389.00

$778.00

4

Studio Microphone

SM58-LC

$119.00

$476.00

2

Microphone Arm with mount

KM-1- C

$99.95

199.99

4

Adjustable Microphone Stand

DS-7E

$30.00

$120.00

2

Headsets

K-240M

$89.00

$178.00

4

Dual Cassette Decks

TDW354BK

$219.99

$879.96

2

CD Players

CDP1250

$149.00

$298.00

 

Misc. cables for cassette decks and CD players

$500.00

2 pr

Studio Monitor Speakers

 

$99.99

$199.98

 

 Total:                                     US   $11,692.41     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


7. Custos

 

Elaboração e envio dos ocumentos                                200,000

Terreno                                                                   1,600,000

Prédio                                                                       5,800,000

Cerca de muro                                                             400,000

Instalação de agua, luz e telefone                               1,200,000

Equipamentos de produção e difusão             6,000,000        

Transporte dos equipamentos                                   1,500,000

     

Total:                                                                      16,700,000 Francs CFA

 

b) Custos da manuntencão anual

 

Salários                                                                  3,000,000

Mesalidade da frequência                                                        600,000

Mensalidade dos direitos autorais                                 600,000

Água/luz/telefone                                                        600,000

Equipamentos                                                            300,000

Administração                                                            120,000

 

 Total anual:                                                             5,220,000 Francs CFA

 

Os mantenedores da Djibo FM terão duas escolhas: uma contribuição excepcional visando a instalacão da rádio ou doação regular visando os custos anuais. ABEDD tem como alvo obter 80% dos custos de instalaçao e a promessa de 50% dos custos anuais antes de construir a estacão. Nós já temos 40% dos fundos de instalação.

 

Nós  estamos ainda examinando os fontes possíveis de financimento:

 

*       ONG cristas  e ONG desenvolvimentais à Djibo

*       Associações internacionais que doem os recursos para os projetos

*       Individos e igrejas em geral no moundo que compartilhe nossa visão de desenvolvimento a longo prazo em Djibo.

 

 

 

 

Projeto preparado por Cristiano Carneiro, Iranaldo Antonio e Stephen Davies, 1 Nov.2005, Djibo



GARIBUS
 
OS MENINOS DE PLÁSTICO DO ISLÃ
 
 
 
   O que acharíamos se encontrássemos centenas de crianças entre  05 a 15 anos nas ruas, sem utilizar drogas, sem armas, sem bastões para fazerem marabalismos nos sinais de trânsito. Pelo contrário, munidos de marmitas, um pedaço de madeira com textos alcorânicos em árabes e, olhos cansados de ler sobre a luz da fogueira até altas horas da noite.
 
 
 
    Existe uma grande diferença entre os meninos de rua do Brasil e os que costumo receber na minha lojinha que abro no mercado de Djibo todas quartas, onde faço evangelismo . Foi observando os mesmo que nasceu este artigo: Garibus os meninos de plástico do Islã. 
 
 
 
   Na vila que trabalho atualmente depois das vacas e ovelhas o que mais encontro nas ruas empoeiradas são os Garibus , termo em árabe para os pequenos discípulos do Islã. Substituirei o termo Garibu pela sigla M.P.I (Meninos de Plásticos do Islã) criei essa sigla devido à resistência e elasticidade e durabilidade destas crianças. Dormem em qualquer lugar, comem o que tem, se ficam doentes são curados ou morrem sem ajuda de médicos.Então exclamei: são de plásticos! Comecei a ter contato com os M.P.I assim que cheguei aqui em Djibo, todas as noites uma voz triste e apagada gritava na escuridão palavras de bênçãos e súplicas por alimentos em fulfulde tais como:
 
 
 
                 Allá hokke cella – Deus lhe dê saúde
 
                 Allá windu baradi – Que Deus escreva uma benção
 
                 Allá beydu jam – Que Deus ajunte a paz
 
                 Garibu Alsilaami – M.P.I  do islamismo
 
                 Hokaram Nyiri, Maaro etc – Me dê pirão de milho, arroz etc.
 
 
 
     No início foi difícil dizer algo para os M.P.I que chegavam a minha porta, pois o conhecimento da língua era limitado, hoje sei que quando não temos nada para dar ou mandá-los embora basta dizer Allá Newu (Que Deus providencie para você) nunca um M.P.I vai olhar nos seus olhos e dizer algo, eles sentem vergonha a escuridão da noite proporciona o esconderijo perfeito para as frases de agradecimento que citei acima.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ORIGEM DOS M.P.I       
 
 
 
      Segundo Yakuba um fulani que me auxilia no estudo da língua, os M.P.I não são citados no alcorão (livro sagrado do Islã) Mohamed nunca ordenou que um grupo de crianças fosse ensinado nas condições mais precárias possíveis para ser um mulçumano  no futuro.
 
    
 
      O líder dos M.P.I segundo a tradição islâmica local é o Marabu uma espécie de professor que utiliza métodos arcaicos para o ensino do alcorão, a ponto de maltratar as crianças caso citem um texto errado. Um dia escutei de um Marabu na rua discutindo com um cristão  as vantagens que tinha em ser um M.P.I, ele afirmou que se caso a Criança crescer no nível de Árabe ela poderia ir para o Egito. O mesmo Marabu afirmou que cada família que envia um de seus filhos para estudar o alcorão Allá abençoará e prosperará sua descendência no presente e porvir.
 
Como isso todos os verões período mais quente do ano aqui no Sahel (45 C) centenas de crianças do sexo masculino chegam a Djibo vindo de vários vilarejos distantes às vezes cerca de 150 km para se engajarem nesse estudo em média de três  meses.
 
    
 
       Muitos caminham a pé esta distância entre desertos e matas para chegarem aqui não se importando com a dureza e os perigos que às vezes alcança-os.
 
   
 
O DIA A DIA DOS M.P.I
 
 
 
     Fajiri em árabe trata-se do período entre 6:00 às 9:00 horas da manhã nesse período eles já estão de pé até mesmo antes para fazer a primeira oração mulçumana do dia, o segundo passo do dia é sair de casa em casa ou ir ao mercado mendigar alimento usando o nome de Deus. Em Djibo o que resta da janta é usado como café  da manhã para a maioria das pessoas então; mais uma vez eles terão  o que comer.
 
     
 
      Durante à tarde é livre até às 15:00hs quando devem recomeçar suas atividades de oração e leitura do alcorão. Em certo aspecto à tarde é um pouco “livre” sendo o momento de buscar madeira para a  esposa do líder fazer a comida,vale salientar que eles não participarão dessa refeição;o trabalho continua onde eles passarão a vassoura no quintal da escola e preparará o fogo para a longa jornada noturna que começará em seguida quando o Sol deitar. Outros vão tomar banho no rio próximo e lavar suas vestimentas.
 
     
 
     Laasara é o momento do dia entre 17:00 às 19:00hs a escuridão chega e um novo mundo se abri para os M.P.I  é hora de procurar algo par forrar o estômago e sobreviver mais uma estafante noite de estudo do alcorão. Todos os pequenos restaurantes de estrada que são típicos aqui na África são lotados de M.P.I que esperam um resto de comida para escapar mais uma noite. Muitos ganham o Hirande (Janta) como o prato principal do dia,  isso se forem sucedidos na busca.                       
 
    
 
“ FELIZ  AQUELE QUE PEGAR  OS  FILHOS
 
E OS DESPEDAÇAR CONTRA A ROCHA. “SL 137:9”.
 
 
 
Conclusão
 
  
 
      Hoje entendo um pouco mais sobre os M.P.I. O que posso fazer? E como podemos mudar esse quadro tão triste a qual somos confrontados? Não é só em Djibo mais em todas as vilas do Sahel encontraremos crianças como as que descrevi aqui. Se perguntarmos para um deles: Qual é seu herói preferido? Eles em uma só voz pronunciarão o nome de Osama Binladen.  É o único exemplo de vida que os mesmos tem para seguir pois nunca ouviram falar de Jesus Cristo. Mais do que missionários  eles necessitam  de alguém que os amem da forma que são e nas condições  que vivem. Paciência é uma arma importantíssima entre os que profitam algo entre estes meninos pois, vários são escravizados pelos Marabus chegando a sacrificarem sua própria vida pelos líderes. Caso algum venha a se converter aqui teremos que ter uma estrutura para dar um apoio e discipulado isso requer tempo e paciência.
 
 
 
      Temos recebido em nossa casa alguns M.P.I para um estudo do antigo testamento através de cassetes e livros ilustrados ajudando a memorização. Ao retornarem para o vilarejo serão confrontados com a família e se encontrarem algum cristão terão a oportunidade de se congregarem e compartilharem o que aprenderam sobre Moisés, Abrão e  Jesus.
 
     
 
      Acredito que este artigo servirá de alguma forma para mudar a situação dos M.P.I e orientar a igreja brasileira e os amantes de missões em direção a intercessão que toca o coração de Deus e movimenta sua mão em direção as crianças as quais pertencem o reino de Deus, como Jesus disse em suas palavras.
 
 
 
     Meu desejo é ver um dia os M.P.I no céu vestidos com vestes brancas e não mais rasgadas, cantando um novo cântico e não com  lamentos com palmas nas mãos em vez de tábuas de madeiras, encontrá-los no céu com um sorriso e um rosto transformado a qual não expressarão tristeza nem dor.
 
 
 
Cristiano Carneiro da Silva (Via_D.Botelho) 25/05/06

Steve Davies _ Amados por orem por estes obreiros da Horizontes que neste momento necessitam de nossas orações por problemas relacionados à saúde . Por favor tire algum tempo para suportar à eles e suas famílias desta forma.

Kris Smiley (15) está correntemente sendo tratado com quemioterapia de volta em Califórnia, EUA.
Kate e Merle em sua batalha contra câncer na Escócia.
Merle está correntemente sendo tratado com quemioterapia.
Millie (18 meses) recebeu várias queimaduras em suas costas e pernas em um acidente na Àsia Central no dia 8 de janeiro. Sua cama pegou fogo de alguma forma. Ela e seus pais, Helen e Gareth e seu irmão Nathan (3) tiverão que retornar à Londres alguns dias depois para receber o tratamento médico necessário, incluindo uma operação de pele do dia 27 de janeiro. Assim que as texturas sararem (? Algumas semanas, se as texturas "sararem" bem) ela precisará de "gerenciamento de cicatriz" intensivamente. Isto inclui visitas ào departamento de pacientes não residentes duas vezes por semana. Ela irá usar vestidos especialisados de pressão em suas duas pernas que são feitos para servir-la exatamente, e eles são feitos com um gel que hidrata as cicatrizes, etc. Ela precisará deste vestidos por até dois anos, e ela tem de vestir-los por 23 horas ào dia! De qualquer forma - basicamente isso tudo significa que não é uma boa idéia para eles voltarem à Àsia Central (eles estavam prontos à irem no final de junho).
Gareth está pensando em retornar por um curto período para amarrar as coisas... Mas realmente tudo está no ar ainda para eles no momento..
Risalva (Brasil) infelizmente sofreu um aborto em dezembro. Por favor orem por ela e Otair neste momento.
Jo Berry (Espanha) tem sofrido uma variedade sintomas, possivelmente devido à um nervo em seu pescoço estar obstruído. Ela está esperando para ver um neurologista em algumas semanas.
Rachel Laskey (Llanelli) que tem MS, seu marido Alan e as crianças Abigail, Bethany e Daniel.
Shirley Hardy (Llanelli). Ela está muitas vezes sofrendo uma grande quantidade de dor, mesmo que raramente ela menciona isto à outros.
Alan Homer (Llanelli) que tem a doença de Huntingdon, e Anna Homer que tem pausa cerebral

Notas de Djibo... Como vocês sabem um caribou e um animal que vive na tundra, tem chifres e faz sons de estalos quando caminham. Ele não é para ser confundido com um Maribu, que habita no semi-deserto, usa um chapéu de oração e caminha em silêncio.
Um Maribu é uma autoridade muçulmana.
É ele quem preside os batismos, casamentos, e enterros. Ele participa com os djinns. A ele pertece o respeito e o medo.
Por 200 francos africanos ele está pronto para abençoar ou amaldiçoar seus vizinhos.
Os Maribus não podem ser confundidos com os garibus, pois os garibus são os discípulos dos Maribus.
Eles não usam chapéus de oração, e não caminham com discrição.
Eles percorrem a cidade a noite batendo em cada portão com uma tigela de plástico gritando Allah garibu, este e um apelo pedindo comida.
Em resposta a isto as pessoas gritam.
Allah ne'u garibu (Que Deus te providencie garibu) ou Waru jaba garibu (venha aqui e pega garibu).
Um garibu vive com seu mestre Maribu, e aprende a ler em árabe.
Se este continua seus estudos ele vai estudar a ciência oculta do alcorão ... qual o verso que ele poderá encontrar sua vaca perdida, ... qual o filtro que ele poderá encontar uma esposa ... qual dos 99 nomes de Deus que o protegerá contra a mordida da serpente (este é uma espécie de magia).
Recentemente, comecei a estudar com um grupo de Miribu.
Eu não havia planejado isto mais veio acontecer.
Exite dois garibus em meu bairro que vieram do vilarejo de Menegu para a cidade de Djibo para seus estudos alcoranicos, seus nomes sao: Alu e Hamidou.
Você se lembra de Menegu o vilarejo de Hama localizada nas dunas perto da cidade de Gorom-Gorom?
Estes rapazes ouviram a pregação do missionário Kith a três anos atrás e inclusive assistiram o filme Jesus.
Em uma certa tarde eles vieram nos visitar, e nós fizemos um simples estudo da bíblia em fulfude, utilizando um aparelho que mostra em diferentes cores várias figuras de historias bíblicas.
Daí, eles vieram na outra tarde e nós fizemos todo trabalho novamente, no terceiro dia já eram três, e no quarto dia eram cinco, e atualmente existem sete.
Eles têm a faixa etária entre 9 a 15 anos. Eu apenas dei para Alu os desenhos que usamos, e ele explicou o evangelho para os outros que não estiveram nos estudos desde o começo.
Por favor, ore para que Deus fale com estes rapazes enquanto eles escutam a palavra, e que eles recontem estas historias com suas próprias palavras. Também orem para que eles tenham a coragem de entregar as suas vidas a Jesus não importando qual seja o preço que isto lhes custara.
No dia 10 de fevereiro será uma grande data para nós, porque esta é a data limite que estaremos em Ouagadougou (capital de Burkina Faso) para receber a resposta do pedido que fizemos para a frequencia da rádio. Nós sempre desejamos esta estação de radio em Djibo, e a visão agora tornou - se ainda maior.
Estou convencido que tecnicamente é possível colocar um transmissor no alto da antena da telefônica em Djibo e daí as extensões da mesma na antenas dos maiores vilarejos daqui e Aribanda 130 km de distancia. Isto quer dizer que Jibiliiru, e seu povoado fora ao leste de Boukama, poderão escutar o evangelho, e como este fala de seus rebanhos (porque a maior riqueza do povo fulane são seus rebanhos de vacas), sem contar os milhões de outros fulanes, homens, mulheres e crianças que nunca ouviram nada sobre o evangelho e do amor de Deus por eles. Por favor ore para que possamos ter a permissão desta vez.
O evangelismo na Vila continua, o que particularmente é empolgante, pois agora dois homens cristãos fulanes em Djibo me acompanham neste trabalho, seus nomes são: Boureima e Du'aawjo.
Eles são companhias agradáveis e juntos estamos aprendendo como compartilhar Cristo neste contexto.
Eu aguardo o feliz dia em que eles irão sair sozinhos para comunicar aos outros sobre a sua fé.
Este será o sinal que o tempo é chegado para os missionários fazerem as malas e sairem, mais enquanto este tempo não chega....
Muito obrigado pelas seus e-mails e orações que têm me sustentado.
Muito amor para você e sua família e mil votos para 2004.
Alla beydu jam (Que Deus te de a Paz) Steve

"Eu sou de Chesterfield, uma pequena cidade da Inglaterra. Mesmo com oito anos de idade, já imaginava que um dia eu iria servir ao Senhor num país estrangeiro. Isto me dava medo e desejava que Deus pudesse esquecer esta chamada! Ele não esqueceu.... Quase 20 anos mais tarde, aqui estou em Burkina Faso, morando e trabalhando entre os fulanis com Keith Smith. Moramos em Djibo mas neste momento estamos num vilarejo que se chama Boukouma. Nós cultivamos o arroz com os irmãos fulanis. Isto faz doer as costas, mas é um excelente contexto para o discipulado. É uma vida comum, uma mistura de louvor, de trabalho, estudos e pesca! Em novembro eu voltarei a Djibo, onde quero começar um trabalho com rádio, uma estação FM, atingindo a região ao redor da cidade. Deus abriu uma porta por esta oportunidade e eu quero ver esta realidade."  _ www.mhorizontes.org.br 10/2003


Markoye
 
Markoye está localizada no nordeste de Burkina Faso, uma região de povos não alcançados, como Tuaregues, Fulanis e Songhais. Estamos aqui como equipe de Horizontes
já faz nove anos, colaborando também com uma igreja local no trabalho de evangelização. Possuimos também alguns projetos na área social entre deficientes físicos, por exemplo. No momento, temos trabalhado bastante na língua tamasheq (língua dos Tuaregues) e temos orado por mais obreiros para esta região, para os outros povos que aqui estão. Estamos traduzindo o Novo Testamento na língua tamasheq nos dois dialetos da região, pois isto facilitará muito a evangelização deste povo. O filme Jesus agora está disponível em algumas línguas locais e começamos a utilizá-lo nos vilarejos e acampamentos ao redor. As pessoas se interessam mas possuem um grande medo de se tornar cristãos. Oremos para que Deus quebre esta barreira e pelo testemunho da pequena igreja local, que seja forte e produza frutos _ Dave e Nikki _ M.Horiz jan2004
 
 

Ouagadougou .

www.mhorizontes.org.br ANGELICA E IRENE

MISS.  IRENE  GOMES  DE  OLIVEIRA _ FONE   DA  BASE. (11) 32 77 80 78 CEL. 89366778
 CONTA  PESSOAL.-   BRADESCO    AG 1020-0 -  C/C 6828-4

 


AMADOS IRMAOS , INTERCESSORES E AMIGOS.
  
       BEM SEI QUE TUDO PODES E NENHUM DOS TEUS PROPOSITOS PODE SER IMPEDIDO. JO 42.2
    
        QUERIDOS
 
     Gostariamos de vos deixar informados a respeito da casa a qual iriamos morar.
     Faz um mes que encontramos uma casa no proprio bairro(h'amdalaye),a qual nos foi feito o contrato e pagamos um adiantamento de 2 meses. Em vista da mudança que iriamos fazer no dia 2 de junho as 19;hs lavamos a casa no dia primeiro, porem no dia 2 as 3;30 da tarde fomos fazer algumas reparaçoes na casa e ao mesmo tempo o proprietario veio falar conosco dizendo que nao seria mais possivel alugar a casa para nos e nos contou historias que nao eram verdadeiras e logo nos devolveria o dinheiro;Retornamos para casa e começamos a orar a Deus para que Ele nos mostrasse a verdade diante dessa situaçao.
     Ao sairmos de casa no final da tarde encontramos uma jovem inconformada com o que estava acontecendo conosco e resolveu nos contar a verdade.....disse ela: A casa pertence a um dos chefes mulsumanos, o qual nao esta contente com a nossa presença no bairro pelo fato de muitos estarem ouvindo falar de Jesus, principalmente os jovens e as crianças e o desejo deles é que saiamos de là.
     Continuamos a procura de outra casa e temos o prazo até o dia 15 desse mes para sairmos...OREM POR NOS.
       Que Deus seja louvado e o Senhor da seara alcançe vidas para eles.
      No amor do Rei das naçoes _ ANGELICA E IRENE

"Pede-me e eu te darei as nações por herança..." Sl 2.8. Louvamos a Deus pela sua infinita Misericordia e pelo seu eterno amor,o qual tem nos conduzido em vitoria. Pedir as nações por herança tão grande desafio é, pois recebê-los como herança é o desejo de nosso coração; Temos continuado nessa batalha que nos impulsiona a levar os fulanis para Cristo, povo ainda não alcançado pelo evangelho. Nesse ano de 2003, recebemos cada vitoria no seu tempo certo, continuamos com o trabalho de alfabetização e temos visto o Pai abençoar cada criança, aprender a orar, louvar e a se desenvolver no aprendizado escolar; orem por eles; terminaremos o nosso ano letivo no final de Maio. O Desejo de Deus é que cada etnia seja alcançada pelas boas novas, e Ele mesmo nos dar estrategias.
PROJETO DE FUTEBOL - Rolar a bola para frente é o nosso alvo, não deixar o inimigo avançar quão dificil é, pois assim batalhamos com os nossos pequenos jogadores que tem ouvido do Evangelho, e quantas vezes é necessário repetir as lições para a aprendizagem da vida de Jesus. A nossa maior vitoria no terreno do inimigo é vê-los se entregando para Cristo, pois esse será o nosso maior Gol .Orem por eles, dentre os 14 jogadores ainda não temos nenhum Cristao;
VIAGEM  MISSIONÁRIA - Nos dias 5 a 10 de Dezembro 2003, participamos de uma viagem missionária ao leste do país com objetivo de evangelizar os fulanis e ao mesmo tempo fazer parte de uma conferência com os fulanis Cristãos do país. Fomos muito encorajadas de vê-los como exemplos de perseverança e fé, ouvimos alguns poucos testemunhos daqueles que foram abandonados palas suas familias e até hoje vivem em obendiência à palavra de Deus. Tínhamos, em media, de 60 à 70 Cristãos que vieram da capital e dos interiores. Louvado seja Deus! O tema da conferencia foi: QUAIS AS ESTRATÉGIAS QUE PODEMOS USAR PARA ALCANÇAR OS FULANIS? e asim foi a semana da conferência cheia da presença de Deus e do Seu amor. Orem pelos fulanis convertidos para que o Senhor os fortaleça na fé e na sua palavra. Quão maravilhoso é poder compartilhar de Jesus para eles, e melhor ainda saber que um dia a semente vai crescer nos seus corações. Nos dias 21 e 22 de dezembro projetamos o filme Jesus em nossa casa. No primeiro dia tivemos a visita de mais ou menos 12 à 15 fulanis os quais assistiram atentamente e no segundo dia Deus nos presenteou com o dobro, a maioria eram jovens que muito foram tocados pelo filme. No final, muitos falaram: "COMO É DURO VER A MORTE DE JESUS, ISSO NOS FAZ CHORAR". Cremos no poder transformador de Deus, que pode levar essas vidas aos pés da cruz. Orem por três meninas que se converteram, os nomes delas são: Fati, Ami, e Oumo. Irene e eu, Angélica, agradecemos à Deus pelo o que Ele fez, e à ELE seja a glória para todo sempre _ Angélica e Irene _ M.Horiz jan/2004

“Se você dedica-se aos famintos e satisfaz as necessidades dos oprimidos, então sua luz brilhará nas trevas e a sua noite será como o sol do meio dia. Deus sempre lhe guiará; Ele satisfará as suas necessidades em uma terra queimada pelo sol.” IS.58;10-11.

 

Burkina faso é um país composto de 40 províncias, situado ao norte de Gana e ao sul do Mali, onde contamos com uma porcentagem de 35% de cristãos (católicos e protestantes), e 65% da população esta dividida entre muçulmanos nominais e praticantes. Comunicar o evangelho a outras culturas é muito difícil, mas o evangelho não perdeu nenhum do seu antigo poder de mudar o mundo e muitos povos da África têm provado por si mesmo.

 

Somos duas jovens brasileiras (Irene e Angélica), que completamos um ano de trabalho nesse país, por isso decidimos obedecer à ordem de Jesus para pregar o evangelho. Moramos na capital que se chama Ouagadougou e em um bairro de etnia Fulani (Um povo não alcançado pelo evangelho, os quais são muito pobres, cultivadores de milho e sua riqueza principal são as vacas que eles cuidam nas suas próprias casas). Cada manhã somos despertadas pelos mugidos das vacas em nossa porta e pelos berros dos carneiros... Nesse bairro existe uma igreja composta por uma outra etnia chamada "Moosi", os quais trabalhamos juntos para a evangelização nos interiores da capital.

 

Três meses depois de nossa chegada nesse país, recebemos como direção de Deus começarmos um trabalho de alfabetização com as crianças as quais os pais não tinham condições de colocá-las em uma escola. Com o início desse trabalho, tivemos uma porta aberta para compartilhar o evangelho, tanto para os pais como para as crianças. Tivemos uma experiência muito interessante ao terminarmos o nosso primeiro ano de alfabetização, o qual cada menino ganhou um carrinho e as meninas uma boneca. No final da programação, uma das mães veio nos procurar dizendo que a sua filha tinha pedido, no dia anterior, uma boneca para ela. Ela respondeu que não tinha dinheiro e aconselhou-a a pedir para Deus. Aconteceu que no dia seguinte ela chorou de tanta emoção ao ver uma simples boneca, pois com isso elas puderam ver o quanto Deus as ama. No momento estamos com 32 crianças. 

 

Deus nos deu estratégias diferentes, eu (Angélica) trabalho na área de esporte com os adolescentes, que estão mais abertos para ouvir o evangelho, contudo seus pais são extremamente muçulmanos. Temos a oportunidade de passar o filme Jesus no dialeto deles que é o fulfude e o mooré. A primeira vez que passamos o filme em fulfude, um dos adolescentes ficou muito surpreso e contente ao ver que Jesus falava o seu dialeto.

 

A Irene trabalha na área de saúde fazendo conscientização sobre a malária e a Aids, pelo fato de ter um grande número de pessoas que são atingidas por essas doenças e não sabem como se prevenir e através disso, Jesus está entrando nos lares. Estamos muito felizes por viver no meio dos muçulmanos e fazer diferença entre eles, pois o Amor foi e sempre será a melhor estratégia para alcançá-los._ www.mhorizontes.org.br 10/2003

(Via_Paulo Cesar _ 05/06/2004 09:59)

= = =

IRENE  E  ANGELICA _ November 07, 2004
E  BUSQUEI  DENTRE  ELES  UM  HOMEM  QUE  ESTIVESSE  TAPANDO O  MURO  E  ESTIVESSE  NA  BRECHA  PERANTE MIM POR  ESTA  TERRA.  EZ 22.30  

 
OS  FULANES  SAO  O  MAIOR POVO NOMADE  DO  MUNDO, COM  SUA  POPULACAO  ENTRE 18 A 25  MILHOES. ELES VIVEM EM 2O PAISES DEFERENTES, SUA  MAIOR  RIQUEZA  SAO  AS VACAS.    SAO  UM POVO EXTREMAMENTE FECHADO PARA O EVANGELHO, E SE ALGUEM SE CONVERTE NO MEIO DELES SAO  EXPULSO DO MEIO DA FAMILIA.   
 
UM  MISSIONARIO  PODE  PASSAR 10 ANOS  NO  MEIO  DELES SEM VER UM  CONVERTIDO. CONHECEMOS  UMA  CIDADE AQUI  EM  BURKINA  FASO  ONDE   ALGUNS  MISSIONARIOS QUE DERAM UMA BOA PARTE  DE SUAS VIDAS FORAM EMBORA FRUSTADOS POR NAO VEREM  FRUTOS   DO  SEU TRABALHO COMO ESPERAVAM.
 
 COMO  SAO  OS  FULANES  CRISTAOS?   OS  FULANES  CRISTAOS  SOFREM DE MUITA OPRESSAO DEMONIACA  ATE MESMO AO PONTO DE SEREM  LEVADOS A LOUCURA. TUDO  ISSO E INFLUENCIA DOS  FAMILIARES QUE  SAO ENVOLVIDOS COM BRUXARIA E TRABALHAM CONTRA ESSES CRISTAOS PARA DESISTIREM DA FE E VOLTAREM  A SEREM  ISLAMICOS.         
 
OS  MISSIONARIOS QUE TRABALHAM NO MEIO DELES SOFREM DE MUITOS ATAQUES  PRINCIPALMENTE  ENFERMIDADES.  ESSE TEMPO QUE O SENHOR TEM NOS PERMITIDO AQUI EM BURKINA FASO TRABALHANDO COM  ELES  TEMOS VISTO QUE E UM GRANDE DESAFIO. AS  CRIANCAS QUE  TEMOS  NA ALFABETIZACAO  SAO CRIANCAS OPRIMIDAS QUE PRECISAM SEMPRE QUE OREMOS POR ELAS. TEMOS  TAMBEM  ESTADO JUNTO  COM OS FULANES CRISTAOS  ORANDO JUNTO COM ELES  NO  OJETIVO DE MOTIVA-LOS NA FE.  NA ULTIMA SEXTA DE  CADA  MES PARTICIPAMOS  DE UMA VIGILIA COM ELES E TEMOS  VISTO DEUS OS ABENCOANDO .  TEMBEM  CONTINUAMOS  COM  VISITAS NAS CASAS DE AMIGOS NO ALVO DE COMPARTILHAR DE CRISTO ,  MESMO  SE NAO FOR POSSIVEL FALAR, MAS ATRAVES DO NOSSO TESTEMUNHO DE AMOR E AFEICAO  E  QUE  CRISTO  SEJA  VISTO  EM  NOS.  POIS  VISITAR  ALGUEM  QUANDO  ESTAR  DOENTE  E  MUITO  VALIOSO  PARA  O  MUCULMANO.  NO  MES DE SETEMBRO FIZEMOS UMA VIAGEM   DE EVANGELIZACAO  EM UMA CIDADE ONDE MORAM  OS FULANES.   FOI  UM DESAFIO PORQUE NAO QUISERAM  NOS RECEBER  PORQUE  ERAMOS SEGUIDORES DE JESUS E NAO DE MAOME.  VEJAM QUERIDOS
 
 O QUANTO  ESSES  PRECISAM  DE VOSSAS ORACOES E DE PESSOAS QUE ESTEJAM DISPOSTO  A DAR UMA PARTE DE SUA VIDA PARA QUE ESSES  CONHECAM JESUS.

= = =


ANGELICA E IRENE _ 16/10/2004 _ AGRADECIMENTOS
SOMOS  IMORTAIS  ATE  QUE  CUMPRAMOS  A TAREFA DE DEUS EM  NOSSAS  VIDAS.

        GRACA   E  PAZ
QUERIDOS   IRMAOS , AMIGOS E INTECESSORES  QUE  O  SENHOR  VOS  RECOMPENSE   PELO   TEMPO  DEDICADO  A DEUS  AO  MEU FAVOR  NESSE  TEMPO  DE  DESAFIO  E  DE  DEPENDENCIA  DE  DEUS  QUE  ENFRENTEI   COM  RELACAO  A  MALARIA.  CONFESSO QUE  SENTI BEM DE  PERTO A MAO DO  PAI ME  GUARDANDO  E  ME  DANDO  MAIS  UMA  OPORTUNIDADE  DE  VIVER   . A  VERDADE  E  QUE  EM  TUDO  ISSO  TENHO  APRENDIDO  A  AMA-LO  E  A  RECONHER  SUA  SOBERANIA  E SEU AMOR  INDEPENDENTE DE QUAL  SEJA  A  SITUACAO  QUE  ENFRENTAMOS.  AGORA  SO PRECISO  DE  TEMPO  PARA  REPOR  AS FORCAS  POIS  A  MALARIA  EM  SI  NOS  DEIXA  FRACA  E  TAMBEM  O  MEDICAMENTO    E  UM  POUCO  FORTE  MAS  NAO  E  NADA  GRAVE  COM  UM  POUCO  DE  REPOSO     E  COM  AJUDA  DO  PAI  TUDO  IRA  BEM.
  PORTANTO  AMADOS,  DE  CORACAO  AGRADECO  AS  VOSSAS  ORACOES.  COM  RELACAO  A  INFECCAO  TAMBEM  ESTOU  BEM  MELHOR. 
      POR  FAVOR  CONTINUEM  ORANDO  PARA  QUE  CONSIGAMOS  OS  RECURSOS  NECESSARIO  PARA  RETORNARMOS  AO BRASIL,POIS  QUEREMOS  RETORNAR  EM  MAIO.
 NAO  PODEREMOS  PROLONGAR MAIS TEMPO PORQUE  NOSSOS  PASSAPORTES  ESTARAO  SE VENCENDO
OREM  TAMBEM  POR  FORCAS  RENOVAVADAS E QUE CONSIGAMOS ALCANCAR  O  ALVO , O  CERTO  E QUE ESTAMOS EM UM  COMBATE, POR  ISSO  CONTAMOS  COM  VOSSAS ORACOES  E JUNTOS  CONQUISTAREMOS  VITORIAS  NO  MUNDO  ESPERITUAL.
   NO  AMOR   DO  MESTRE   DAS  NACOES.
ANGELICA  E  IRENE.

= = =

Irene Gomes de Oliveira _ BRADESCO. AG 1020-0 C/C 6828-4 ... GRAÇA E PAZ. QUERIDOS AMIGOS E INTECESSORES MINHA ORAÇAO É QUE VOCES ESTEJAM BEM DESFRAAUTANDO A GRAÇA DO PAI. SOU MUITO GRATA POR VOSSAS ORAÇOES E APOIO QUE TEM ME SUSTENTADO A CADA DIA. BOM GRAÇAS A DEUS QUE MINHA MAMAE SE OPEROU E TUDO OCORREU BEM. COMO EU NAO CONSEGUIE VAGA NO HOSPITAL PARA OPERA-LA NAO FOI POSSIVEL EU VIAJAR EM 21 DE MAIO COMO ESTAVA CERTO E ENTAO PERDI A PASSAGEM. ESTOU ME PREPARANDO PARA VIAJAR EM 1 DE AGOSTO GOSTARIA QUE OS IRMAOS OREM JUNTAMENTE COMIGO PARA QUE O SENHOR ABRA AS PORTA E ME DÊ UMA NOVA PASSAGEM ATÉ ESSA DATA..POIS FICA NO VALOR 3.500 REAIS . A ANGELICA A OUTRA MISSIONARIA QUE TRABALHA COMIGO JA SE ENCONTRA NA AFRICA E ESTA ME ESPERANDO LA. CONFESSO QUE ESTOU COM CORAÇAO PARTIDO POR QUE NAO CONSEGUIE VIAJAR. BOM PORÉM ENTENDO QUE DEUS ESTÁ NO CONTROLE E CONCERTEZA ELE ESTARÁ ABRINDO PORTAS AO MEU FAVOR E ME LEVARA A BURKINA FASO. E PARA ISSO CONTO COM SUAS ORAÇOES. NO AMOR DOS MESTRE DAS NAÇOES.

Angélica e Irene _ 11/5/05 QUERIDOS AMIGOS, MANTENEDORES E INTERCESSORES. Grandes coisas fez o Senhor por nos e por isso estamos alegres.SL 126.3 E com muita alegria no coracao que agradecemos ao Pai por ter nos fortalecido e nos sustentado durante essa primeira etapa do campo missionario; Queremos agradecer a cada um de voces que de uma forma ou de outra contribuiu para que o evangelho fossse proclamado entre os povos nao alcancados durante o tempo que passamos aqui em BURKINA FASO. Damos gracas a Deus pelo trabalho de alfabetizacao, evangelizacao nos interiores , de esporte e saude(sensibilizacao e assistencia social), pois vimos o Pai agindo em vidas que ouviram o evangelho, e que hoje conhecem a verdade de Jesus Cristo. Gloria a Deus. Estaremos indo para o Brasil no dia 21 de maio e chegaremos no dia 22, com retorno em dez meses, pois contamos com suas oracaoes para que o Senhor esteja abrindo as portas em nosso favor, e para que possamos levantar os recursos financeiros necessarios,, e nesse tempo visitaremos varias igrejas mostrando a realidade de Burkina faso. Que Deus vos abencoe ricamente e recebam a nossa gratidao. Orem pelos outros Brasileiros que virao para Burkina dar continuidade ao trabalho. Angelica e Irene Se voce tem interese que passemos na sua igreja, segue alguns numeros para contato e enderecos de e-mail. Angelica- missao horizontes- Ai vai uma foto.


MISS.  IRENE  GOMES  DE  OLIVEIRA _ FONE   DA  BASE. (11) 32 77 80 78 CEL. 89366778
 CONTA  PESSOAL.-   BRADESCO    AG 1020-0 -  C/C 6828-4
 
18/03/2007    CARTA DE ORACAO E AGRADECIMENTO.  
             GRAÇA   E   PAZ
QUERIDO   E   AMIGO (A) E  IRMÃO(A)  INTERCESSOR.
 QUERO   QUE  VOCÊ  SAIBA  QUE  SOU  MUITO  GRATA  POR  VOSSAS  ORAÇÕES   POIS  SEI  QUE  ATRAVÉS  DA MESMA,  TENHO  ALCANÇADO  BENÇÃOS E GRANDES  VITÓRIAS  DIANTE  DE  TANTOS  DESAFIOS.
POR   VÁRIOS  MOTIVOS  FAMILIARES   E  PROBLEMAS   DE   SAÚDE   FUI  IMPOSSIBILITADA  DE  RETORNAR  PARA   BURKINA  FASO  NA   DATA  PREVISTA,  QUE  FOI  EM  21  DE  MAIO  DE  2006.
   POR  CAUSA  DESSES  IMPREVISTOS   PERDI  A  PASSAGEM   QUE   TINHA  EM  MÃOS.
NO  MOMENTO   MINHA  SITUACAO  FAMILIAR  ESTA  INSTAVEL. 
JA  SAI  DO  CEARÁ  ONDE  EU  ESTAVA   COM  MINHA  FAMÍLIA   E  AGORA  ME  ENCONTRO  EM   SP   COM  OBJETIVO  DE  ESTAR  VISITANDO  IGREJAS  PARA  LEVANTAR  RECURSOS  PARA  QUE  EU  POSSA    ESTÁR  RETORNANDO  ÁFRICA.
GOSTARIA  QUE  VOCÊS  CONTINUASSEM   ORANDO    PARA  QUE  DEUS  LEVANTE  PESSOAS  OU  IGREJAS  QUE  POSSAM  ESTAR  INVESTINDO  NO  MEU  MINISTÉRIO  ENTRE  OS  NÃO  ALCANÇADOS.
  OS  RECURSOS  QUE  EU  PRECISO   PARA  QUE  POSSA  ESTAR  RETORNANDO:
1--DESAFIOS   PARA  O  SUSTENTO  MENSAL.
a    PRECISO DE 5 PESSOAS  QUE  CONTRIBUAM  COM  R$100 ,00 MENSAIS.
b- PRECISO DE 3  PESSOAS  QUE  CONTRIBUAM  COM R$ 200 ,00 REAIS  MENSAIS.
c- 4  PESSOAS  QUE  CONTRIBUAM  COM  R$ 50,00  REAIS  MENSAIS.
2-  RECURSOS  PARA   A  PASSAGEM:
  PASSAGEM  PARA  BURKINA  ESTA  NO  VALOR  DE   R$  4.000,000   ( QUATRO  MIL  REAIS)  
 3- RECURSOS  PARA  O  SEGURO  DE  VIDA  INTERNACIONAL.     R$  1.300,000   
 OUTROS  DESAFIOS  PARA  ORAÇÃO.
 POR  MINHA FAMÍLIA :  SAÚDE,  CURA , SALVAÇÃO   E  LIBERTAÇÃO.
 POR  DIREÇÃO  DE  DEUS  EM  MINHA  VIDA.
 
SOU  GRATA  POR  VOSSO  APOIO   E  CARINHO.  NO  AMOR  DO  MESTRE  DAS  NAÇÕES.
MISS.  IRENE  GOMES  DE  OLIVEIRA.
(Irene q Deus nos use (uniaonet.com) para ajudar-vos , vamos estar compartilhando sua mensagem com os irmãos de nossa comunhão  . Yro)
 20/03/2007 _ AGRADECO DE CORACAO. queridos gostaria de está retornando ate o final de maio com abencao do pai. sou grato por vossa contribuicao. Um abraco missionario.

Paulo / Isaías _ October 06, 200orem por irene
 QUERIDOS IRMAOS.
GOSTARIA DE CONTAR COM AS SUAS ORACOES PELA IRENE; JA FAZEM DEZ DIAS QUE FOI DESCOBERTO O PARASITA DA MALARIA NO SEU CORPO, E A MALARIA QUE ELA PEGOU E MUITO FORTE E RISCANTE( ja fazem alguns meses que ela deixou de tomar o remedio da prevencao por causa de uma gastrite no seu estomago), DEPOIS DO PRIMEIRO TRATAMENTO O MEDICO FEZ UM SEGUNDO EXAME, E A SUA SITUACAO AINDA E UM POUCO DIFICIL PORQUE EXISTEM MUITOS PARASITAS NO SEU CORPO; E AGORA O REMEDIO QUE ELA ESTA TOMANDO E MUITO FORTE E AS REACOES SAO VERTIGES, ZUNBIDO NOS OUVIDOS, MAL ESTAR E OUTRAS MAIS.  OREM POR ELA, QUE ALEM DA MALARIA, ELA TAMBEM ESTA COM UMA INFECCAO EM UM DOS SEUS RINS.
CONTAMOS COM AS VOSSAS ORACOES EM FAVOR DA IRENE PARA QUE O SENHOR POSSA CURA-LA COMPLETAMENTE E QUE DEUS VOS  ABENCOE.
ANGELICA.(trabalhamos juntas)

( Estaremos orando  por irene e pedindo outros para intercederem também ...yRO )


www.maozisrael.com.br _ maozbrasil@maozisrael.org _ REDE DE INTERCESSÃO DO MAOZISRAEL :

. PEDIDO ESPECIAL DE ORAÇÃO.-   Tel Aviv,  Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2005.

PEDIDO ESPECIAL DE ORAÇÃO POR ARI E SHIRA QUE ESTÃO MINISTRANDO NA ÁFRICA
 
 
 
        
Querido(a) Parceiro(a) de Oração,
 
 
 
Estamos enviando este pedido especial de oração por Ari e Shira que se encontram neste momento em Burkina Fasso, África, ministrando em lugares remotos sob condições extremamente primitivas.
 
A temperatura chega a ficar acima dos 40 graus, muitas vezes não há energia elétrica e as condições sanitárias são muito precárias (os sanitários, muitas vezes, são buracos no chão). E, além de tudo isto, tem havido muitas tempestades de areia.
 
Ari e Shira têm viajado muito, de reunião para reunião, suportando muitas condições adversas (até mesmo pregando no escuro), mas eles estão felizes por estar fazendo isto porque sabem quão preciosas são todas aquelas pessoas.
 
Sendo esta região a terceira maior em termos de avivamento, Ari e Shira acreditam que este investimento espiritual é muito importante. Embora eles estejam lá para falar do que Deus está fazendo em Israel, eles têm orado por muitas pessoas possessas por demônios nesta nação onde prevalecem a bruxaria e o vodu.
 
Eles têm visto muitos casos de pessoas que ficavam violentas e poderosas a ponto de serem acorrentadas em árvores até que as forças do mal abandonassem seus corpos para que pudessem, então, voltar para seus familiares e amigos que oravam por sua libertação.
 
Essas pessoas agora vivem na liberdade do Senhor e se tornaram pessoas úteis e produtivas no Reino de Deus, ganhando outros para a fé.
 
 
 
Ore pela segurança, saúde e ânimo de Ari e Shira.
 
Ore para que o Senhor os use como instrumentos em seu plano para esse povo maravilhoso.
 
 
 
Ore por *Freda Lindsay, mãe de Shira, que sofreu um pequeno ataque cardíaco em sua casa no Texas no mesmo dia em que Ari e Shira viajaram para a África. As notícias é que agora ela está bem, mas ore continuamente por sua saúde. *Christ for the Nations
 
 
 
Muito obrigado por suas orações. Nós cremos que serão armas efetivas e poderosas que trarão muitas bênçãos àqueles que ouvirem Ari e Shira ministrando a Palavra de Deus.
 
 
 
Por amor a Sião,
 
Cookie Schwaeber-Issan
 
Em nome de Ari e Shira Sorko-Ram
 
       
 
--------------------------------------------------------------------------------
 
DISCRIÇÃO: Pedimos que não reproduza estas informações em nenhum veículo de publicidade, tais como boletins informativos de igrejas, lista de e-mail, rádio e TV. No entanto, compartilhe esta carta com pessoas que amam e oram por Israel e que você conheça pessoalmente.  
--------------------------------------------------------------------------------
 
MaozIsrael Report
 
 
Receba mensalmente matérias de excelência através de uma oferta única de R$ 40,00 que lhe dará direito a 12 edições. Entre em contato conosco (Email) enviando ao nosso escritório seus dados pessoais e postais que estaremos enviando um boleto no valor de sua oferta. Contribua para o avivamento em Israel e entenda o valor de sua participação na Redenção deste país. maozbrasil@maozisrael.org
 

*Cristãos na África Amam Israel
Por Shira Sorko-Ram
Ram nasceu em uma pequena vila em Burkina Fasso, em uma família de curandeiros.
Seu pai o treinou por 26 anos para que, um dia, tomasse seu lugar como o curandeiro-chefe de várias comunidades.
Nesse meio tempo ele teve muita sorte por receber educação numa nação onde somente uma pequena minoria sabia ler. Mas como Ram tinha sido um excelente aluno durante todo o seu tempo de escola, o governo concedeu-lhe uma bolsa de estudos no Instituto de Matemática e Física na capital Uagadugu, onde se formou.
Enquanto freqüentava a faculdade ele dava aulas de matemática por meio período numa escola de segundo grau.
Lá, um de seus alunos o convidou para ir a uma cruzada evangélica, conduzida por um casal francês que, como lhe foi dito, orava pelos doentes.
Quando viu um aleijado de nascença subitamente se levantar e caminhar, Ram teve a revelação imediata de que o poder de Deus era muito maior e mais poderoso do que seu curandeirismo.
No dia seguinte ele voltou à cruzada e entregou sua vida a Yeshua, o Messias. O poder de Deus foi o que lhe chamou a atenção, mas a mudança veio porque seu coração foi quebrantado.
Ram disse, “Eu já vi milagres no curandeirismo, mas, de alguma forma, Ele tocou o meu coração.
Eu senti como se estivesse em um buraco e, de repente, fui retirado de lá. Eu sabia que o que eu fazia era errado. Estava no caminho errado e a venda foi retirada dos meus olhos.”
Ram foi para casa e, literalmente, queimou todos os seus artefatos de bruxaria. Mas não eram artefatos quaisquer. Seu pai, morto há um ano, era o guardião da herança tribal pública e ancestral de curandeirismo – um grande número de livros, manuscritos e uma parafernália tal, como penas, pós e poções.
Na tribo de Ram, quando o guardião da herança pública morre, deve-se esperar três anos para que o próximo guardião tome posse. Assim, Ram deveria cuidar de tudo até que um dos anciãos se tornasse o próximo guardião.
Quando Ram queimou toda aquela parafernália, surpreendentemente ele não foi perseguido.
O seu povo simplesmente sabia que ele logo morreria.
A medida em que esperavam e nada acontecia, finalmente concluíram: “O seu Deus deve ser mais poderoso que o nosso”.
Hoje há uma enorme igreja na pequena vila de Kingria.
A mãe e os irmãos de Ram hoje também são salvos.
E, além deles, mais um grande número dos seus parentes também se converteu.
Imediatamente Ram começou a testemunhar em todos os lugares que ia e tornou-se um sério estudante da Palavra de Deus.
Ele recebeu livros escritos por Gordon Lindsay e ficou sabendo da existência do CFNI (Instituto Bíblico Cristo para as Nações), em Dallas, Texas.
Ram escreveu-lhes uma carta contando o seu testemunho e o CFNI concedeu-lhe uma bolsa de estudo de dois anos. Em 1994 ele formou-se.
Quando chegou ao CFNI ele ouviu Freda Lindsay, co-fundadora do instituto, falar continuamente a respeito da promessa de Deus de abençoar aqueles que abençoarem Israel. Ele relembra, “A mãe Lindsay colocou lenha em meu fogo.
Tornei-me uma tocha.
A visão do plano de Deus para Israel entrou no meu coração”. E, assim, Ram escreveu uma carta ao seu amigo mais chegado, Seogo Jean, que tinha uma pequena igreja numa vila, cerca de 150 km da capital Uagadugu.
Ele escreveu: “Ore pela paz de Jerusalém!”
Quando foi planejada uma viagem missionária de curta duração do CFNI a Israel, Ram não tinha o dinheiro para ir, por isto, ele orou e jejuou por aqueles que estavam indo.
No próximo ano, 1994, alguns estudantes ajudaram-no a conseguir o dinheiro necessário para a viagem.
E esta viagem para Israel foi o sonho da sua vida. “Eu escrevi ao meu amigo Seogo e disse-lhe que, um dia, Deus o levaria a Israel também!
Quando voltei para Burkina Fasso, eu continuei a falar aos meus amigos acerca de Israel.
Disse-lhes que deveriam, não apenas orar, mas que também começassem a semear – dinheiro – em Israel”.
Seogo foi o primeiro a responder. Naquela época ele tinha cerca de 70 membros em sua pequena vila e a sua coleta de Domingo era menos do que o equivalente a US$ 1,00.
Todavia, seu rebanho ajuntou US$ 7,00 para enviar a Israel. Mas, aí, ele descobriu que as tarifas e o selo para mandar o dinheiro também custariam outros US$ 7,00.
Ram e Seogo não queriam tocar na oferta que o povo tinha levantado, por isto, eles tomaram emprestado mais US$ 7,00 e enviaram o dinheiro para um ministério em Israel. Depois disto, houve uma explosão!
Naquele mesmo mês alguém deu a Seogo US$ 150,00 – uma quantia muito alta naquele país. No mesmo ano outra pessoa deu-lhe mais US$ 2.500,00!
Ele começou a construir uma estrutura de verdade para a sua igreja e hoje o prédio vale US$ 25.000,00 e o seu rol de membros chegou a 400.
Quando outro pastor amigo viu o que estava acontecendo com Seogo, ele também começou a fazer coletas para o trabalho de Deus em Israel. A mesma coisa aconteceu com ele.
As finanças dos seus membros e da sua igreja como um todo, começaram a crescer.
O seu rol de membros passou de 100 para 250 pessoas.
Ram, um pastor associado na congregação de Uagadugu, também estava enviando fundos para Israel.
Primeiro US$ 4,00, depois US$ 5,00, US$ 10,00, US$ 20,00, US$ 40,00, US$ 60,00, US$ 80,00, US$ 100,00, US$ 200,00 e depois US$ 600,00.
E aí, aconteceu a coisa mais estranha. Nas vilas que contribuíam para Israel as chuvas aumentaram!
Ano após ano as colheitas dos cristãos começaram a aumentar. Não há estatísticas em Burkina Fasso para este fenômeno, mas as ofertas para Israel e para as suas igrejas ficaram maiores e maiores. Ram nos contou sobre um pastor que tinha dois gazofilácios: um para o trabalho da sua igreja e outro para Israel. Na região de Seogo há outras 20 igrejas da sua denominação contribuindo para o trabalho de Deus em Israel, e a sua denominação tem hoje 40 igrejas em toda a nação.
Os cristãos freqüentemente demarcam um pedaço de terra em suas plantações e o que quer que cresça naquela área é dedicado a Israel.
Quando eles fazem a colheita, deixam a porção de Deus separada e depois levam ao mercado para vender.
O dinheiro conseguido é, então, trocado por dólares e enviado para Israel.
Ram nos descreveu um evento recente.
Um grupo de cristãos que ajudava Israel plantou tomates.
Naquele ano eles tiveram uma colheita tão farta que tiveram que mandar de volta o caminhão que veio para transportar os tomates e contrataram um maior.
No ano passado, Ram enviou uma oferta de US$ 6.900,00 para o Maoz, vinda dos irmãos de Burkina Fasso. Em Janeiro passado Ram e Seogo vieram para Israel com uma oferta que todas as igrejas levaram um ano para ajuntar.
Eles ofertaram à nossa congregação US$ 9.000,00.
Durante aquele culto, todos choraram quando os crentes israelenses e os visitantes, maravilhados, viram o espírito de ofertantes naqueles homens.
Nós explicamos à nossa congregação que Ram e Seogo vêm de um país desesperadamente pobre, todo cercado por terra, do tamanho do estado do Colorado, circuncidado por seis outras nações africanas.
Fica ao norte de Gana e tem uma população de 12 milhões de habitantes; é uma das nações mais pobres do mundo.
O país sofre de seca crônica e 90% da população vivem da agricultura, obtendo, com dificuldade, uma magra renda de US$ 83,00 por mês. Burkina Fasso tem poucos recursos naturais e quase que nenhuma indústria, enquanto que apenas 13% da terra têm possibilidade de produção.
Mesmo assim, há muito mais terra que poderia ser livremente cultivada por quem quer que fosse se, tão somente, houvesse água.
A boa notícia é que o governo simpatiza com os cristãos, a nação não está em guerra e, segundo Ram, cerca de 10% da nação são cristãos.
Em Burkina Fasso, cristão significa ‘nascido de novo!’ Outros 48% da população são muçulmanos e o restante flutua entre as religiões tribais.
Burkina Fasso é agora, pela graça de Deus, uma democracia.
O presidente Blaise Compaore restabeleceu relações com Israel em 1994 e Ram espera que o seu presidente restabeleça relações completas, convidando Israel a estabelecer uma embaixada em seu país. É claro que o inimigo não está tendo descanso em Burkina Fasso.
O presidente da Líbia, Moamar Qadaffi, está construindo uma enorme instituição financeira em Uagadugu.
Ele quer que toda a nação se torne muçulmana. Na verdade, o sonho de Qadaffi é que toda a África se torne um continente muçulmano.
Todavia, Ram diz que, depois do dia 11 de Setembro de 2001, houve um notável declínio no interesse dos seus compatriotas pelo Islã, especialmente entre os jovens.
Deus está usando Ram por toda sua nação para que haja unidade entre todas as diferentes denominações.
Recentemente ele patrocinou uma conferência onde compareceram 3000 pastores.
O ponto alto da conferência foi o momento de oração por Israel.
Hoje existe uma organização de caridade em Burkina Fasso chamada: Cristãos Amigos de Israel, da qual Ram, Seogo e os pastores sênior de Ram são diretores.
A medida em que se espalha a notícia da forma como Deus tem abençoado de forma sobrenatural os cristãos em Burkina Fasso, Ram tem recebido convites de pastores das nações vizinhas: Nigéria, Togo, Costa do Marfim, Chade e Mali.
Eles também querem conhecer as maravilhosas promessas de Deus a medida em que abençoam Israel! “Assim diz o Senhor Deus: Eis que levantarei a minha mão para as nações, e ante os povos arvorarei a minha bandeira; então eles trarão os teus filhos nos braços, e as tuas filhas serão levadas sobre os ombros.
Reis serão os teus aios, e as suas rainhas as tuas amas; diante de ti se inclinarão com o rosto em terra e lamberão o pó dos teus pés; e saberás que eu sou o Senhor, e que os que por mim esperam não serão confundidos.” Isaías 49.22-23.
Esta é uma matéria do MaozIsrael Report em português que enviamos mensalmente aos nossos parceiros e que foi escrita por Shira Sorko-Ram, co-fundadora do Ministério Maoz Israel, juntamente com seu marido Ari Sorko-Ram (presidente).
O Ministério Maoz Israel está estabelecido em Tel Aviv onde apóia os judeus messiânicos israelenses formando líderes espirituais, evangelizando nas ruas, produzindo livros em hebraico e patrocinando obras sociais.
O ministério Maoz Israel também está estabelecido no Brasil, como representação física e espiritual de Israel, e em outros cinco países.
O Maoz Israel no Brasil é um ministério de socorro (intercessão e ofertas) para a obra redentora de Israel.
* Expressadamente Proibida a reprodução parcial ou total (mecânica/eletrônica) desta matéria sem autorização deste ministério no Brasil
* Poderá ser enviado sem alteração por E-mail a irmãos(ãs) crentes.
Algumas matérias enviadas por E-mail já foram publicadas em nosso Jornal Maoz. A razão de estarmos reenviando estas matérias é para que você seja despertado(a) como nosso(a) "Intercessor(a) e Mantenedor(a)" e seja participante ativo(a) deste ministério.
Alguns E-mails estão adormecidos! Assim, desperte hoje, em amor aos Perdidos De Israel.
No amor de Yeshua, Pr. Júlio Otani Administrador do Ministério MaozIsrael –Brasil E-mail: julio@maozisrael.org
-------------------------------------------------------------------------------
Mantenedores Mantenedores mensais, os nossos boletos também são fixados em R$ 40,00 e você poderá fazer a sua oferta neste valor ou inferior - superior. Lembramos que, quando as ofertas são depositadas, ficamos isentos de tarifas expressivas destes boletos. Consulte o Espírito Santo e pergunte qual deve ser a sua oferta mensal hoje. Faça sempre um propósito em Deus com a sua oferta e mantenha-se fiel, quer no valor, quer no tempo - “Disse-me o Senhor: Viste bem, pois eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” Jr 1.12
--------------------------------------------------------------------------------
OFERTAS O Ministério Maoz é uma entidade jurídica e contamos com a sua colaboração com a casa de Israel. Deposite a sua oferta em qualquer agência do: Banco Bradesco - Agência 0157- 0, C/C 64.924-4 em nome: Associação Maoz Internacional. Banco HSBC - Agência 1120, C/C 06966-67, em nome: Associação Maoz Internacional.
--------------------------------------------------------------------------------
MINISTÉRIO MAOZ ISRAEL - BRASIL Caixa Postal 1014 - Centro / Avaré-SP CEP: 18701-990 Fone/fax: 14 - 3732 6996 E-mail: maozbrasil@maozisrael.org Visite nosso site em português www.maozisrael.com.br


Bobo-Dioulasso

Ministério Casa Esperança

Iraci, Família Kologo e Família Melo

Ps. Faça sua oferta missionária utilizando o boleto bancário. Caso não o possua, entre em contato conosco: maladireta_ma@uol.com.br, ou pelo telefone (11) 4136 1272. Se você deseja receber suas cartas de oração por e-mail, especifique o nome do missionário e envie seu endereço eletrônico para cartas-antioquia@uol.com.br

= = =
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

Burkina Faso,Fevereiro de 2007.
 

"Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".
 
Mt 28:19
 
Parceiros ministeriais,
 

Batismo
 

Foi com muita alegria que em 11 de fevereiro realizamos o segundo batismo em nossa igreja, a Comunidade Evangélica de Bobo Dioulasso. No ano passado, 10 pessoas foram batizadas e, desta vez, 14 irmãos desceram às águas. Eles eram muçulmanos e animistas, e, hoje, servem ao nosso verdadeiro Deus!
 

Fizemos uma entrevista com cada um deles para averiguar se realmente estavam aptos a serem batizados. Verificamos que a decisão de seguir a Jesus que eles manifestaram era firme e concreta. Alguns testemunharam como Deus lhes trouxe paz, encheu o coração de fé e transformou vida, família e trabalho.
 

O batismo foi realizado em um lugar retirado da cidade, onde encontramos um tanque. Houve momentos de louvor e adoração e de testemunhos dos batizados, participamos da Ceia do Senhor e comemos um lanche. Muitos parentes dos batizados estiveram conosco e alguns se entregaram a Cristo. Aleluia!
 

Como missionários aqui na África, nossa alegria foi enorme ao ver o batismo, pois entendemos que este é o lugar em que o Senhor nos quer para que O sirvamos e O façamos conhecido. Assim, vemos os frutos do nosso trabalho, que depende de Deus, de nós e de vocês, que nos ajudam com suas intercessões e contribuições. Juntos, temos saqueado o inferno e levado pessoas a adorar o Senhor da Seara. A Ele, toda a honra!
 

Escolinha de futebol
 
Nos treinos, alegramos-nos com os meninos com tênis nos pés. Antes, era um sofrimento, pois eles treinavam descalços, mas, hoje, eles têm calçados. Outros meninos apareceram, agora há 60 garotos em média. Tivemos que arrumar uma pessoa para ajudar, ele se chama Landry. É um irmão da igreja que gosta de futebol, mas que não tem experiência como técnico. Eu estou ensinando-o. Terei que ajudá-lo com uma quantia por mês, pois ele é casado e tem um filho.
 

Infelizmente, roubaram uma das traves do nosso campo e temos tido dificuldade para treinar corretamente ou marcar jogos amistosos. Conversamos com o líder do bairro e ele disse que não pode colocar outra trave, pois não dispõem de dinheiro para isto. Também há grande necessidade de água encanada no campo. Eu gostaria de colocá-la, mas me disseram que as pessoas roubariam canos e registros. Orem para que consigamos outra trave e um carrinho com latão (tambor) e rodas para levar água ao campo.
 

Nos treinamentos com os meninos, vejo que alguns têm talento e que poderão ser jogadores profissionais. É minha oração que um dia isto aconteça. Meu maior desejo é que eles conheçam e tenham uma experiência com Cristo e que, quando forem jogadores profissionais, ganhem muitos outros para Cristo por meio do esporte.
 

Casa Esperança
 
A Paula começou uma nova equipe de alfabetização. Eles não sabem nada sobre letras, muitos nem sabem segurar um lápis. A vida deles sempre foi a de pedir esmola nas ruas e, se retornavam aos líderes muçulmanos sem dinheiro, apanhavam, ficavam sem comer ou tinham que fazer toda a limpeza da casa do Marabu.
 

As condições para ensiná-los são bem precárias. A Paula procura usar o pouquíssimo material que tem e, principalmente, muito amor, pois os meninos, sujos há dias e sem nenhum conhecimento de higiene, ficam em uma sala fechada, pois outros meninos ficam querendo entrar na sala.
 

O número de meninos que freqüenta a Casa cresceu muito. A quantia de dinheiro que usávamos para dar a eles pão e leite por um mês, agora somente dá para duas semanas. Oramos para que Deus levante padrinhos para sustentar este ministério, pois sempre precisamos completar as despesas com nosso sustento pessoal.
 

Casa Refúgio
 
Mais um menino, Issiaca, deixou a vida de garibu e pediu ajuda para ser abrigado na Casa Refúgio. Ele não sabe nada sobre sua família e não tem dados sobre sua identidade, sempre viveu nas ruas a mendigar debaixo do jugo de um Marabu.
 

Ele está morando na Casa e está estudando com a Paula. Aos poucos, nós estamos encaixando-o no meio da sociedade, não como vivia antes, rejeitado por todos, mas, querido, bem vestido, respeitado e com uma família – nós. Ele tem ido à igreja e ouvido o Evangelho.
 

História triste
 

Um menino garibu, Hamed, morava com outros garibus na casa de seu líder muçulmano e foi expulso de lá. Há anos, ele freqüenta a Casa Esperança e, então, nós o recebemos para morar na Casa Refúgio, onde lhe demos comida, roupa, banho, etc. Vimos nascer um menino novo. Ele começou a ir à igreja, ajudava nos afazeres e demonstrava felicidade.
 

Depois de duas semanas, o Marabu veio à Casa Esperança com seguranças e pediu o menino de volta. Tivemos de liberá-lo, pois o líder muçulmano é responsável por ele na região em que estamos. No outro dia, o menino voltou à Casa Esperança sujo, fedendo, descalço, etc.
 

Vimos o que o diabo fez em Hamed por meio do Marabu. Quando vemos o estado em que ele está hoje, ficamos irritados com o Marabu, pois o menino estava bem conosco, mas ele era um discípulo do Marabu e, se não o devolvêssemos, seria muito perigoso para nossa equipe. Orem para que o Marabu liberte Hamad para que ele volte a morar na Casa Refúgio e tenha uma nova vida.
 

Intercessão:
 

· Por nossa saúde, especialmente a da Melissa, que pegou febre tifóide e está tomando remédios;
 
· Para que nos aprimoremos na língua. Eu entrei em uma escola particular para estudar Francês. Orem pela melhora de nossa desenvoltura lingüística.
 
Agradecemos pela fidelidade de vocês.
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

= = =

Burkina Faso, Maio de 2007.

 

"Pois os olhos do Senhor percorrem toda a terra, para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração".
 
2 Crônicas 16:9
Queridos amigos,
 

Com o passar dos meses, nossa missão aqui em Burkina Faso se torna cada vez mais sólida e firme, graças a Deus. Os relacionamentos com o povo já estão estabelecidos e, assim, os ministérios em que trabalhamos se desenvolvem naturalmente. Tanto na igreja, como na escola de futebol e na Casa Esperança, temos nos dedicado de acordo com nossos dons e talentos de maneira a contribuir para o crescimento do evangelho aqui em Bobo Dioulasso. Estamos aqui, mas nosso maior desafio é o mesmo de cada cristão, que está em seu país ou não. O desafio é o de ter um coração totalmente entregue a Deus e a Sua obra.
 

Deus tem cuidado de nós e, quando estamos no momento íntimo com o Senhor, com muito amor, Ele nos faz lembrar que, mais do que qualquer atividade que façamos, o que Ele mais deseja de nós é um coração quebrantado e somente dEle! Ele nos lembra isto por meio do versículo que escrevemos acima. Ele procura servos fiéis para abençoá-los e fortalecê-los! Temos experimentado isto. Que o Senhor nos dê um coração que O agrade e, assim, continuemos a pregar o evangelho, a amar o próximo e a expandir o Reino de Deus, fortalecidos pelo Senhor da Seara!
 

Família
 

Louvamos ao Senhor, temos todos os dias o coração agradecido pelo cuidado do Senhor para conosco! Estamos bem de saúde e cada vez mais acostumados às diferenças culturais que antes nos incomodavam muito.
 

Em 11 de Maio a Melissa completará seis anos. Ela está muito linda! Cada dia mais inteligente, esperta e falante! Ela aprendeu a amar a Jesus e a ter um relacionamento muito sincero com Ele. Por vezes, ela diz que o que mais quer é voltar ao Brasil para ver seus antigos amiguinhos... Agradeça ao Senhor pela vida dela e interceda para que ela seja guardada por Ele.
 
A Sabrina tem dois anos e cinco meses. Ela está uma gracinha! Fala duas línguas misturadas e quer descobrir tudo! Ela já não se lembra do Brasil, está muito feliz aqui! Para ela, os burkinabes são seus tios, tias, primos, etc.
 
Como casal, desfrutamos muita unidade e cumplicidade. Enfrentamos juntos as dificuldades de estar na África, mas também compartilhamos as vitórias juntos! Intercedam pela nossa proteção física e espiritual. Que o Senhor nos guarde como família!
 
Perseguidos
 

No início de nossa missão, conhecemos Bibata, uma jovem de 16 anos que demonstrou querer ser nossa amiga. Desde então, ela vai a nossa casa todas as semanas e estuda a Bíblia conosco. Ela já entregou sua vida a Cristo, está firme nas reuniões da igreja e decidiu ser batizada.
 

Tudo estava bem até que um de seus tios (chefe de família) fez uma visita à família dela e humilhou o pai e os familiares dela (que são muçulmanos), dizendo que era um absurdo e uma vergonha para toda a família aceitar que Bibata tenha se convertido ao cristianismo. Seu pai, que até aquela ocasião permitira que ela fosse cristã, mudou completamente! Ele a proibiu de ir à igreja e a obriga a fazer as orações islâmicas diárias. Ela se recusou e foi ameaçada de ser expulsa de casa.
 

Aqui, os filhos de muçulmanos são muito submissos aos pais e, por isso, chorando, ela pede oração e ajuda. Aparentemente, sua fé não foi abalada. Nós continuamos a orar com ela. Pedimos que vocês orem para que os parentes de Bibata não nos persigam. Aqueles que saem do islamismo são fortemente perseguidos. Na igreja, há pessoas que desistiram de continuar na fé por causa da perseguição...
 

Outro caso igualmente sério é o de Eric, um adolescente da escola de futebol. Ele tem vindo à célula em casa, tem demonstrado interesse e já foi à igreja algumas vezes. Ele já recebeu a Cristo. Ele pediu uma Bíblia e nós a demos a ele. Nós o orientamos a lê-la todos os dias. Seu pai já morreu, sua mãe mora na Costa do Marfim e ele mora com os tios. Sua vida é de muito sofrimento. Deus tem colocado muito amor em nosso coração para ajudá-lo. Depois que Eric começou a ir à igreja e a ler a Bíblia em casa, seu tio tem olhado para ele com desprezo, nem sequer conversa com ele. O tio não aceita que o sobrinho leia a Bíblia. Num dia desses, antes de irmos à igreja, Eric veio a nossa casa quase chorando e contou tudo o que se passava em sua casa com seu tio. Dissemos para que ele continuasse a vir à célula e a ler a Bíblia em casa (quando seu tio não estivesse) para que, aos poucos, ele se fortaleça no Senhor. Orem para que ele não desfaleça na fé e fique firme em Jesus nestes momentos de prova.
 

Ser proibido de ter relacionamento com Cristo é uma luta que pessoalmente desconhecemos, por isso, oremos intensamente por estes jovens, para que eles não desistam da vida com Cristo! Todos os nossos esforços para fazer a diferença de Cristo na vida destas pessoas são diretamente sustentados por pessoas como vocês, que investem nas nossas vidas para que estejamos sempre animados, fortalecidos e supridos, a fim de que a obra continue até a volta de Cristo! Deus os abençoe ricamente!
 

Com saudades, no nome daquEle que nos amou,
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
 

Mensagens antes do ano de 2007


Burkina Faso, Setembro de 2006.
 

"Ebenézer (pedra de socorro): Até aqui nos ajudou o Senhor".
 
1 Sm 7:12
 
Amados participantes,
 

Já faz um ano
 
Neste mês faz um ano que chegamos à África. Não tivemos nenhum problema para renovar nosso visto por mais um ano. Fomos muito bem atendidos pelo responsável pela renovação e Deus providenciou o valor que precisávamos pagar pela documentação. Glória a Deus!
 

Histórias verídicas
Compartilhamos algumas histórias que presenciamos na igreja, mais parecem histórias de livros e filmes, mas são reais e dolorosas.
 
Djeneba
Recentemente, chegaram à igreja uma senhora viúva, Djeneba, e dois de seus filhos. Eles haviam morado na Costa do Marfim e, por causa da guerra que atinge metade do país, fugiram para Burkina Faso. Aqui há muitos refugiados que vieram da Costa do Marfim por causa da guerra.
Djeneba nos contou que fora casada e que tivera quatro filhos. Ela disse que certo dia fora à igreja com dois de seus filhos. Seu marido ficara em casa com os outros dois filhos e a empregada. Após o culto, eles haviam ido embora da igreja e, ao chegarem em casa, encontraram a porta arrombada e os familiares e a empregada mortos. Os rebeldes de guerra costumam roubar e saquear casas para fortalecerem-se no país.
No mesmo instante, um irmão da igreja disse que eles pegassem algumas coisas e documentos e saíssem da casa correndo, pois os rebeldes também poderiam matá-los porque o chefe da família trabalhara em uma boa empresa e eles tinham um bom padrão financeiro. Em prantos, Djeneba pegou algumas coisas. O irmão da igreja os levou de carro a um lugar próximo à fronteira para que fugissem. Imaginem que ela nem pôde ficar algum tempo com seus queridos e nem enterrá-los... Ela disse que nem mesmo sabe onde eles foram enterrados e o porquê da morte deles. Com certeza, há muitas coisas que ela quer saber...
Djeneba e seus filhos ficaram na estrada à espera de uma carona. Depois de muito tempo, um ônibus parou, mas estava lotado. O único lugar que havia era junto às baterias do ônibus. Eles teriam que sentar em uma das baterias e colocar a outra sobre a cabeça. No desespero, ela aceitou a oportunidade de viajar, apesar das condições. Djeneba colocou uma bateria sobre a sua cabeça e ela e seus filhos se sentaram sobre a outra bateria. Desta maneira, eles fizeram uma viagem de aproximadamente dez horas e em uma estrada terrível!
De tanto o ônibus se mexer por causa da estrada ruim, a bateria derramou ácido na cabeça da mulher. Ela enxugou, mas, como conseqüência, depois de um tempo perdeu todos os cabelos da cabeça e um de seus olhos ficou afetado. Hoje ela enxerga mal e tem dificuldades para ouvir com um de seus ouvidos. Isso sem contar a ferida na alma, pois ela saiu às pressas e não sabe mais nada de sua casa, de seus bens, do dinheiro que tinha no banco, dos corpos do marido e dos filhos, etc.
Quando chegaram a Ouagadougou, capital de Burkina, Djeneba procurou alguns parentes. Ela recebeu apoio de sua família, mas eles desejavam que ela se casasse com um muçulmano que fora seu preten-dente antes que ela se cassasse com um cristão. Seus parentes diziam que ela deveria ter se casado com o muçulmano que a família indicara e não com o cristão que escolhera. Eles afirmavam que agora ela sofria por causa da decisão que tomara. Djeneba ficou muito revoltada com tudo, chorou amargamente e até chegou a queimar sua Bíblia, pois não tinha respostas para o sofrimento que enfrentava.
Como não teve muito apoio na capital, Djeneba decidiu vir a Bobo-Dioulasso, cidade onde estamos, para encontrar uma tia que a ajudaria. Chegando aqui, descobriu que a tia morrera. Então, ela se viu sem casa, móveis, alimentação e família. Ela começou a trabalhar lavando roupas para as pessoas e, com o dinheiro que recebia, comprava alimentação. Houve dias em que não houve trabalho, nem dinheiro e nem comida...
Djeneba conheceu a nossa igreja e começou a freqüentar as reuniões. Aos poucos, nós a conhecemos. Alguns dias atrás, ela foi despejada da casa (ou melhor, do quartinho pequeno sem nada dentro) onde mora, pois fazia três meses que não pagava o aluguel. Outro dia, ela apareceu na reunião de mulheres às 15h e nem ela nem seus filhos haviam comido algo durante aquele dia. As mulheres se reuniram e deram comida para as crianças e dinheiro para ela. Em reunião da igreja, decidimos pagar o aluguel da casa e comprar alimentação para Djeneba e seus filhos. Alguns irmãos deram roupas a eles. Assim, o corpo de Cristo está ajudando esta irmã que padece espiritual, emocional e financeiramente.
Ficamos chocados com esta história. Imaginamos os sofrimentos pelos quais Djeneba já passou, que são muitos. Para escrevê-los todos aqui, gastaríamos muitas páginas. Intercedam por Djeneba e por seus filhos, para que eles mantenham a fé em Jesus.
 
Ibrahim
Uma outra história é a de um menino de 12 anos chamado Ibrahim. Desde o início de nossa igreja, ele participa das reuniões. Ele ajudava a Paula no trabalho com as crianças e, quando abrimos a sala para adolescentes, ele passou a freqüentá-la. Ibrahim mora com um tio que é muçulmano fiel, mas, mesmo assim, sempre vai à igreja.
Quando há alguma programação especial na sala de adolescentes, são dadas lembrancinhas e todos ficam contentes. No mês passado, foram dadas meias e cuecas. Naquele dia, quando o Ibrahim chegou em casa, seu tio pegou o presente e o deu a outra criança. O tio disse ao sobrinho que este ia à igreja somente para ganhar presentes e que estava proibido de retornar às reuniões. O menino ficou triste, mas já confessou que ama e que quer seguir a Jesus. Ore para que o Ibrahim continue firme no caminho do Senhor.
 
Issa
O Issa é viúvo e ex-muçulmano. Ele decidiu seguir a Cristo e sofre perseguição por parte de seus parentes por causa disso. Ele é recém-convertido e há uma mulher que mora com ele. Ele é de uma família muçulmana que está muito irritada porque ele se tornou cristão.
Houve uma vigília no mês passado e, quando Issa se arrumava para ir à igreja, a mulher começou a discutir com ele, falando alto a ponto de os vizinhos ouvirem. Ele não pôde ir à vigília e ficou muito triste. Ele disse à mulher que, se ela for contra a sua fé em Jesus, pode partir, pois Jesus transformou a sua vida e ele não deixará de seguir a Cristo. Temos orado por Issa e também por esta mulher. Esperamos que Cristo reine na vida dela e que eles permaneçam juntos na casa de Deus.
 
Gratidão
Assim têm sido as experiências com os nativos convertidos. Os desafios aumentam cada vez mais e somos gratos a Deus pela intercessão e contribuição mensal de vocês, pois, por meio delas, podemos trabalhar na seara do Senhor aqui na África. Obrigado por andarem conosco.
 
No Senhor das nações,
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

= = =

Burkina Faso, Agosto de 2006.
"Digo-lhes a verdade: Ninguém que tenha deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai,  filhos ou campos por causa de mim (Jesus) e do evangelho..." Mc 10:29
Amados cooperadores,
O CHAMADO
Desde minha conversão, no ano de 1991, a passagem acima sempre me disse muito sobre o dever de amar a Deus acima de tudo e de fazer a Sua vontade, deixando tudo e todos para uma vida de abnegação do eu e de glorificação de Deus entre as nações.
Em 1996, Deus me chamou para ser ministro dEle, deixando todas as coisas que poderiam me impedir de fazer a Sua vontade. Então, deixei meu lar, meu conforto, meus amigos, um ótimo trabalho, pai, mãe, irmãos, etc. No início foi duro, mas Deus teve um propósito. Fui para um seminário longe de casa, no Vale da Bênção.
O ano de 1996 também foi o meu primeiro ano de estudos. Minha mãe, que estava muito doente, faleceu. Foi muito dolorido e senti grande aperto no coração, mas olhei para o chamado de Deus para a minha vida. Fiquei com a minha família por alguns dias e, depois, retornei ao seminário para concluir os meus estudos.
Em 1999, em meu quarto ano de seminário, tive um choque ao receber a noticia de que meu irmão mais velho morrera em um acidente de um carro que se chocara com um ônibus. Foi algo terrível. Sofri muito, passei meses sofrendo por causa da maneira pela qual ele morreu. Pouco a pouco, Deus me consolou.
Em 2004, quando éramos missionários no Paraguai, recebemos a notícia do falecimento da filha da irmã da Paula, que nascera com problemas no coração. Ela morreu após um mês de vida. Foi uma grande tristeza para nós, que estávamos longe. Choramos muito e mais uma vez o Senhor e a Sua Palavra nos confortaram.
No dia 18 de julho, recebemos a notícia de que meu pai, Valdemar, fora hospitalizado, porque sofrera um derrame, e estava em coma na UTI. No dia 3 de agosto, meu pai faleceu. Mais uma vez passamos pelo processo de perda de um ente querido e de enfrentar a realidade de que não estamos perto para fazer algo. Estamos sofrendo muito, mas sabemos que o Senhor nos consolará por completo com o passar dos dias.
Recebemos inúmeros e-mails e telefonemas de pastores e amigos queridos que se compadeceram de nós, que nos disseram e ainda nos têm dito palavras de conforto, encorajamento e amor e que intercedem por nossa família. Pessoas de vários países e amigos que há muito tempo nem sabíamos onde estavam que souberam do ocorrido nos mandaram palavras de carinho. Que refrigério para a nossa alma!
Também temos sido confortados pelos irmãos da igreja local. Muitos novos convertidos têm orado conosco. Eles nos dizem palavras de carinho e de força. Eles dizem que a nossa vida aqui trouxe o evangelho a eles. De um lado, vemos a morte de meu pai como algo triste e doloroso, mas, de outro lado, vemos o rosto de pessoas que receberam a Cristo como Senhor e Salvador. Isto nos anima. De um lado, morte, e, de outro, vida abundante com Cristo.
Tudo isso vale a pena? Sim, pois Deus tem o controle de tudo. Nós não temos poder sobre a vida, somente Ele tem este poder. Obedecer a Deus é o mais importante. O mesmo Deus que chama, cuida e consola os seus. Obedecer ao chamado envolve pagar um preço, mas nada é maior do que o preço que Jesus pagou por nós na cruz do Calvário.
Jesus disse: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me" (Mt 16:24). Para mim, neste momento, o negar-se a si mesmo e tomar a cruz é estar longe de meus familiares nestes dias difíceis sem nem ao menos ter visto o meu pai pela última vez. Carregar a cruz implica em um sacrifício, pois, muitas vezes, a cruz é pesada e dolorosa e traz choro e lembranças, mas cada um tem sua cruz para carregar, cada um tem seus desejos para negar. Sei que este investimento é eterno e que os tesouros escondidos que descubro no Senhor – a salvação das pessoas para as quais falamos de Jesus aqui – não têm preço. Louvado seja o Senhor da nossa vida, JESUS!
 
ESCOLA BÍBLICA DE FÉRIAS
Do dia 25 ao dia 28 de julho, organizamos em nossa igreja uma Escola Bíblica de Férias. Foi algo inédito para as crianças do bairro e cremos que também para a cidade, pois ninguém faz uma atividade deste nível para crianças e, quando fazem, fazem-na somente por um dia. Até os irmãos da igreja ficaram maravilhados, pois preparamos coisas para as crianças comerem e se divertirem.
Enfeitamos a igreja para receber bem a crianças. Os adultos também vieram, pois acharam que haveria uma grande festa porque a igreja estava enfeitada. Preparamos umas coisinhas para as crianças comerem todos os dias e, no último dia, demos a elas um saquinho surpresa. Algumas crianças vieram, mas acharam que tinham que pagar para entrar ou para comer. Quando, porém, viram que tudo era de graça, quase não acreditaram.
No primeiro dia vieram cerca de 100 crianças e no último dia havia mais de 300. Todas elas ficaram sentadas no chão, bem apertadinhas, mal cabiam na igreja. Que sufoco! Todas elas louvaram a Deus, escutaram histórias e participaram de gincanas – uma diversão para elas.
Muitas crianças aceitaram a Cristo como Senhor e Salvador. Nossa igreja ficou famosa no bairro e, no primeiro domingo após a EBF, ficou lotada de novas crianças que vieram durante a semana. O trabalho foi um pouco difícil devido à grande quantidade de crianças e à dificuldade para controlá-las. A Paula organizou tudo. A alegria superou a fadiga.
Agradecemos a você, que faz parte de nosso ministério aqui na África, onde muitas crianças, jovens e adultos têm conhecido a Cristo por meio de nosso ministério. As lutas são grandiosas, mas as vitórias são constantes porque há uma equipe engajada neste trabalho: você, nós, os anjos e o nosso General Jesus.
Em nome do D  oador da vida,
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

= = =
Bobo Dioulasso, Julho de 2006.
 

 
 
Querido amigo,
 

Temos sido testemunhas do cuidado do Senhor conosco a cada dia aqui em Burkina Faso. Desde o fim de nosso período de adaptação ao trabalho com os burkinabes, experimentamos a alegria de servir o Senhor numa outra cultura mais necessitada que a nossa. Apesar das saudades e das dificuldades comuns a todos, sentimos uma grande satisfação por trabalhar para o Senhor dos senhores, o Chefe dos chefes! Ficamos ainda mais felizes por compartilhar notícias do nosso trabalho cotidiano com você, que tem nos apoiado com amor e fidelidade! Que Deus sempre o abençoe!
 
Alfabetização de garibus – Paula
 
Há dois meses, iniciei a alfabetização de alguns meninos garibus que estavam interessados em aprender a ler e que se sentiam mal por não saberem fazê-lo. Tudo está sendo feito pela fé, e, por isso, Deus tem abençoado essa iniciativa, pois Ele se agrada de nossa fé. Mesmo não tendo aula todos os dias, por causa do trabalho que os marabus os obrigam a fazer, os meninos têm progredido. Eles não sabiam nem mesmo pegar um lápis e, agora, já ensaiam escrever palavras com as letras que ensinei, copiam tudo com muito capricho e memorizam o que eu ensino rapidamente. Minha aula é dada dentro de uma sala pequena, mas de tamanho suficiente. Os meninos sentam-se no chão mesmo, pois eles estão acostumados a isso, e escrevem em placas de papelão que recortei. Assim, seguimos a aula.
 

Tenho orado para Deus dar graça e facilidade para eu ensiná-los e para que eles aprendam. A cada aula, saio contente com o progresso deles e agradecendo a capacitação que vem do próprio Deus, pois meu vocabulário francês ainda é limitado. Vejo mesmo que é a mão dEle! Louvemos ao Senhor por esse desafio que está sendo realizado!
 
Yaya e Casa Refúgio
 
Yaya é um menino que chegou até nós dizendo que não queria mais ser garibu e que precisava de um lugar para morar. Toda a nossa equipe orou junta, pois este tem sido o nosso maior objetivo: que os garibus queiram deixar a vida nas ruas. Quando Yaya veio, ficamos felizes, mas ainda não tínhamos uma estrutura para abrigá-lo adequadamente. Então, decidimos que ele moraria na Casa Esperança, onde realizamos todo o trabalho até conseguirmos uma casa para aqueles que realmente querem mudar de vida. Louvamos a Deus, pois, desde o primeiro momento em que Yaya entrou na casa, ele começou a mudar. Ele não quer fazer mais nada que os garibus fazem, pois diz que não é mais um garibu. Nem mesmo cortar o cabelo com a máquina que usamos com os garibus ele quer, pois as cabeças dos garibus são sujas. Ele foi cortar o cabelo na cidade. Ele também está freqüentando as aulas de alfabetização e é um dos melhores alunos.
 

Para honra e glória do Senhor, uma equipe francesa que esteve aqui e que conheceu o trabalho, adotou o projeto da Casa Refúgio durante um ano. Eles nos enviaram dinheiro e a casa já foi alugada e os móveis encomendados. Em breve, começarei uma outra turma de alfabetização na Casa Refúgio para glória de Jesus. Nessa nova casa, pretendemos dar trabalho e encaminhar os meninos à escola. Também poderemos ensinar abertamente sobre Jesus, pois os meninos que estarão lá não estarão mais sob a custódia de um marabu (líder muçulmano) e sim sob a custódia de nossa equipe. Louvemos ao Senhor por esse novo desafio que começa e que será canal de vidas aos pés do Senhor! Amém!Futebol – Edinho
 
A semente tem sido lançada. Tenho procurado os jogadores que mais demonstram interesse em ouvir a Palavra e andado perto deles, além de levá-los à igreja comigo. Sei que no tempo certo Deus fará brotar os frutos.
 

Graças a Deus, o outro treinador não tem trazido mais todos os fetiches que trazia para os jogadores e, assim, tenho falado mais sobre Deus durante os jogos. Louvo a Deus por essa oportunidade que Ele tem me dado, pois tenho adquirido experiência para futuramente abrir uma escola de futebol, nosso sonho desde o início. O objetivo é o de alcançar os adolescentes do bairro.
 

No fim deste mês, o campeonato da segunda divisão terminará para nós, pois estamos em terceiro lugar e não temos chances de chegar ao primeiro. Somente uma equipe passará para a outra fase do campeonato e, se vencer, subirá para a primeira divisão do campeonato nacional.
 

Igreja Temos apoiado o Mamadou e a Rejane na igreja, apesar de ainda não pregarmos em francês. Sempre que pregamos, eles traduzem o que dizemos. Esforçamos-nos com a língua, mas,  nessa questão, o tempo é o nosso maior amigo. Temos trabalhado com as mulheres todas as quartas-feiras. A Rejane e eu dividimos as ministrações. As mulheres têm muitas dificuldades para entender versículos simples, e duas do grupo não sabem ler. Esse tem sido um trabalho lento, mas certamente vai ajudá-las a crescer espiritualmente na medida em que aprenderem a compreender e a aplicar a Palavra as suas próprias vidas.
 
Louve:
 
·
 
Por nossa adaptação, pois nós e as meninas estamos mais acostumados às tamanhas diferenças, e por nossa saúde, que está bem;
·
 
Pela nossa equipe: Mamadou e Rejane (líderes), Edinho e Paula e Iraci. Cada um em sua área, e também juntos, temos sido abençoados. Não fazemos nada sozinhos, sempre oramos e ajudamos-nos uns aos outros. Isso foi muito bom para nossa adaptação aqui. Louve a Deus por essa equipe!
 
Interceda:
 
·
 
Por provisão para pagar a escola da Melissa (demos uma parte para garantir a vaga, mas ainda faltam ainda R$ 2.300,00 – um desafio!);
·
 
Por nossos mantenedores, pois alguns deixaram de contribuir com nosso sustento. Sempre oramos e procuramos nos comunicar com eles, mas as circunstâncias da vida de cada um por vezes os impedem de contribuir. Cremos que faz parte do nosso ministério orar e buscar manter a base do sustento para melhor vivermos e trabalharmos para o Senhor e, por isso, freqüentemente mencionamos isso nas cartas a fim de que o nosso sustento seja mantido apesar das mudanças na vida de cada mantenedor. Deus é dono de todo ouro e de toda prata (Ageu 2:8)!
 
Somos infinitamente gratos por você, que tem nos apoiado. Por causa disso, temos alcançado êxito naquilo que Deus nos chamou para fazer. Sempre colocamos sua vida em oração nas mãos do Senhor. Se quiser, escreva-nos uma cartinha e envie-a para o seguinte endereço: 01 BP 3535 – Bobo Dioulasso, Burkina Faso – West Afrique. Em muito nos encorajará ler suas notícias!
 

Por amor ao Senhor e aos burkinabes,
 
 
 
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina


= = =
Burkina Faso, Maio de 2006.
 

Queridos parceiros,
 
LIBERADO PARA IR À IGREJA
 
Desde que chegamos, conhecemos um jovem chamado Salif, parente do proprietário da casa onde moramos. Por algumas vezes, falamos de Jesus a Salif, mas ele nos disse que era muçulmano e que não acreditava em Jesus. Nós o convidamos para ir à igreja e ele riu, mas não disse sim ou não. Ele mora sozinho, tem um irmão casado que mora aqui em Bobo-Dioulasso e seus pais moram no vilage.
 

Salif recebeu a visita de seu irmão mais velho, que veio do vilage. Ele falou com o irmão sobre o convite para ir à igreja. Quando os pais não estão presentes, geralmente quem toma as decisões pela família é o filho mais velho – o que ele decide, todos obedecem. O irmão de Salif liberou-o para ir à igreja, mas disse que ele não deveria tomar a decisão de ser cristão antes de freqüentar a igreja por alguns meses para depois, então, decidir se continuaria a ser muçulmano ou se se converteria ao cristianismo.
 

Estamos contentes com a ida de Salif à igreja. Estamos orando para que ele tenha uma experiência pessoal com o Salvador e para que, quando seu irmão voltar, ele tenha decidido seguir a Jesus. Sabemos que isso poderá acarretar em rejeição por parte de sua família, mas a conseqüência eterna é mais valiosa. Amém!
 

Nos cultos, Salif entende pouco das pregações, pois sua língua é o more e ele compreende apenas um pouco de francês. Em nosso culto, a pregação é em francês e a tradução é em dioula, pois, em nossa igreja, há cerca de seis etnias entre os membros e damos preferência ao francês e ao dioula, línguas da cidade em que estamos. A língua more é mais falada na capital e, por poucas pessoas, em outras cidades. Orem para que esse jovem creia em Jesus e seja salvo.
 
SEMINÁRIO DE CONQUISTA
 
Neste mês, tivemos um seminário de quatro dias sobre conquista baseado no texto de Josué 1:3. Procuramos ensinar que o cristão não deve ter pensamentos de miséria, de necessidade e de pobreza, mas contínuos pensamentos de busca por algo melhor para sua vida espiritual e material.
 

Aqui, na África, vemos que as pessoas têm uma mentalidade de pobreza, escravidão, servidão, miséria, etc. Então, ensinamos os membros da igreja a confiar em Deus e a buscar uma vida de compromisso sério com o Senhor, uma vida abundante, de vitória e de conquista. Essa é a visão de Deus, e não a visão que o Diabo ou a mídia têm dos africanos. No último dia do seminário, fizemos uma vigília à qual compareceram mais pessoas do que nos outros dias de reunião.
 

Além disso, temos ensinado a igreja sobre o dízimo e as ofertas. Ensinamos que a promessa de provisão e bênção sobre o crente está relacionada à fidelidade de cada um quanto ao dízimo e às oferta, pois, mesmo que poucos, são do Senhor. Nosso desejo é que cada membro saiba ofertar e seja próspero. Alguns já pediram que seminário seja dado mais uma vez e testemunharam o que Deus ministrou a eles.
 
CAMPEONATO
 
O campeonato da segunda divisão já começou. Eu, Edinho, terei que fazer umas viagens e dormir nos vilages. As estradas são ruins e perigosas e o transporte, a hospedagem e as condições do campo não são os melhores. Também há possibilidade de exposição às diversas doenças presentes nesses lugares remotos.
 

Nossa equipe passou por um momento de desânimo por causa das condições de treinamento. Fizemos alguns amistosos e ganhamos a grande maioria deles, mas observei que houve uma queda no rendimento dos jogadores. Pedimos muita oração para que Deus me dê sabedoria para conduzir a equipe e para conseguir resultados que nos levem à primeira divisão.
 

Há um jogador, Moussa, cujo rendimento caiu. Falei com ele e ele me contou que está com problemas na cabeça. Ele me disse que procurou o marabu (líder muçulmano) e que este lhe pediu duas galinhas e dinheiro para fazer um feitiço para que tudo melhorasse. Quando ouvi isso, disse que Moussa não deveria fazer nada disso, pois as coisas piorariam. Então ele me disse: "Aqui na África as coisas são assim". Falei de Jesus a ele e convidei-o para ir à igreja, onde oraríamos por ele. Ele está indo à igreja e estou acompanhando-o para que ele seja totalmente liberto. Orem por ele.
 

ALFABETIZAÇÃO Neste mês, começou o que a Paula chama de um dos maiores desafios que Deus já pôs em suas mãos: alfabetizar garibous. Além de não saberem ler e escrever, os meninos não falam francês e não podem ir para casa todos os dias. Muitos deles, já adolescentes, nem conseguem segurar o lápis! Então, a Paula começará tudo pela fé! Há um deles que já saiu da vida de garibou e está desesperado para aprender a ler e a falar francês. Ensiná-los é um desafio porque não temos a estrutura necessária, mas como o desejo de fazer esse trabalho e a necessidade de que ele seja feito caminham juntos, ela começará. Não sabemos quanto tempo demorará, mas a fé é grande e é ela que nos move a fazer todas as coisas. Pedimos que vocês orem para que Deus aja sobrenaturalmente, facilitando a compreensão das crianças.
 

"Fiel é o que vos chama, o qual também o fará".
 
1 Tessalonicenses 5:24
 
Queridos, temos experimentado essa palavra, Aquele que nos chamou tem feito todas as coisas! Ele tem atraído as pessoas, aberto as portas ministeriais e dado oportunidades para pregarmos em todo tempo! A Ele seja a glória, porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas!
 

Vocês têm uma parte toda especial nessas vitórias. Louvemos ao Senhor!!!
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
= = =

Burkina Fasso – África, Fevereiro de 2006.
 

"Vistam toda a armadura de Deus para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo... resistir no dia mau e permanecer inabaláveis depois de terem feito tudo". Efésios 6:11,13b.
 

Querido intercessor e mantenedor,
 

Agradecemos porque você está conosco nesta jornada! Temos notícias fresquinhas sobre trabalho, vida, adaptação, estudo da língua, Casa Esperança, ministério com futebol e igreja. Ufa! Em tudo Deus tem sido bom para conosco e juntos servimos ao Senhor com alegria!
 

GARIBUS
 
O trabalho com estes meninos durante o mês de janeiro foi bem árduo, já que a maioria deles voltou do trabalho no campo, como sabem eles são mão de obra escrava dos líderes religiosos. A freqüência, que estava em torno de 80 crianças, voltou a ser de 120 crianças. Chegamos a atender cerca de 190 crianças em um só dia! Mesmo com toda a equipe trabalhando, cada um em sua área, não somos suficientes para entretê-los por muito tempo... Mas, glória a Deus por isto, pois queremos que muitos conheçam a Casa Esperança e falem para outros para que todos tenham a oportunidade de serem abençoados. Certo dia, ao sairmos pela manhã para trabalhar, havia um grupo na esquina de casa e nós pegamos um deles, colocamos-no no carro e o levamos para conhecer o trabalho. Ele já espalhou a notícia para os outros garibus do nosso bairro e, assim, prosseguimos...
 

Temos orado muito para Deus transformar a vida destes meninos e para usar as nossas atitudes de amor para abrir o coração deles para crer em Jesus. Deus deu a nossa equipe uma estratégia de oração, pois ainda não temos liberdade para falar de Jesus. Isto é o que mais queremos, porém, se não o fizermos aproveitando uma oportunidade concedida por Deus, poderemos perdê-los como aconteceu na primeira vez em que isto foi feito e o Marabu proibiu os meninos de freqüentarem a Casa. Foi muito difícil conquistá-los novamente. Então, começaremos um relógio de intercessão para que Deus se revele a eles e os liberte do jugo opressor. Para aqueles que deixam esta vida ou mudam de cidade podemos falar de Cristo, e nós o fazemos, pois eles partirão e não terão mais o líder pobre deles. Nesta semana, falamos de Cristo para dois deles que foram embora de Bobo Dioulasso. Foi uma alegria tremenda explicar-lhes sobre Jesus! Cremos que Deus tem o desejo de salvá-los e, com sabedoria, falaremos do evangelho na medida em que Deus nos der as oportunidades.
 

Além disso, estamos mexendo com uma fortaleza de Satanás, que é o islamismo misturado à feitiçaria típica de Burkina Fasso. Então, sofremos alguns tipos de ataques e, apesar de todas as manhãs durante o nosso tempo com Deus nos revestirmos da armadura divina, é necessária muita vigilância. Durante as atividades didáticas que a Paula dá aos meninos, eles fazem desenhos muito estranhos, como por exemplo: o desenho de um dos meninos sendo mordido por uma cobra, o desenho de outro com um escorpião na mão ou o de outro com uma arma apontada para a sua própria cabeça. Estes desenhos são feitos num ambiente descontraído, mas revelam uma realidade espiritual de opressão e espírito de morte.
 

Nos últimos dias, temos percebido uma forte opressão sobre nós, pois o Edinho teve sonhos com feitiços e encontramos trabalhos na esquina da nossa rua. Em um dos domingos, ao sairmos do culto, estávamos na "calçada" e uma moto, que vinha normalmente pela rua, de repente desviou e veio com forte velocidade na direção da Melissa. Foi preciso jogá-la dentro do carro. O moço que conduzia a moto começou a gargalhar e partiu. Além disso, a Paula toca e abraça muito os meninos durante as atividades e, num desses dias, ela tocou numa faixa amarrada na cabeça do filho do Marabu e levou um choque forte que deixou seu braço adormecido por uns minutos. Há algumas outras coisas que nem citaremos, mas sabemos que são ataques contra nossa vida, saúde e trabalho neste país.
 

Sabemos que o sangue de Jesus está sobre nós e nos cobre de todo mal, porém, assim como intentaram o mal contra Neemias porque ele fazia um trabalho de confronto aos mentirosos e enganadores, também temos sido atacados. Pedimos que você ore por nossa proteção e força espiritual contra estes ataques, pois, apesar de confiarmos em Deus, assusta-nos um pouco percebermos
 

que não são simplesmente acasos ou coincidências. Sabemos que Deus ministra para que estejamos alertas e sejamos revestidos dEle para vencer o mal. Ore por nós.
 

IGREJA
 
Deus tem se revelado maravilhosamente no meio da igreja, pois temos visto o agir do Senhor nos novos crentes. Alguns testemunham o que Deus está fazendo em sua família, pois, antes, não tinham paz e nem harmonia e, com Cristo, tudo mudou. Alguns testemunham que, quando dão o dízimo e a oferta, Deus lhes envia provisão para o lar e que nada lhes tem faltado. Alguns jovens, além de estarem firmes, também trabalharam muito para arrumar o nosso templo para que pudéssemos mudar.
 

Nosso templo já esta arrumado, não por completo, porque ainda há muita coisa para fazer, mas já é possível fazermos nossas reuniões nele. Pretendemos inaugurá-lo no mês de março. O lugar é grande e há bastante espaço para que as 100 crianças aprendam sobre Jesus. Nos cultos há em torno de 20 adultos e o nosso primeiro batismo foi marcado para o dia 26 deste mês.
 

Tudo isto é para a glória de Deus, pois, mesmo em um país islâmico, trabalhamos com esta quantidade de pessoas! Isto é prova de que Deus ama muito esta nação e de que estamos no centro de Sua vontade, pois aqui há igrejas que já tem alguns anos de existência e que não tem esta quantidade de membros.
 

Outra bênção é que alguns dos meninos têm ido à igreja. Um deles decidiu sair da vida miserável que vivia e enquanto espera que abramos a Casa Refúgio, está morando com outro casal de missionários, Mamadou e Rejane. Ele está firme na igreja e relata os sofrimentos da vida que passou. É algo que dá dor no peito e que faz a gente chorar muito.
 

FUTEBOL
 
Aqui, o treinador de futebol "chupa cana, assobia, canta uma ópera e dança um samba" ao mesmo tempo! Por que dizemos isto? Porque aqui o treinador é quem faz tudo na equipe: preparação física, tática, técnica, médica, financeira, etc. Assim tem sido comigo. Fico debaixo do forte sol ensinando os exercícios, que alguns mal conseguem fazer. Eles estão acostumados à força e eu estou ensinando a técnica. Há muito trabalho a fazer e o campeonato começa no próximo mês. Quando volto para casa, estou exausto e tenho que estudar francês. Todos os dias são muito corridos.
 

Muitos jogadores vêm a mim e dizem que não comeram para vir ao treino e que estão famintos. Outros andam muito até o local do treino. Outros pedem calçados para usar nos treinos, pois os que usam estão horríveis, sem nenhuma condição de uso. Outros pedem medicamentos. Infelizmente, não tenho conseguido ajudá-los muito, apenas consegui alguns medicamentos. Estamos orando para que Deus levante patrocinadores que doem sabão em pó para lavar roupas, alimentação e também material de treino ou jogo. Ore por nós neste sentido.
 

GRAÇAS A DEUS
 
Louvamos a Deus pela intercessão, compreensão e apoio financeiro de alguns irmãos que nos abençoaram com ofertas especiais para podermos comprar um carro. Nós compramos um carro do ano 93 em bom estado. Ele já esta em nosso nome e os documentos estão em dia. GLÓRIA A DEUS! Não estamos correndo mais os riscos de andarmos os quatro na moto. Este carro é prova do grande amor de Deus para conosco e do fato que Ele supre as nossas necessidades, mesmo neste país difícil de se viver.
 

INTERCESSÃO
 
No final deste mês, teremos que ir à embaixada brasileira de algum país próximo para obter outro passaporte para a Sabrina, pois o dela vencerá neste mês. Ore para que Deus nos dê condições financeiras para irmos, pois o valor necessário é muito alto, e também para que tudo dê certo em relação à documentação.
 
 
 
Agradecemos por tudo.
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
 
= = =

Missao Antioquia , outubro de 2005.

 

Amados companheiros,

 

Saudações em Cristo!

 

Com alegria, escrevemos-lhes para compartilhar as bênçãos do Senhor. Esperamos que, ao receber esta cartinha, todos estejam bem e com saúde.

 

Estamos alegres com os novos rostinhos que chegaram ao nosso meio. Recebemos novas crianças, tão pequeninas que sentimos desejo de pegá-las no colo. Setembro foi um mês de festa, pois, além destas novas crianças, recebemos a visita de vários estrangeiros: senegaleses, mexicanos, benenoanos, americanos e até brasileiros. Foi muito maravilhoso compartilhar o ministério com pessoas vindas de várias partes. Durante o tempo da visita, estas pessoas oraram pela equipe e também pelas crianças. Para nós, este foi um maravilhoso presente de Deus!

 

Como sempre falamos, Burkina-Faso é um país 65% muçulmano. Ainda que o islamismo daqui não seja radical, o povo segue a tradição islâmica à risca. Este é o mês de Ramadan. Segundo o povo, durante o ano existe um dia em que Alá perdoa todos os pecados e, por isso, eles jejuam trinta dias para se apresentarem a Alá. Durante o dia, ninguém come e todos se abstém de tudo que possa contaminar o corpo. O interessante é observar que, durante o jejum, os muçulmanos ficam mais gordos porque, à noite e pela madrugada, eles comem pra valer. Durante este tempo, precisamos de uma grande cobertura de oração, pois a atmosfera espiritual fica muito pesada e as crianças ficam agitadas, muitas não vêm à Casa Esperança, pois vão às mesquitas. Os pequenininhos também jejuam. Orem por Burkina-Faso.

 

Setembro foi um mês de vitórias! A resposta às orações chegou. Estávamos orando por uma geladeira e, através de vocês, o Senhor nos deu esse presente. Compramos uma linda geladeira, cinza metálica, moderninha e grande, muito bonita. Estamos rindo à toa, pois, agora, as nossas crianças têm água geladinha e os alimentos já não estragam. A outra grande vitória é que as nossas crianças têm pão com manteiga. Que alegria! Parece um sonho! Também já temos como hospedar visitantes, pois, através de suas ofertas, Deus nos deu sete lindos colchões e lençóis. Fizemos um estoque de alimentos e de materiais de higiene (sardinha, manteiga, óleo, creme dental, sabão, sabonete e outros). A Casa Esperança está muito linda! Para completar a vitória, um irmão que nos visitou enviará roupa para as crianças. Esta oferta já foi confirmada e as roupas devem chegar na semana que vem, o que contaremos na próxima carta.

 

Na área espiritual, o Senhor também agiu. Durante a apresentação da equipe da JOCUM, alguns meninos pediram para orar por eles, mostrando que a mensagem do evangelho está registrada em seus corações. Amados, operando Deus, quem impedirá?

 

Na área de saúde o Senhor também nos abençoou. Uma americana nos ofereceu uma clínica à qual podemos levar as crianças nos casos mais graves por um preço bem baixinho. Um francês nos deu uma caixinha cheia de pacotinhos de AASS. Os brasileiros que nos visitaram também deixaram vários medicamentos. Mas a maior vitória, que tem quase um mês, é que as feridas diminuíram. Todas as crianças estão aqui, mas seus pezinhos estão curados, só há feridas bem pequenininhas, nenhum caso grave. Também só tivemos três casos de malária… Esta é a primeira vez que a enfermaria fica calma. Jesus é incomparável! Louvemos a Deus por estas grandes vitórias, saibam que estas são resultado de nossa união. Agradecemos porque vocês fazem parte deste ministério. Louvem a Deus por sua fidelidade!

 

Amigos, Deus sabe até onde podemos suportar. O ministério estava vivendo momentos difíceis. Várias vezes choramos buscando saídas. Deus nos ouviu levantando vocês para estar na retaguarda deste ministério e o mês de setembro foi fechado com chave de ouro. Por tudo isto, agradecemos a Deus pela vida de vocês. Saibam que o esforço de vocês não é vão no Senhor. As vitórias acima também pertencem a vocês, pois são resultado da participação de vocês neste ministério. Continuemos juntos, na certeza de que:

 

"… destes meninos sairá um povo que louvará ao Senhor".

 

Ate a próxima.

 

Com amor,

 

Ministério Casa Esperança

Iraci, Família Kologo e Família Melo

Ps. Faça sua oferta missionária utilizando o boleto bancário. Caso não o possua, entre em contato conosco: maladireta_ma@uol.com.br, ou pelo telefone (11) 4136 1272. Se você deseja receber suas cartas de oração por e-mail, especifique o nome do missionário e envie seu endereço eletrônico para cartas-antioquia@uol.com.br

= = =
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina (Via_M.Antioquia)
Burkina Fasso, Junho de 2006. Queridos parceiros e amigos, "Graças a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo...". 2 Coríntios 2:14 Com a mesma paz que Paulo escreveu isso, vivemos as últimas semanas debaixo dos cuidados especiais que o Pai tem para conosco. Estamos passando a fase de adaptação, que foi difícil, mas importante para firmar as convicções e objetivos de estarmos aqui na África servindo ao Senhor. Ele tem nos conduzido em vitória sobre cada dificuldade e proporcionado muitos momentos de alegria e paz. Também somos gratos a vocês, que têm nos apoiado com e-mails, telefonemas, orações e contribuições. Isso nos ajuda muito a permanecermos firmes no propósito de fazer o Senhor conhecido entre os burquinenses! Que Deus os abençoe abundantemente!

ALFABETIZAÇÃO Neste mês, eu, Paula, comecei a alfabetização dos garibus, algo que estava em meu coração desde os primeiros dias com eles, mas que só agora sinto fluência na língua para fazer. Apesar de ainda cometer muitos erros no francês, tenho recebido graça de Deus para ensinar. Durante as aulas, há um menino que fala francês e que traduz o que eu falo para o dioula. Nem sei explicar bem a sensação que tive quando vi os olhos dos meninos brilharem ao descobrirem as letras do alfabeto, copiá-las, etc. Separei apenas dez meninos para serem ensinados, pois a sala é bem pequena, mas isso já é uma bênção. O que me chamou a atenção foi que eles não querem parar de repetir as letras e de fazer as lições, mesmo depois de várias aulas. Outros meninos pedem mais lições para fazer casa. Um deles, Boucari, de 17 anos, saiu da aula e, radiante, disse aos outros que aprenderia a ler. Agora, muitos querem entrar na "escola", como eles dizem. Temos um mínimo de estrutura (escrevemos em placas de papelão e sentamos no chão), mas isso não tem sido obstáculo, pois eles querem aprender e se sentir dignos da sociedade que os rejeita. Eu tenho sentido uma alegria imensa a cada letra e a cada som que eles aprendem. Então, sigo crendo que Deus supre tudo! Louvem a Deus, pois essa conquista é uma vitória e um passo para que os garibus sejam reintegrados à sociedade, saiam da vida de rua e, o mais importante de tudo, conheçam a Cristo!

CAMPEONATO O Edinho está em pleno campeonato com o Kiko Futebol Clube. Para quem tem acompanhado a história, trabalhar com o time já rendeu duas viagens meio que loucas ao "interior do interior" de Burkina (risos). Deus o guardou e ele tem feito de tudo, não apenas para o time se dar bem no campeonato, mas para testemunhar do Senhor. Viajando, os jogadores oram e escutam testemunhos sobre os livramentos e vitórias que Jesus nos dá. Jogadores que confiam em feitiços e superstições para ganhar jogos têm convivido com um técnico que recorre somente a um Deus e que se submete a sua soberana vontade. Cremos que esse tempo de relacionamento e amizade abrirá as portas para que os jogadores creiam no Senhor. Um dos jogadores, Sada, tem ido à igreja e sempre anda bem junto ao Edinho. Temos orado para que ele receba a revelação do Senhor e se entregue completamente a Jesus. O time está indo bem, mas precisa melhorar muito. Temos orado para que Deus dê sabedoria ao Edinho para conduzi-los e para que a vontade do Senhor seja estabelecida. O outro treinador que trabalha junto ao Edinho, Tairou, faz trabalhos de feitiçaria e os leva para os jogadores se benzerem com eles e serem protegidos durante o jogo. Quando o Edinho ora com a equipe, ele não participa. Na hora de entregar os fetiches aos jogadores, ele fica bem longe do Edinho para que este não veja os amuletos. O Edinho disfarça, mas vê tudo e ora para que Deus quebre esses encantos das trevas.

IGREJA Quando uma igreja nasce, suas necessidades aparecem aos poucos. Assim tem sido com a nossa igreja. No último mês, junto com Mamadou e Rejane, sentimos que precisamos de um trabalho voltado para casais. Na cultura burquinense, o casamento está muito longe dos parâmetros bíblicos, mesmo entre cristãos. Os burkinabes não são instruídos antes de se casarem e, como não há muita proximidade física entre o casal, a comunicação entre eles é uma das coisas menos exercitadas. Então, temos tido vários tipos de problemas com os poucos casais que há na igreja. Estamos preparando um encontro de casais seguido de um discipulado com os mesmos. Cremos que isso ajudará os casais a desfrutarem toda bênção e alegria que o casamento proporciona para aqueles que estão firmados no Senhor. Nossos cultos têm sido uma benção, pessoas têm vindo à igreja e entregado o coração a Cristo. Há uma média de 35 pessoas nos cultos de domingo, e o melhor é ver a transformação que Cristo tem feito nessas pessoas.

LOUVEM: · Pela nossa adaptação, que tem sido vitoriosa (ela ainda não acabou, mas declaramos vitória até o fim); · Pelo início da alfabetização dos garibus; · Pelo cuidado e bondade de Deus para conosco; · Pela Melissa, que fez 5 anos no dia 11 de maio. Ela está super saudável. Pudemos fazer a festinha que ela tanto queria com coisinhas de aniversário que nossa família e grandes amigos enviaram do Brasil. Ficamos honrados e muito felizes.

INTERCEDAM: · Pelo campeonato da Segunda Divisão (para que Deus seja glorificado por meio do sucesso do Kiko na competição); · Pela proteção de toda família (temos tido sonhos com escorpiões, que são símbolos dos ataques malignos e da feitiçaria da África); · Pela escola da Mel. No fim de Junho ou no começo de Julho, temos que pagar R$ 3.500,00 para que ela estude em uma boa escola. Se vocês puderem ajudar, entrem em contato conosco por e-mail ... ou por meio da Missão Antioquia (dados abaixo). Ficamos por aqui com o desejo de escrever ainda mais sobre cada experiência vitoriosa que o Senhor tem nos dado, das quais vocês integralmente fazem parte! Abraços com saudades e satisfação, Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
= = =
Burkina Faso, Março de 2006.
 

Amado parceiro ministerial,
 

"Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura, quem crer e for batizado será salvo" (Marcos 16:15,16a).
 

É com grande alegria que escrevemos para compartilhar sobre as vidas que se renderam a Jesus e, juntos, louvarmos a Deus pela salvação que vem somente dele. Você é participante direto desta vitória, seja abençoado com estas notícias!
 

Batismo e Ceia
 
O dia 26 de fevereiro foi muito especial para nós, pois foi o dia do nosso primeiro batismo aqui em Burkina. Foi um momento de grande alegria e vitória para o Reino de Deus. Foram batizados 4 mulheres e 6 homens.
 

Nós alugamos um microônibus para levar as pessoas ao local do batismo. Ficamos surpresos com a quantidade de pessoas, em torno de 80 adultos e 15 crianças. Muitos dos que compareceram eram parentes dos que foram batizados. Os 10 deram um pequeno testemunho sobre o que Jesus fez em suas vidas e todos os seus parentes puderam ouvir sobre Jesus. Em seguida, a Palavra de Deus foi pregada e 5 pessoas entregaram o coração a Cristo. Aleluia!
 

O local do batismo foi retirado da cidade, um espaço muito bom para comunhão. O batistério foi improvisado em um tanque fixado em um buraco na terra, que um dia antes foi bem lavado para poder ser usado (nele havia muita lama, lodo, sapo, etc). Nós contemplamos a grande alegria dos batizados que pulavam de alegria dentro do tanque. Para nós, missionários que trabalhamos aqui, foi um momento de vitória, pois, apesar de estarmos em um país muçulmano, temos visto os frutos do nosso trabalho bem mais rápido do que pensávamos. A Deus toda a glória!
 

Depois do batismo, participamos da nossa primeira ceia do Senhor. O Edinho ministrou e explicou bem detalhadamente o significado da ceia e sobre quem deveria participar dela, pois muitos dos presentes nunca haviam visto ou não sabiam nada sobre esta cerimônia. Foi algo muito bonito e emocionante.
 

Caso você tenha e-mail, envie-o para nós, e enviaremos algumas fotos para você. Também anote o nosso e-mail:
 

Testemunhos
 
Entre os testemunhos, alguns dos batizados disseram que seus parentes não foram ao batismo por serem muçulmanos e por não aceitarem a nova decisão deles seguirem a Cristo.
 

Leopoldo, um jovem, agora ex-muçulmano, que mora com seu irmão mais velho, testemunhou que, quando decidiu ser batizado, seu irmão disse algumas vezes que iria expulsá-lo de casa e também convocou parentes muçulmanos para uma reunião para decidir o que fariam a respeito dele. O pai de Leopoldo, que mora no vilage (cidade pequena e sem estrutura no interior) e que é feiticeiro, teria que ir à reunião para dar a sua opinião, mas, como não foi até o dia do batismo, Leopoldo decidiu ser batizado assim mesmo. Um dia depois do batismo, seu pai chegou à cidade e ficou surpreso com a decisão do filho seguir a Cristo e disse o seguinte: "Se eu soubesse que você estava desse jeito, o feitiço que fiz para você teria sido muito mais forte e poderoso... Quando eu voltar para o vilage, farei um feitiço ainda mais forte para perturbar a sua cabeça".
 

Leopoldo está firme e convicto, mas ore por ele, pois sua família está totalmente contra a sua nova vida com Cristo. Além da perseguição que tem sofrido, ele poderá ser expulso de sua casa e ser totalmente rejeitado por seus familiares. Isto sem falar sobre os feitiços feitos contra ele, pois, para um muçulmano, aceitar a Cristo é uma afronta imperdoável.
 

Inauguração da Igreja
 
No dia 7 de Março inauguramos a nossa igreja – Comunidade Evangélica de Bobo-Dioulasso. Havia muita gente na igreja, cerca de 80 pessoas. Foi um momento de muita alegria para nós. Convidamos algumas igrejas que vieram alegrar-se conosco. Também foi entregue o certificado de batismo para os irmãos batizados no dia 26 de Fevereiro.
 

Durante a cerimônia nós fizemos a consagração ministerial de um casal de nossa igreja para que sejam evangelistas. Eles vieram da Costa do Marfim, estudaram na Jocum e agora ajudam no trabalho com a Casa Esperança e também na igreja. Aproveitamos os pastores e líderes presentes para fazer a ordenação ministerial deles.
 

A mensagem foi ministrada por uma irmã que tem feito uma grande diferença em todo país. Ela é esposa de um dos maiores empresários de algodão de toda a África e, sendo cristã, tem pregado o evangelho a muitas autoridades do país. O testemunho de sua vida e de sua família tem sido uma bênção para o Reino de Deus nesta nação. Mesmo sendo ricos, eles estão sempre no meio dos pobres e humildes e ajudam muito nos trabalhos evangelísticos de várias igrejas.
 

INTERCESSÃO
 
· Ore por nossa saúde. As meninas ficaram doentes e as condições de saúde daqui são muito precárias. Elas estão melhores, mas pedimos que você interceda para que elas desenvolvam uma maior imunidade contra as moléstias comuns a este lugar.
 
· Ore pelo Edinho como treinador de futebol. Peça para que Deus lhe dê sabedoria, pois ele tem constatado muitas mentiras dos dirigentes da equipe.
 

Agradecemos por tudo que você tem feito em nosso favor. Deus o recompense em dobro. Somos felizes por estarmos neste lugar e podermos contar com sua oração e contribuição.
 

Até que Ele venha,
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina (Via_M.Antioquia)
= = =

Burkina Faso (África), Janeiro de 2006.


Amado companheiro,


O ano começou e muitas coisas esperamos realizar na seara do Pai celestial
em 2006. Você aí e nós por aqui, mas tudo para que Deus seja glorificado.
Ele já começou a fazer algumas coisas maravilhosas por aqui e você faz parte
disso.


Jovem Bibata

Desde que mudamos em nossa casa uma jovem chamada Bibata nos procurou
dizendo que queria ser nossa amiga. Então marcamos para ela vir em nossa
casa toda semana. Ela é muçulmana, sempre cobre parte da cabeça e para
cumprimentar homens ela não olha para eles, num sentido de submissão. A
Paula sempre a recebia e conversavam bastante. Um dia a Paula começou a
falar de Jesus pra ela, mas com muito cuidado para nossa surpresa a jovem
falou que havia tido dois sonhos com Jesus, que via uma forte luz mas não
conseguia ver o rosto dele, somente via que Ele a chamava e dizia ter vindo
para ela. Olha que tremendo... Ela ficou com medo e não sabia o que era
direito. A Paula então falou claramente de Jesus pra ela e o porque dos seus
sonhos com Ele. Também a convidou para ir em nossa igreja. Glória a Deus que
se auto-revela e deseja salvar o povo burkinense. A Paula se lembrou de
quantas vezes ela orava no Brasil, em conferências e vigílias para que
muçulmanos tivessem sonhos de revelação com o Senhor, e se alegrou ao ver
como Deus responde e quer que continuemos a orar.


Na outra semana a jovem veio em casa novamente e estava com uma forte dor de
cabeça. Ela disse que essas dores sempre vinham na semana do Natal e da
Páscoa, mas não sabia o que era, mas nós sabíamos muito bem. Então a Paula
orou por ela e falou da importância dela entregar o coração para Cristo. A
jovem fez a oração de entrega. Naquele mesmo dia a noite a jovem ligou em
casa falando que enquanto ela ia embora ainda na rua ela não sentia mais as
dores de cabeça, que havia desaparecido completamente e que queria saber
aonde era a nossa igreja para ir. E foi o que aconteceu, no domingo próximo
ela foi à igreja, ouviu a mensagem e novamente levantou os braços entregando
o coração a Cristo.


Naquela mesma semana a Paula começou um discipulado com a jovem em nossa
casa. Nós demos um pequeno livro para ela, mas ela disse que não sabia se o
pai dela deixaria tê-lo, pois ele é muçulmano.


Estamos orando por ela e esperamos que Deus possa agir poderosamente sobre a
sua vida e que não sofra perseguição de seus familiares.


Igreja

No mês de dezembro tivemos várias atividades com a Igreja. Fizemos um almoço
de comunhão, passamos a virada do ano novo em oração, demos saquinhos de
doces e chinelos para as crianças e outras coisas mais, mas o que marcou
foram os 3 dias de evangelismo que fizemos no bairro aonde fica o local das
nossas reuniões.


Tinha uma mesquita a 100 metros do local e muitos muçulmanos passavam pelo
local e ficavam olhando. Ficamos com um pouco de medo, mas mesmo assim
continuamos o trabalho nos 3 dias. Era um local bem escuro, muita terra, o
som não era bom, mas o que importava era pregar a Palavra de Deus. Tinham
inúmeras crianças do bairro, alguns adultos e todos os irmãos da igreja
estavam presentes, vale lembrar que são todos recém convertidos, mas estavam
todos felizes e ajudando no evangelismo. No total foram uns 15 adultos e 15
jovens. Estamos para iniciar uma classe de batismo e temos 8 pessoas que
estão dispostas a se batizarem. Estamos com a freqüência de 20 adultos e 80
crianças nas reuniões e o local é muito pequeno e cremos que no próximo mês
já estaremos em um local apropriado para os nossos cultos. A Paula tem em
torno de 50 crianças e com muito esforço tem dado aulas para elas, pois 90 %
delas não compreendem francês e tem um menino de 10 anos que fica traduzindo
do francês para o dioula e assim ajudando a Paula.


Equipe de Futebol

Como comentei na última carta que enviei sobre a equipe que estarei sendo o
treinador, os treinos já começaram e estamos na fase de observar quem será
os jogadores que farão parte da equipe.


Quando fui ver a condição do campo e dos jogadores que estão em preparação,
fiquei muito chocado com o que vi. O campo é um terreno de terra batida e
com pedras por todo lado. Quando os jogadores estão treinando ficam passando
as pessoas, animais, bicicletas, motos, carros e até caminhão no meio do
campo e atrapalhando o treino. Também os jogadores não tem roupa, meias,
tênis e chuteira adequada para treinar, pois são todos bem velhos e
rasgados. Muitos terminam os treinos descalços.


Material para os treinos quase não há. Para beber água uma pessoa vai numa
casa e traz um balde de 10 litros d'agua que mal dá para todos beberem. Sem
contar o sol que nos deixa exaustos. Os treinos são todos os dias das 15:30
às 18:00 hrs.


Estou com o coração "partido" ao ver a equipe e suas condições. Sei que será
um trabalho muito difícil, mas creio que Deus me usará para ser bênção no
meio destes atletas e que muitos venham conhecer a Jesus através de minha
vida. Minha oração tem sido como a do rei Salomão: "Senhor, dá-me sabedoria
e conhecimento para que eu saiba conduzir este teu povo" (2 Cr 1:10). Orem
por isso a nosso favor para que não sejamos envergonhado, mas sim Jesus
exaltado.


Louvor:

Louve ao Senhor conosco pois a Melissa tem melhorado bastante na adaptação,
já está indo na escola com mais alegria e tem estado mais feliz aqui. Juntos
temos orado pela professora e ensinamos ela que temos que amá-la apesar do
que ela faz com os alunos e tem funcionado ! Se tornou mais um alvo
missionário para nós e uma desafio de amor para a Mel. Louve mas continue
orando, ok ?


Intercessão:

a) Pela nossa saúde, pois as crianças tem ficado febris e resfriadas
freqüentemente devido o clima e poeira. Agora o Edinho trabalhando no
esporte debaixo de um sol fortíssimo, haja proteção;

b) Deus providencie todos os recursos para alugarmos o local que será a
nossa Igreja;

c) Fortalecimento na fé da Bibata e dos novos convertidos da Igreja.

d) Pelo Pai do Edinho ( Valdemar) que sofreu um derrame cerebral, está fora
de risco mas com as seqüelas do mesmo. Ore pela sua conversão e recuperação.


Que neste ano possamos ser usados como instrumentos de Deus para que muitos
venham a conhecer a Cristo.


Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina.

Ps. Faça sua oferta missionária utilizando o boleto bancário. Caso não o
possua, entre em contato conosco: maladireta_ma@uol.com.br, ou pelo telefone
(11) 4136 1272. Se você deseja receber suas cartas de oração por e-mail,
especifique o nome do missionário e envie seu endereço eletrônico para
cartas-antioquia@uol.com.br
= = =
8/11/05 Burkina Faso, Novembro de 2005.
 

Querido irmão,
 

Desde que chegamos a Burkina, inúmeras vezes recordamos as passagens bíblicas que ensinam que por onde Jesus passava as multidões corriam ao seu encontro para verem-no, tocarem-no, ouvirem os seus ensinamentos e serem curadas. Temos sentido um pouco do que Ele passou com tantas pessoas surpresas ao seu redor. Por onde andamos, aqui na cidade de Bobo-Dioulasso, TODAS as pessoas olham surpresas para nós. Várias pessoas nos cumprimentam e as crianças, com acenos de mãos sujas e enormes sorrisos no rosto, gritam pelas ruas: branco, branco, branco... Algumas crianças falam em francês: lê blanc; outras, em dioula: toubagou e outras, em more: nasara. Quando retribuímos o aceno, elas vão embora muito felizes com esperança de ver-nos novamente. Isso é muito lindo! O ruim e que todos acham que somos ricos, pois somos brancos.
 

Jejum de Ester
 
No mês passado, participamos de um jejum de três dias que foi realizado por alguns irmãos da cidade. Um estádio de futebol foi alugado para o jejum e um pastor dos Estados Unidos veio para participar do jejum. Houve muita intercessão para que o evangelho cresça nessa nação. O culto começava às 8h30 e terminava às 14h. O sol era insuportável, mas todos estavam contentes e dançavam muito no imenso calor, nem se preocupavam em parar de dançar. À noite, o culto começava às 18h e terminava por volta das 22h30.
 

Este foi o terceiro ano em que eles fizeram este jejum e os organizadores disseram que a cada ano Deus tem feito coisas maiores em Burkina. Éramos os únicos brancos em cerca de 1500 pessoas. Fomos muito abençoados e conhecemos alguns crentes de Bobo-Dioulasso. Em meio à pobreza e ao sofrimento de uma cidade que tem cerca de 600 mil habitantes, vimos servos fiéis a Deus que não se lamentam da vida que têm, mas que sempre são gratos a Deus.
 

De tantas coisas interessantes que houve neste jejum, queremos ressaltar apenas uma: o pastor ministrou em francês e uma pessoa traduziu suas palavras para a língua dioula. Fomos há alguns outros cultos em diferentes igrejas e o mesmo ocorreu. A grande maioria fala o dioula ou o more e poucos falam o francês. Há pessoas que somente falam em sua língua tribal e que não sabem nada de francês.
 

Casa Esperança
 
Estamos envolvidos com um projeto que se chama Casa Esperança. Nesta casa, nossa equipe serve o café da manhã, passa desenhos, corta cabelos e unhas, cuida de feridas e principalmente dá amor e carinho a cerca de 150 crianças. Estas crianças são os garibus (discípulos dos líderes religiosos). Eles andam pelas ruas da cidade pedindo esmolas para levar a seus líderes, os marabus. Estes ensinam a religião e determinam o que as crianças devem fazer. As crianças têm de seis a dezessete anos. Os pais dos garibus levam seus filhos para o marau e vão embora para sua cidade, vilarejo ou país. Depois de alguns anos, voltam para buscar os filhos. Os pais acham que estão fazendo a melhor coisa do mundo por seus filhos, mas não sabem do sofrimento destes meninos. Há muitas histórias de fazer chorar...
 

Na Casa Esperança, estes meninos se sentem protegidos, amados e alimentados. Eu andei cortando cabelos e encontrou cada coisa na cabeça deles! Neste mês, duas máquinas de cabelo já estragaram. A Paula cortou as unhas e não foi diferente, também havia muita coisa naquelas mãozinhas! Mas o amor que Deus derramou sobre o nosso coração quebrou todas as barreiras. Aleluia!
 

Malária
 
Apesar de todos os cuidados, infelizmente, a Melissa, que sempre foi alérgica a picadas de pernilongos e mosquitos, foi picada pelo mosquito da malária. Além de estar toda marcada pelas picadas, ela ficou bem doentinha durante três dias. Nós a levamos ao médico e ela foi medicada. O remédio lhe deu muito enjôo e ela não conseguia comer bem. Graças a Deus, ela já melhorou e voltou a alimentar-se melhor. Assim que a Mel melhorou, a Paula foi infectada. Automaticamente, ela tomou o remédio e, depois de três dias, melhorou. Glória a Deus! O Edinho teve somente uma pequena diarréia e a Sabrina não pegou nada, graças a Deus. Ela começou a engatinhar!
 

Nossa casa
 
Graças a Deus, apesar de ser um pouco retirada da cidade, conseguimos alugar uma boa casa. Ela é bem confortável e tem um bom quintal para as meninas brincarem. Conseguimos comprar os móveis básicos e uma televisão. Estamos novamente mobiliando uma casa. Estamos casados há sete anos e esta é a nossa sétima casa e a quarta vez que mobiliamos uma casa. Quanta graça de Deus! No dia em que foi feito um mutirão para limpeza da casa havia quatro etnias dentro de nosso lar! Aqui há muitas etnias (línguas diferentes), apesar de o país ser pequeno. Mudamos para esta casa no dia 9 de outubro, quando fazia um mês que chegáramos. Deus tem nos abençoado muito.
 

Todos são bem amigáveis e simpáticos e querem ser amigos e ajudar. Claro que aqui também há maldade, mas a maioria é bem receptiva. Não sabíamos que aqui é normal que os nacionais, conhecidos ou não, "convidem-se" para ir à casa de quem tem televisão, pois há poucos aparelhos na cidade. Em nosso primeiro dia na casa, quatro rapazes grandes e fortes, que diziam ser do Senegal e estudar na cidade, vieram assistir ao jogo de futebol entre Senegal e Mali em nossa casa. Ficamos muito espantados com o pedido, pois não os conhecíamos, mas eles foram quase entrando em casa. Eles não entendiam o que falávamos, devido ao pouco francês que falavam e nós também não os entendíamos. Finalmente, falando em inglês, compreendemos o que eles queriam, mas não deixamos que eles entrassem, pois não os conhecíamos e a casa estava uma bagunça, pois mudáramos na noite anterior. Eles foram embora tristes e decepcionados e nós ficamos com receio e assustados com o que na cultura deles é normal, mas, para nós, é uma grande ousadia. Depois comentamos o ocorrido com nossos amigos missionários que estão aqui há mais tempo e eles nos falaram que isso é normal.
 

Contrastes econômicos
 
Estamos muito surpresos com o preço de utensílios domésticos, móveis e alimentação. Como o país não tem acesso ao mar, tudo vem de outros países, as coisas são bem mais caras e tudo tem que ser pago a vista. As coisas são três a cinco vezes mais caras do que no Brasil. Como estamos em fase de adaptação, temos sofrido algumas necessidades com respeito à alimentação. Sabemos que uma das coisas que nos ajuda a permanecer firmes é uma boa alimentação. Ore para que Deus nos dê muita sabedoria na administração das ofertas que nos chegam às mãos.
 

Intercessão:
 
- Por nosso aprendizado do francês. Já iniciamos os estudos
 
- Pela adaptação da Melissa à escola. Ela tem muitas barreiras e tem chorado porque não gosta do estilo da escola.A escola que ela está freqüentando é a melhor que encontramos
 

Temos muito mais para escrever, mas fica para a próxima carta.
 

Obrigado por tudo. Desejamos que Deus continue abençoando sua vida, família, igreja e ministério.
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
 
Ps. Faça sua oferta missionária utilizando o boleto bancário. Caso não o possua, entre em contato conosco: maladireta_ma@uol.com.br, ou pelo telefone (11) 4136 1272. Se você deseja receber suas cartas de oração por e-mail, especifique o nome do missionário e envie seu endereço eletrônico para cartas-antioquia@uol.com.br
= = =

21/09/2005 edinho-set5
 
Burkina Faso - África, setembro de 2005.
 
Amado companheiro ministerial,
 
Na última carta que lhe enviamos, escrevemos que ainda nos faltavam algumas coisas para podermos partir para o continente africano e que o nosso desejo era que a próxima carta (a deste mês) fosse escrita direto do país alvo. Para honra, glória e louvor do nome santo de Jesus, nós chegamos a Burkina Faso. Aleluia! Graças a sua intercessão e contribuição e aos moveres da mão do Senhor.
 
A VIAGEM
 
Saímos de São Bernardo do Campo por volta das 13h para embarcarmos às 16h40min, de Guarulhos direto a Paris. Embarcamos no horário marcado e, depois de dez horas e meia, chegamos a Paris. Foi um vôo tranqüilo, mas cansativo. A Sabrina não dormiu direito devido ao fuso horário e à curiosidade. Já a Melissa não parou de falar e de se mexer no avião. A Paula ficou em um acento à frente do meu, ao lado de uma mulher e seu bebê. Ela é casada com um libanês muçulmano e a Paula falou de Jesus para ela. Eu fiquei na curiosidade de tudo e aproveitei a viagem.
 
Chegamos a Paris às 3:30h, no Brasil, e, no horário local, às 8:30h. Partimos para Burkina duas horas depois. Para nos comunicarmos no avião, tivemos que "enrolar" um pouco de inglês, francês, português e espanhol. Falamos espanhol, mas, por enquanto não falamos nada de francês e entendemos pouquíssimo de inglês e, então, tivemos que pedir ajuda para algumas pessoas que estavam ao nosso lado e que dominavam a língua francesa. Algumas pessoas passaram mal no avião, mas nós conseguimos "sobreviver", apesar dos enjôos.
 
EM PARIS
 
Da descida do avião até ao local do desembarque demoramos por volta de uma hora porque o aeroporto é muito grande e tivemos que tomar um ônibus. O portão do desembarque era o mesmo que o do embarque, mas em outra parte, e, para chegarmos até ao local certo, demoramos por volta de meia hora. Só tivemos tempo para ir ao banheiro do aeroporto lavar o rosto e para tomar um remédio para enjôo, não deu tempo para fazer mais nada. Ainda precisamos da ajuda de uma comissária francesa que falava inglês para nos conduzir até o local de embarque. Tomamos o avião que ia de Paris a Burkina com escala no Niger. Saímos com uma hora de atraso.
 
Dentro do avião, fomos recebidos pelas comissárias de bordo, que somente falavam francês e inglês... Logo perguntamos se alguém falava espanhol e, graças a Deus, encontramos uma comissária que falava um pouco de espanhol e assim pudemos nos comunicar quando precisávamos.
 
No vôo havia muitos africanos, com suas roupas típicas e seus dialetos, americanos, franceses e pessoas de outras nacionalidades.
 
 
EM BURKINA FASO
 
Depois de cinco horas de vôo, chegamos ao país que tem sido o motivo de nossas orações nos últimos meses.
 
Ao olharmos para as pessoas no aeroporto, todas elas se pareciam com o missionário Mamadou, o nativo que nos recepcionaria no aeroporto e com o qual iremos trabalhar, mas nenhuma delas era ele. Aqui, todos são parecidos.
 
Enquanto as autoridades verificavam o nosso passaporte, a Sabrina pulava em nosso colo e ria para os africanos encantando-os a ponto deles ficarem brincando com ela. Na hora de pegar as bagagens, um jovem pegou a Sabrina no colo. Nós ficamos com um pouco de medo porque não entendíamos nada do que ele falava.
 
Depois que o Mamadou chegou, chamamos um táxi e várias pessoas pegaram nossas malas para levá-las ao carro, pois queriam ganhar dinheiro, mas nós ficamos com medo de que elas estivessem nos roubando. O táxi era um carro bem velho e o porta-malas teve que ficar aberto. Tive que segurá-lo por dentro para que nenhuma de nossas bagagens caísse.
 
Nas ruas, as pessoas pararam para nos ver passar e falaram em alto tom, com alegria e surpresa: nasara, nasara (branco, branco) e a Sabrina sorriu para elas.
 
Ficamos em um hotel bem simples, mas muito caro, na cidade de Ouagadugu, capital de Burkina, para podermos descansar uma noite e partir no outro dia para Bobo Dioulasso, cerca de cinco horas de distância.
 
No outro dia, pegamos um táxi para ir à rodoviária e novamente ficamos com medo de que as malas caíssem no caminho. Mais uma vez, as pessoas nas ruas nos viram e se admiraram conosco.
 
Na rodoviária, fomos o centro das atenções enquanto os homens colocavam nossas bagagens no microônibus e amarravam-nas com cordas para que não caíssem na estrada. Do outro lado da rua, havia várias bicicletas, colchões, mesas e malas em cima de outros microônibus. Durante a viagem havia inúmeros mosquitos e pernilongos dentro do microônibus e parecia que estes incomodavam somente a nós. Procuramos matar alguns deles. Vimos inúmeros vilarejos com suas casinhas de barro e palha, seca e pobreza estavam em todo lugar.
 
Nossos companheiros de viagem olhavam para nós e tentavam saber em que língua falávamos. A Melissa não se agüentou e tentou falar com as pessoas, mas elas somente riram. Mesmo assim, tivemos um pequeno contato. Que alegria!!!
 
Depois de três horas de viagem, fizemos uma parada de quinze minutos. Fiquei limpando as bagunças que fizéramos e a Paula desceu com as meninas. Quando desci do microônibus, fui procurá-las, mas não as encontrei. Depois de olhar para todos os lados, eu as encontrei totalmente cercadas pelas pessoas do local que queriam tocá-las, pois estavam surpresas por verem brancos. Sentimos-nos como ETs no meio deles, e a Sabrina, toda risonha.
 
Não conseguimos usar o banheiro porque todos vinham em cima de nós e, também, o banheiro era conforme a cultura africana (explicaremos esse aspecto a você pessoalmente).
 
Algumas senhoras com crianças amarradas às costas vieram ver a Sabrina e as crianças ficaram brincando com ela. Foi difícil voltar ao microônibus devido à multidão ao nosso redor, mas conseguimos. Depois de cinco horas e meia chegamos a Bobo Dioulasso.
 
 
EM BOBO DIOULASSO
 
Fomos recebidos por duas missionárias brasileiras que estavam com a bandeira do Brasil na mão e com um sorriso enorme por nos ver. Antes de descermos do microônibus, nossa janela foi totalmente aberta e um homem tentou pegar a Sabrina do colo da Paula. Ficamos com medo, mas, mesmo assim, ele a pegou e a Sabrina se divertiu muito no colo dele. Para ela, tudo era novo e divertido e, para nós, havia medo e preocupação. Descemos rápido para pegá-la e, em seguida, muitas pessoas ficaram ao nosso redor para nos ver e para levar nossas malas para o táxi e, assim, ganhar algum dinheiro.
 
Andando pelas ruas da cidade, todas as pessoas ficavam admiradas ao nos ver e, quando levantávamos a mão para cumprimentá-las, dezenas de mãos acenavam para nós. Que sorrisos lindos!
 
Este foi somente o relato de nossa viagem do Brasil a Burkina Faso. Muitas coisas ocorreram e, na próxima carta, você receberá inúmeras notícias das novidades que estamos vendo e passando por aqui.
 
Em tudo, agradecemos a Deus que colocou amor em nosso coração por esse povo sofrido e necessitado, pessoas carentes, mas de lindos sorrisos, mesmo em meio a tanta pobreza. Sentimos-nos honrados por Deus por estar nesse lugar. Deus ama a África e colocou um pouco do seu amor a esse povo em nosso coração. Agradecemos por tudo.
 
 
Em nome daquele que nos fez seus novos embaixadores neste lugar, Jesus,
 
 
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

= = =

Burkina Faso, Abril de 2007.
 

Amados companheiros,
 

Mais uma vez, escrevemos para testemunhar o trabalho que fazemos aqui, em parceria com vocês. Graças ao nosso Deus, a obra tem crescido e os frutos têm sido colhidos. Compartilhamos vitórias para que vocês conheçam o fruto de sua intercessão e da contribuição.
 

Meninos de ouro
 

Graças a Deus, os treinos com os meninos da escolinha de futebol têm ido muito bem. Março e abril são meses muito quentes por aqui, mas, mesmo assim, os meninos têm sido fiéis aos treinamentos, que começam às 14h30min (outras pessoas do bairro também precisam usar o campo para treinamento).
 

Fizemos três jogos amistosos e ganhamos os três! Isto deu muita alegria e coragem para os meninos ficarem mais firmes nos treinos, apesar das grandes dificuldades que enfrentamos, como falta de material esportivo.
 

Aconteceu algo que me encheu de alegria. Após um dos treinos, três meninos me procuraram para pedir oração, porque eles iriam participar de um torneio de futebol entre escolas. Eles pediram oração para que ganhassem o jogo e para que um dia fossem jogadores de futebol profissionais. Depois de instruí-los sobre como jogar no torneio, ali mesmo, no campo, eu orei com eles. Fiquei muito emocionado!
 

Eles têm sonhos, e o meu desejo é que o Senhor realize os sonhos deles como jogadores. Também desejo ensiná-los sobre o Senhor Jesus para que, depois, eles ganhem muitos outros jogadores para Cristo. Fico contente ao ver os frutos da escolinha chegando aos pés de Cristo.
 

Com referência à trave que foi roubada, pedi doações aos meninos para comprar uma outra trave. Consegui arrecadar 10% do valor necessário. O Ministério Casa Esperança contribuiu com uma oferta, e conseguimos colocar a nova trave. Já marcamos jogos amistosos e todos estão contentes!
 

Célula evangelística
 

Em todas as quartas-feiras há reuniões para evangelizar os meninos da escolinha e pessoas do bairro. Há uma boa freqüência. Já vemos alguns resultados. Alguns não faltam quase nunca e, quando não vêm, no outro dia comunicam por que faltaram.
 

Theodoro, um dos jogadores, já está indo à igreja. Outro jogador, que entregou sua vida a Jesus na célula, perguntou como deveria agir em relação às reuniões, pois toda a sua família é muçulmana. Nós procuramos orientá-lo com sabedoria para que ele não seja rejeitado por sua família e para que ele continue a vir às reuniões até ter uma experiência real com Jesus. Ele tem sido fiel.
 

Outro menino, Mamadi, perguntou como deveria proceder em suas orações, pois é muçulmano. Ele indagou se poderia orar para Jesus e para Maomé. Nós o ensinamos a orar para Jesus e o acompanhamos de perto. Oramos para que ele tenha uma experiência viva com o Senhor.
 

As reuniões em casa tem sido uma bênção! As pessoas estão entendendo o plano de salvação em Jesus e entregando suas vidas a Ele. Oramos por um meio de levar as pessoas à igreja, pois nossa casa fica distante e nosso carro já vai lotado. Aqui não há ônibus, somente táxi, meio de transporte caro e que não vai até a região da igreja. Orem para Deus nos dê uma estratégia para solucionar este problema.
 

Igreja
 

Há novas pessoas participando dos cultos na igreja. Chama-nos muito a atenção o fato de que, podemos fazer todo o esforço possível, mas quem dá o crescimento para a igreja é somente o Senhor! Ele tem trazido pessoas para as células e para a igreja – e elas estão sendo resgatadas do inferno! Nós trabalhamos e oramos, mas o crescimento é Ele quem dá. Temos que comprar mais cadeiras para receber bem os novos irmãos! Pedimos que vocês orem para que estas pessoas realmente tenham uma experiência maravilhosa com Cristo e fiquem firmes no caminho do Senhor.
 

Casa Refúgio
 

Neste mês, a Casa Refúgio recebeu mais um menino que vivia na rua. Ele se chama Tiago (Jacques, em francês). Ele é muito bonito e sorridente. Ele estava sem abrigo, vivia na rua, pedindo esmolas e andando com os garibus. Ele é o quinto menino que está conosco. Aos poucos, ele será reintegrado à sociedade, deixando de mendigar e mudando a maneira de pensar quem ele é em Deus.
 

Agradecimento
 

Agradecemos a vocês, que fazem parte da obra aqui na África. Nosso trabalho não seria realizado ou completo sem a ajuda de vocês, pois suas orações e contribuições têm chegado até nós e, assim, podemos seguir para o alvo – Cristo anunciado entre as nações!
 

Somos gratos a Deus pelo apoio material, emocional e espiritual que vocês têm nos dado. Que Deus os recompense muitas vezes mais!
 

Embaixadores de Cristo,
 

Pr. Edinho, Paula Melissa e Sabrina 18/04/2007
 
= = =
Burkina Faso, Junho de 2007.
 

Querido irmão,
 

"O Senhor, o seu Deus, o abençoará, em tudo o que você fizer!"
 
Deuteronômio 15:18
 

Igreja
 

Nossa igreja entrou numa campanha de 40 dias de oração e jejum pelo crescimento espiritual dos novos convertidos e pelo fortalecimento dos que seguem a Cristo há mais tempo. A freqüência tem sido boa, a maioria dos membros é bem ativa e participa com muita alegria das programações. Visto que não há muitos atrativos na cidade ou em casa, eles gostam das atividades da igreja.
 

Ore para que Deus nos visite de maneira especial nestes dias. Como líderes, lutamos para ensinar a Palavra para que esta provoque mudança de mentalidade em pessoas que são tão acostumadas à miséria e que não planejam o futuro e nem almejam crescer nas várias áreas da vida. Os burkinabes são estagnados e conformados com o estilo de vida que levam, de muito sofrimento, e não buscam a vida em abundância que Deus pode dar! Estamos aqui para apoiá-los e ajudá-los, mas também oramos para que eles desejem uma vida plena, cheia do Espírito Santo e de realizações. Podemos dizer que a batalha é espiritual, pois este conformismo impede os cristãos de enxergar e aceitar as bênçãos que Deus tem para eles.
 

No último dia 3 fizemos uma homenagem para as mães, por ser Dia das Mães. Entregamos uma lembrançinha para cada mãe e as crianças da escola dominical apresentaram músicas e teatro. O Edinho trouxe uma palavra especial, que muito tocou o coração das mães, pois biblicamente as valorizou. Como na cultura burkinabe a mulher não tem valor como o homem, isto deixou as mães muito lisonjeadas! Lutamos para que as pessoas se vejam como Deus as vê, segundo a Palavra, e a ministração serviu para conscientizar as pessoas sobre a necessidade de se amarem e se aceitarem como são, pois nosso Senhor age assim conosco.
 

História de garibu
 

Na Casa Esperança, onde nossa equipe atende a cerca de 500 crianças semanalmente, sempre escutamos histórias da vida dos burkinabes.
 
Isto acontece por meio de tradução e até por meio de gestos, pois os garibus não falam em francês e há muitas etnias em nosso meio! Em certos dias, há mais de 10 etnias presentes – cada uma com sua língua! Eles gostam de contar suas histórias, às vezes com muitos detalhes, outras vezes com poucos. Eu os escuto na sala de aula, quando estou na alfabetização, e no quintal da Casa, quando estamos nas atividades recreativas.
 
O Edinho conhece melhor os que vão ao terreno baldio para jogar futebol. Ele ouve as histórias deles e, assim, voltamos do trabalho, comentando sobre quão sofrida é a vida destes meninos. Há meninos pequenos, médios e grandes, todos são magros, sujos e maltrapilhos e carregam latinhas para guardar as esmolas que recebem… Se eles não levam o dinheiro que os líderes exigem por dia, correm o risco de apanhar ou de não terem onde dormir… Assim, eles deixam de comer, de comprar água e de se lavarem para juntar a quantidade necessária…
 
Falamos do amor de Deus por eles, mas o islamismo é uma fortaleza. Requerem-se anos de esforço e de amor para que muçulmanos entreguem o coração ao Senhor… Requer-se coragem de quem deixa a fé islâmica para enfrentar a família e a ira do marabu… Assim, seguimos, amando, testemunhando e orando pelos burkinabes!
 
Ore por Mustafá, muçulmano que veio da Mauritânia com cinco anos de idade. Seu tio o deixou largado na rua aqui em Bobo Dioulasso. A Assistência Social o tirou das ruas e o encaminhou a um marabu. Hoje, com 12 anos, ele é escravo do marabu e pede dinheiro na rua como todos os outros, trabalha na colheita e não recebe nenhuma refeição por dia, muito menos roupas e água para tomar banho ou beber. Ele é sozinho, assim como todos os outros. Ele disse que quer deixar o marabu e voltar para a casa dos pais, mas ele nem se lembra do rosto deles! Estamos orando por Mustafá, pois ele tem oportunidade de entrar na Casa Refúgio, onde abrigamos meninos que deixam o islamismo, mas isto deve ser feito com cautela e certeza. Pedimos que você ore por ele, para que Deus abra seu coração e para que ele aceite o Senhor como Salvador e decida enfrentar as conseqüências. Isto é muito sério e, por isso, não forçamos nada, esperamos que as coisas aconteçam no tempo de Deus.
 

Escola Meninos de Ouro
 

O Edinho está feliz e animado com a escola de futebol! Recebemos umas apostilas e uns CDs com muitas dicas para treinar os meninos. Este material foi enviado por um outro missionário, um amigo que trabalha com esporte no Oriente Médio, e trouxe muito ânimo para o Edinho, que já está colocando em prática os ensinamentos! Os garotos têm participado de jogos amistosos quinzenalmente. Estamos felizes, pois, até agora, eles estão invictos! Sabemos que ganhar não é o mais importante, mas, quando se está evangelizando, orando antes dos jogos e falando constantemente de Jesus, a vitória é uma boa ajuda!
 

Vários deles têm vindo à célula de evangelismo aqui em casa, assim também como outras pessoas e ainda outras, que já entregaram a vida a Jesus. Alguns vão com o Edinho aos cultos de sexta-feira à noite. A igreja é longe, e ele os leva de carro. Se não forem assim, não podem ir, pois táxi é uma condução cara e não há ônibus. A escola de futebol está só começando! Sonhamos com estrutura, material e lugar próprio. Tudo isto está diante de Deus em oração. Cremos que no tempo perfeito, Ele nos dará!
 

Férias
 

A partir de 30 de junho, entraremos em nossa segunda quinzena de férias, correspondendo ao primeiro ano de trabalho, e Deus nos presenteou! Vamos viajar, descansar e passear! Pretendemos sair com as crianças e desfrutar o que almejamos para nós como família! Pedimos que você ore especificamente para que Deus nos livre de acidentes e enfermidades e para que aproveitemos os dias para voltarmos renovados para continuar a obra.
 

Por favor, ore:
 
· Pelos 40 dias de jejum e oração da igreja;
 
· Para que o Mustafá entregue sua vida a Jesus;
 
· Para que os meninos da Escola Meninos de Ouro venham a Cristo e por recursos para a escola;
 
· Por nossas sonhadas férias, por livramento e cuidado do Senhor.
 

Louvamos a Deus pela sua vida diariamente! Seu apoio nos sustenta firmes e bem cuidados pelo Senhor aqui no campo! Desejamos que você seja abençoado em tudo o que fizer e que continuemos juntos na causa de Cristo.
 

Para que o mundo creia,
 

Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina (18/06/07)
= = =
Edinho&Paula_agosto07  
Burkina Faso, África, Agosto de 2007.
 

Queridos parceiros ministeriais,
 
Chuva
 
Graças a Deus, a chuva chegou. Quanto ela é preciosa para todos nós aqui na África! Muitas pessoas estão plantando em quintais e em terrenos vazios próximos. Elas plantam milho, amendoim, bissap (flor que produz um suco delicioso) e plantas que servem como tempero para comida. Alguns partem para os campos para plantar em grande quantidade e vender.
 

As pessoas armazenam água de chuva para afazeres domésticos, banho e alimento de animais. As árvores estão lindas e o verde cresce nos terrenos! Nesta época, porém, o mosquito da malária prolifera, e muitas pessoas ficam doentes. A chuva também estraga as ruas, provocando enormes buracos. Por conseguinte, os carros também ficam danificados. Apesar disso, a chuva sempre é bem-vinda!
 

Alfabetização na igreja
 
Em Burkina, 86% da população são analfabetos. Há algum tempo, Deus colocou no coração da Paula o desejo de iniciar um trabalho de alfabetização com as mulheres de nossa igreja, pois muitas falam francês, mas não sabem ler e escrever. Também há mulheres que não falam francês, mas apenas a língua de sua etnia. O desafio é grande e as condições da sala de alfabetização não são as melhores, mas sabemos que os frutos virão no tempo de Deus.
 

Desejamos que essas mulheres aprendam a ler e escrever para que tenham contato com a Palavra de Deus. O curso de alfabetização começará neste mês. Esperamos que o Espírito Santo aja para que essas mulheres aprendam o mais rapidamente possível. Orem conosco!
 

Casa Esperança
 
Devido ao período de chuva, que leva o povo a plantar para sobreviver, muitos meninos da Casa Esperança não têm participado do café da manhã. Cerca de 70% dos meninos estão no campo, trabalhando para seus senhores. Os marabus enviam os meninos aos campos, onde permanecem por volta de três meses, trabalhando debaixo de chuva e sol, sem se alimentarem corretamente, dormindo debaixo de árvores ou em quartos úmidos e fedidos, pegando doenças e passando frio. Quando os meninos voltam dos campos, estão magros e doentes. A situação é revoltante, pois o trabalho é escravo e os pais não fazem nada para reverter o quadro. Mesmo assim, cerca de 100 crianças têm vindo a Casa Esperança diariamente.
 

Temos tido algumas dificuldades para trabalhar com os meninos: a televisão que usávamos para passar vídeos queimou por causa de uma descarga elétrica e a sala que usávamos para cortar cabelo desabou devido às fortes tempestades. A ajuda que recebemos de padrinhos da Casa Esperança diminuiu muito, e precisamos arrumar as coisas quebradas. Orem para que Deus levante pessoas ou igrejas que nos ajudem a continuar o trabalho com os meninos.
 
Meninos de Ouro
 
Graças a Deus, conseguimos algumas bolas de futebol, o que nos ajuda a trabalhar melhor. A freqüência diminuiu um pouco devido às férias escolares, nas quais muitos meninos trabalham com parentes para ajudar nas despesas da casa, e devido ao fato de que alguns meninos estão com malária. Pretendemos comprar remédios para atender os meninos durante os treinos. Neste mês, em parceria com o líder do bairro, organizaremos um torneio de futebol para incentivar os meninos e verificar como eles se comportam em competição.
 

A célula com os meninos do futebol tem sido uma bênção! No mês passado, a Paula falou sobre drogas, cigarros e bebidas e sobre a libertação em Jesus. Todos prestaram atenção, mas, quando ela falou sobre Jesus, alguns se mexeram e não aceitavam. No apelo, porém, alguns aceitaram a Cristo. Com o tempo, certamente veremos mais frutos!
 

Apanhou por ir à igreja
 
Há mais de um ano discipulamos Abibata, jovem de 16 anos. Ela participava ativamente da igreja, orava e lia a Bíblia. Sempre vinha a nossa casa com a mãe, onde Paula a aconselhava. Há três meses, o pai de Abibata, que é muçulmano, passou a impedi-la de ir à igreja (a mãe continua a favor). Abibata orava e lia a Bíblia escondida do pai.
 

No mês passado, Abibata foi à igreja escondida de seu pai e, quando chegou em casa, apanhou e foi amaldiçoada por ele. Sua mãe a protegeu, e também foi amaldiçoada pelo marido. O pai de A Bibata agiu assim porque seu irmão mais velho, que é o líder religioso da família, chamou-o de fracassado e covarde por deixar a filha ir à igreja e virar cristã.
 

Depois disso, Abibata não foi mais à igreja. Ela continua vindo a nossa casa, onde a aconselhamos e oramos com ela. Também a ajudamos nos estudos e na alimentação de sua família. O pai de Abibata fica feliz por ser ajudado em suas necessidades, mas, ao mesmo tempo, fica bravo, pois percebe que sua filha está cada vez mais firme em Jesus. Orem por Abibata e para que seu pai não a impeça de ir a nossa casa e de ouvir o evangelho.
 

Pedidos de oração:
 
·
 
Pela matrícula e pelas mensalidades da escola da Melissa, que começa no próximo mês (R$ 1.350,00);
·
 
Para que tudo dê certo quanto à renovação do nosso visto (próximo mês);
·
 
Por nossa saúde (época de ataques do mosquito de malária).
 
Agradecemos pelo enorme apoio de vocês e por estarem firmes e fielmente abençoando esta nação por meio de nossa vida.
 

Embaixadores de Cristo em Burkina,
 
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
 
= = =
26 de agosto de 2009  Edinho e Paula_Agosto.2009
 
Bobo Dioulasso - Burkina Faso, agosto de 2009.
Queridos parceiros de ministério,
Mais uma vez, compartilhamos com vocês o agir de Deus no meio do povo burkinense. Somos muito felizes por sermos apenas instrumentos de Deus para servir e abençoar a este povo querido! Esta carta está marcada por eventos que glorificam a Deus, como Encontro de Casais, EBF e a final do Torneio de Futebol. Uuuuffffaaaaa...
Encontro de Casais
Em julho, realizamos o nosso 1° Encontro de Casais com o seguinte tema: A importância da comunicação no casamento. Esse assunto foi escolhido porque percebemos a falta de diálogo dos casais da nossa igreja. Sabemos que o diálogo é fundamental em todas as áreas da família: financeira, espiritual, material, sexual, de planejamento familiar etc. Se não há uma boa comunicação entre a família, pode haver problemas de relacionamento e, assim, brigas se tornam constantes.
Mais de 20 casais participaram do encontro. Passamos o dia juntos. Tomamos café e almoçamos em clima de romance. Promovemos algumas dinâmicas para que eles se sentissem mais soltos. Os cônjuges sentaram lado a lado durante as palestras (segundo o costume das igrejas daqui, os homens sentam de um lado da igreja, e as mulheres do outro). A palestra foi ministrada pelo casal de missionários Mamadou e Rejane e por nós. Procuramos falar sobre os seguintes subtemas: uma só carne, perdão, papéis de cada um da família no casamento e fazer tudo em acordo.
Percebemos que os casais foram bem edificados na Palavra de Deus. No final, vários deles agradeceram pelos estudos e disseram que o tema escolhido é muito importante para ser tratado nas igrejas, pois ninguém fala sobre casamento nos púlpitos. Provavelmente, nossa igreja foi a primeira a falar sobre esse assunto aqui em Bobo Dioulasso, e já sabemos que precisamos fazer outro encontro logo!
Escola Bíblica de Férias
Realizamos nossa Escola Bíblica de Férias, e foi uma alegria geral! Foram dois dias de muita bênção do Senhor para a garotada. No primeiro dia, 80 crianças participaram e, no segundo dia, 150! Depois, as 150 crianças também foram à escola dominical. Aleluia! A programação foi bem recheada com louvores, histórias bíblicas, fantoches, danças e gincanas. Compartilhamos o Livro Sem Palavras, e muitas crianças compreenderam a mensagem do evangelho e abriram o coraçãozinho para Jesus.
Esse trabalho só foi possível porque hoje temos uma equipe de nacionais que tem sido treinada pela Paula para ministrar para crianças. Eles são novos convertidos na fé, mas a maioria tem muito desejo de servir na obra do Senhor e, por isso, o resultado foi excelente! Deus seja louvado! Orem por essa equipe, para que cresçam no conhecimento de Jesus e tenham o caráter moldado a cada dia pelo Senhor. Que a equipe continue firme em amar e servir às crianças com seus dons e talentos.
Torneio de Futebol
Do início de julho até o meio de agosto, organizamos um torneio de futebol para encorajar os meninos que amam esse esporte. Alguns meninos de vários bairros vieram participar, e os torcedores eram em bom número. Graças à ajuda de várias pessoas do Brasil e também daqui de Burkina, pudemos organizar um torneio muito bom e demos excelentes prêmios às equipes e aos jogadores: bolas, camisetas, medalhas, troféus e uma pequena quantia de dinheiro.
Nossa equipe, Meninos de Ouro, se classificou para a final! Muitas pessoas vieram assistir ao último jogo, inclusive o subprefeito, que nos ajudou no torneio, e muitos outros amigos e irmãos. Colocamos caixas de som para convidar as pessoas, e o jogo foi narrado no local. Foram entregues alguns livrinhos evangélicos aos torcedores e em todo o tempo foram colocadas músicas evangélicas, anunciando a Palavra de Deus para abençoar a todos os ouvintes. O missionário Mamadou deu uma palavra de encorajamento aos jogadores e orou pela final.
Antes do jogo, compartilhei Isaías 40:29-31 com os meninos, e oramos com fé. Nossa equipe era a única que orava dentro do campo durante o torneio, e Deus ouviu nossas orações! Pedi a Deus vitória para os meninos, mas, se esta não viesse, também iríamos agradecer a Deus. Nós ganhamos o jogo de 2 a 0! Alguns dos nossos jogadores receberam os prêmios de melhor jogador, melhor artilheiro e melhor goleiro. Também foram entregues todos os prêmios mencionados acima.
O subprefeito ficou admirado com as taças e medalhas dadas aos meninos. Ainda mais impressionado ficou quando soube que estas ficarão com os vencedores, pois, quando ele organiza um torneio, recebe de volta a taça dada à equipe vencedora depois de um mês para que esta seja usada no torneio do próximo ano, e ele nunca dá medalhas.
Louvamos a Deus, pois Ele sempre tem o melhor para os que O servem! Todos os meninos irão a nossa igreja para agradecer a Deus pela vitória. Muitos deles são muçulmanos, mas a Palavra está sendo anunciada, e sabemos que no tempo de Deus as sementes germinarão. Faremos uma festinha comemorativa pela vitória do torneio e também pelo terceiro ano da escolinha Meninos de Ouro.
Agradecemos por vocês orarem e contribuírem para o torneio de futebol. Deus foi glorificado e os meninos e o bairro ficaram muito felizes! O apoio de vocês foi e é fundamental para que a obra de Deus continue na plena bênção aqui em Burkina.
Pedidos de oração:
" Desde o início do ano, tem havido uma caída em nossas entradas mensais, e pedimos para que o Senhor abençoe nossos mantenedores para que tenham o suficiente para continuar a nos ajudar;
" No próximo mês começam a aulas, e precisamos de um milagre de Deus para pagar a escola das meninas;
" Herbert e Eliete, casal da Missão Antioquia, virão a Burkina para nos ajudar nos projetos, orem para que eles façam uma boa viagem e se adaptem bem aqui.
Agradecemos pelo enorme apoio e pela confiança de vocês em nosso ministério. Sigamos firmes na vocação que o Senhor confiou a vocês e a nós. Servir ao Senhor é maravilhoso!
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina
= =


Burkina Faso, setembro de 2009.
Queridos irmãos,
"...o Senhor liberta os encarcerados, o Senhor abre os olhos aos cegos...".Sl 146:7b,8a
RamadãDe 22 de agosto a 22 de setembro é comemorado o mês do Ramadã, o jejum de 30 dias dos muçulmanos. Aqui em Burkina, o jejum começa as 5h30, quando é feita a primeira oração do dia, e vai até às 18h, ou 19h para outros, horário da última oração do dia. Os muçulmanos se levantam por volta das 4h e comem bastante até às 5h. Depois, oram e ficam até às 18h sem beber água e sem comer. Muitos nem engolem a saliva - cospem o tempo todo na rua, no comércio e nas casas.Na Casa Esperança, os meninos garibus também cospem o tempo todo e, como eles são muitos, nós acabamos pisando em seus cuspes no quintal da casa. Os alunos de alfabetização da Paula, que ficam em uma sala de 4m x 4m, saem o tempo todo para cuspir ou cospem pela janela - algo horrível! A Paula fala para eles pararem, mas eles não param, pois consideram que se engolirem a saliva quebram o jejum.Os meninos da escolinha de futebol vão ao treino e fazem todos os trabalhos físicos e táticos. Eles se cansam bastante, mas não bebem água durante o treino, somente depois das 18h. Mesmo em jejum, eles vão aos treinos regularmente. Eles são muito fortes fisicamente, mesmo os que são bem magros têm uma resistência incrível.Nas ruas, vemos policias que procuram infrações dos motoristas para pegarem dinheiro de subornos para fazer a grande festa do Ramadã, que será em 22 ou 23 de setembro, dependendo da lua.Nossa oração é que, durante esse tempo, os muçulmanos tenham revelações (sonhos e visões) e ouçam a voz de Jesus, pois assim podem se converter mais facilmente. Orem para que o Senhor abra os olhos e liberte essas pessoas, que estão encarceradas nas mãos do Diabo. Que o Senhor reine no meio deste povo!
Culto de ações de graça e festa
Em 15 de agosto, a Escolinha de Futebol Meninos de Ouro completou três anos. A alegria foi completa porque, além de comemorarmos o aniversário, ganhamos o torneio de futebol que organizamos (vocês souberam disso pela carta informativa do mês passado).Devido a esses dois eventos, realizamos um culto de ações de graça e uma festinha para os meninos na nossa célula de oração. Graças à ajuda de alguns irmãos, compramos um novo jogo de camisa de futebol, um balde grande para colocar água para os meninos beberem, algumas medalha e camisetas e shorts para treino.Os meninos ficaram muito felizes com tudo, mas, depois que receberam um bom prato de comida e um refrigerante, a alegria deles explodiu em sorrisos e aplausos! Aqui, nenhum presente é melhor do que um prato de comida, pois, segundo o pensamento africano, a comida é mais valiosa do que as outras coisas.A Paula fez um vídeo muito bom da atuação dos meninos durante o torneio, e nós o mostramos a eles. Eles também viram algumas fotos e - o principal - ouviram a Palavra de Deus. Durante a reunião, alguns meninos saíram para ir à mesquita orar e entregar o jejum que faziam neste mês (Ramadã).
Ficamos tristes por isso, mas sabemos que estamos plantando a Palavra de Deus na vida desses meninos e que no tempo do Senhor eles terão uma experiência viva com o nosso salvador Jesus.
Pagamento de dote
Comentamos na carta de julho sobre um casal da nossa igreja, Landry e Rolanda, que havia se separado, e sobre o fato de que Deus tem nos usado para uni-los e auxiliá-los no casamento. Depois que eles se reconciliaram, Landry decidiu casar-se corretamente com Rolanda no civil e no religioso e ir até o vilage e pagar o dote, pois não havia pagado. Começamos a dar estudos próprios para casais a eles uma vez por semana, e Deus tem restaurado muito a vida deles! Devido a isso, outro casal da igreja também quer estudar sobre o assunto e também quer se casar corretamente. Aleluia!Em 30 de agosto, Landry foi ao vilage para pagar o dote exigido pela família de sua esposa. Eles pediram: 60 litros de dolo (bebida alcoólica, tipo cachaça), uma cabra, três galos, cinco galinhas e algumas date (pequena fruta típica da região). Um parente mais velho de sua família o acompanhou ao vilage. Landry não teve direito de falar nada aos chefes e à família do vilage, somente ouviu os conselhos deles e pagou o dote. Esse é o costume aqui, apesar de que o dote difere entre as etnias - cada etnia pede coisas diferentes como pagamento de dote.O casamento de Landry e Rolanda está marcado para 31 de outubro. Estamos muito felizes com o agir de Deus na restauração desse casal! Sabemos que eles são exemplo para os demais casados, pois houve perdão, restauração e conserto na vida do casal em relação à lei dos homens e à lei de Deus. O Senhor seja louvado!
Agradecimentos:
" Pela contribuição de alguns irmãos, o que nos ajudou a fazer a festa dos meninos da escolinha de futebol (Deus os recompense muito mais);
" Pela ajuda que recebemos para pagar a primeira parcela da escola da Melissa e da Sabrina (o valor era muito alto, e Deus o proveu por pessoas que acreditam em nosso ministério e nos apóiam em tudo, às quais agradecemos muito);
" Pela ajuda que temos recebido para pagar um plano de saúde internacional que é necessário para morarmos na África (graças à visão missionária de irmãos queridos, conseguimos uma parte do valor, e oramos pelo restante, que sabemos que Deus nos enviará);
" Pelos irmãos e igrejas que intercedem, contribuem e nos mandam e-mails, presentinhos, fotos, cartas escritas à mão pelo correio e outras coisas (agradecemos por esse apoio, pois tudo isso nos fortalece e nos encoraja a continuarmos firmes na obra à qual o Senhor nos chamou).
Um ósculo santo a todos os queridos.
Em nome do Senhor das nações,
Pr. Edinho, Paula, Melissa e Sabrina

 xxz
Ps. Faça sua oferta missionária utilizando o boleto bancário. Caso não o possua, entre em contato conosco: maladireta_ma@uol.com.br, ou pelo telefone (11) 4136 1272. Se você deseja receber suas cartas de oração por e-mail, especifique o nome do missionário e envie seu endereço eletrônico para cartas-antioquia@uol.com.br

Herbert e Eliete Aranibar _ 25/01/2010 Somos missionários da MA.
Amados somos missionários da Missão Antioquia, trabalhamos em Burkina Faso, Africa. visite nosso blog. Obrigado. Família Aranibar Bradesco Ag. 0527-4 C/C 0049605-7 http://herberteliete.blogspot.com


Ricardo Nascimento_ 20 May 2006  Ouagadougou maio de 2006
 
 
Amados companheiros de ministérios graça e paz sejam multiplicadas!
 
Segue em anexos algumas fotos do trabalho de evangelismo no interior que por sinal foi muito dificil mas de grande proveito. Foram 3 dias aonde nao existe nada de atraente; exclusivamente nada mas ,no decorrer do evangelismo ao pé da montanha pois esse vilarejo fica num vale seco; descobrir que Deus estav fazendo um avivamento no meio do nada pois foram 34 decisões para seguir Jesus como Senhor e Salvador.
Primeiro dia - chegamos com o material de evangelismo e projeçao de filme tudo isso por gerador pois la como nao tem nada nao é de admirar que nao tenha eletricidade.Foram feitos convites através do som e a noite muitas pessoas vinheram assistiram o culto e viram o filme Jesus.
Segundo dia -saimos pela manhã para o evangelismo e foram divididos em equipes pra encontramos naquele vale as concessões(local onde moram duas ou três familias) visitamos e explicamos o plano de salvaçao através de figuras e os convidamos para o trabalho da noite; nao foi dificil eeles irem pois la nao tem nada de atrativo. A Noite começa programação e as cançoes em louvor a Deus foram entoados e um dado momento do louvor as pessoas se levantaram como um furacão para junto da equipe de louvor dançando e adorando a Deus foi magnifico! Foi como a experiência do filme "EE TAOW". teve pregação, teatro filme sobre perserverança no caminho do Senhor e for fim eles não pararam amanhecerem o dia louvando a Deus! O que vi no meio desse nada foi Deus chamando um povo para adora-lo isso eu vi bem!
Terceiro dia -foi o culto dominical que posso dizer foi uma expressao de contetamento.Resultado disso tudo 34 pessoas salvas.Louvado seja Deus!
 
As fotos da pascoa mostra o trabalho que fizemos com os alunos do projeto de alfabetização e seus pais e convidados. Falei da importância da pascoa o porquê? Falei do projeto objetivo e continuaação. A Participação dos alunos foi a melhor parte eles entoaram hinos de louvor e adoraçao a Jesus Cristo como unico caminho que leva a Deus, foi lindo!(Lembre que Jesus Cristo é negado ou não é conhecido no meio Islamico). Por final lanchamos e assistimos um filme evangelistico. A semente esta sendo plantada e regada atreavés da oração e creio que Deus enviara obreiros pra colher os frutos.
 
Amados fico contentee agradecido pela sua participação nesse ministério e aprovbe a Deus continuar usando vossas vidas para nos sustentar na obra missionaria que as ricas bênção do Senhor sejam multipicadas.
Fiquem na graça do Senhor
Ricardo

. . . . . . . . . . . .

fotos do Miss. Ricardo da  Missão Horizontes, ele está evangelizando o povo de Burkina Fasso, Norte da África.
 
Intercedamos por ele.
Lenita Juliana _ God bless you! 20/05/06

Pr e Miss:Jefferson garcia _ 04/03/2007 GRaça e paz; Gostaria de saber mais sobre o trablaho de vcs. Estou indo para a Africa no mes de maio como missionario.Mas estarei no oeste no país de Burkina fasso. Fico no aguardo
 
Esta carta foi enviada apenas para os mantenedores de Nildo e Paula,
Nós a estamos repassando devido a extrema urgência de intercessão
Pr. Sanches
 
 
 
 
From: nildobranco@hotmail.com : precisamos de um milagre
  8 Feb 2009 
MEUS AMADOS  E QUERIDOS  IRMAOS EM CRISTO JESUS .
AQUI ESTAMOS NOS COMO SOLDADOS DE CRISTO E COMO IGREJA DO SENHOR
ESTOU ESCREVENDO ESSA CARTA PARA NOTIFICA-LOS O MOMENTO TAO DIFICIL QUE ESTAMOS PASSANDO AQUI NESSE PAIS TAO MARAVILHOSO; E NECESSITADO DA PALAVRA DE DEUS. (SENEGAL)
TENHO TANTAS COISAS PARA VOS DIZER EM RELACAO  AO QUE DEUS ESTA REALIZANDO AQUI NA VILA  ONDE VIVEMOS . DEUS ESTA SALVANDO CURANDO E LIBERTANDO.
MAS ESSE IMAIL QUE VOS ENVIO NESSE MOMENTO . E UM PEDIDO DE  ORACAO  .
POIS NO MES PASSADO TIVE ENFERMO COM FEBRE TIFOIDE. JA ESTOU CURADO  E CHEIO DE FORCAS DADO PELO SENHOR JESUS, MAS  HA DUAS SEMANAS ATRAS, MINHA ESPOSA FOI INFECTADA POR UM VIRUS  NA GARGANTA, E NAO PERMITINDO ELA FALAR E NEM SE ALIMENTAR.  ENTAO O DOUTOR DA VILA  DEU ANTIBIOTICOS PARA TIRAR A INFLAMACAO E  DEPOIS ELE FALOU QUE TINHA UMA PEQUENA GRANGUENA E PRECISARIA REALIZAR UMA DRENAGE .
VIMOS QUE ERA MELHOR PARTIR PARA CAPITAL  QUINTA FEIRA DIA 05 .
QUANDO CHEGAMOS JA CORREMOS PARA BUSCAR UM OTORRINO, ELE APLICOU NELA UM REMEDIO PARA DOR  E UNS ANTIBIOTICOS PARA TOMAR EM CASA, MAS O ANTIBIOTICO CAUSOU UMA HEMORRAGIA  MUITO SERIA E MINHA ESPOSA COMECOU A VOMITAR SOMENTE SANGUE, PERDENDO MUITO SANGUE MESMO. CORREMOS PARA OUTRO HOSPITAL PUBLICO E FOMOS ATENDIDOS COM EMERGENCIA .
ELA DESMAIOU E NAO RESPONDIA MAIS.  FICOU MUITO FRIA, OS DOUTORES ME FALARAM QUE ELA TINHA UMA NECESSIDADE MUITO GRANDE DE RECEBER SANGUE OU SEJA UMA TRANSFUSAO DE SANGUE DE ALTA EMERGENCIA.
LOGO DEI A AUTORIZACA, O SANGUE CHEGOU RAPIDO E LOGO COMECARAM A TRANSFUSAO DE SANGUE.
EU ESTOU ESCREVENDO ESSA CARTA MUITO RAPIDO POIS ELA ESTA NO HOSPITAL INTERNADA E RECEBENDO SORO E MEDICAMENTOS PELA VEIA.
FIZERAO MUITOS EXAMES E RX  DELA.
E SEGUNDA-FEIRA (HOJE) ELA ESTARA PASSANDO POR UMA CIRURGIA  RETIRANDO AS AMIGDALAS E UMA MASSA DE DENTRO DA BUCA DELA QUE  NEM O DOUTOR SABE COMO SE FORMOU ESSA MASSA DENTRO DA BOCA DELA.
MEUS QUERIDO ESCREVO EESA CARTA  COM MEU CORACAO MUITO  APERTADO E  COM LAGIMAS POIS  VI MINHA ESPOSA  QUASE PARTINDO PARA O SENHOR  NOS MEUS BRACOS. MAS DEUS NAO PERMITIU POIS AS PROMESSAS DE DEUS SAO INFALIVES .
CONFESSO QUE ESTAMOS PASSANDO OU PELO FOGO OU PELAS AGUAS MAS UMA COISA E CERTA DEUS ESTA CONOSCO. 
OS MISSIONARIOS AQUI ESTAO COM MEUS FILHOS ELES ESTAO MUITO BEM .
OLHA MEUS QUERIDOS QUERO FAZER UM GRANDE PEDIDO PARA OS AMADOS .
AGRADECO MUITO POR DEUS TER COLOCADO A CADA UM DE VCS PARA SEGURAR ESSA CORDA  ORANDO E CONTRIBUINDO. OS DOUTORES ME PEDIRAM  MUITOS ANTIBIOTICOS E ANTIFLAMATORIOS.    MEUS AMADOS USAMOS NOSSO SUSTENTO  PARA ESSE MOMENTO TAO DIFICIL EM NOSSO MINISTERIO ,
OS REMEDIOS SAO CAROS  E USEI ATE AGORA QUASE 1.000.00,  FORA  A CIRURGIA E A INTERNACAO QUE NAO SEI OS VALORES AINDA.
 ME DESCULPA POR PEDIR ESSA AJUDA TAO DIRETO , NAO ESTOU CONSEGUINDO ESCREVER TAO BEM NESSE MOMENTO, PEÇO QUE OS AMADOS NOS AJUDEM COM UMA OFERTA DE EMERGENCIA  PARA ESSES GASTOS.
ESTEJAM ORANDO PELA MINHA FAMILIA POIS TEMOS SOFRIDO MUITOS ATAQUES DO NOSSO ADVERSSARIO PARA NOS TENTAR PARAR, MAS E AGORA QUE VAMOS CONTINUAR  POIS OPERANDO DEUS , QUEM QUEM EMPEDIRA?
 
UMA COISA E CERTA QUERIDOS OS MILAGRES QUE DEUS ESTA REALIZANDO, SÃO MUITO MAIORES QUE AS LUTAS QUE ESTAMOS ENFRENTANDO. POIS SABEMOS QUE JESUS JA NOS DEUS A VITORIA.
- - -
De: nildo branco  _ 9 de fevereiro de 2009  : missionaria Paula
 
A PAZ QUERIDO PASTOR SANCHES AGRADECEMOS MUITO AOS AMADOS,
MAS QUERO ESCLARECER QUE QUEM ESTA DOENTE E UMA AMIGA MUITO QUERIDA  MISSIONARIA QUE ESTA EM BURKINA FASSO,
ESTIVE REPASSANDO O EMAIL DELES PARA VARIOS  AMIGOS, POR ERRO MEU SOMENTE REPASSEI E ESQUECI DE IDENTIFICAR O EMAIL COMO SENDO DELES.
DESDE JA PEÇO DESCULPAS ESTAREI ENVIANDO O EMAIL DELES PARA O PASTOR ESTAR ENTRANDO EM CONTATO COM ELES.
miss.ANA PAULA.

AQUI ESTA O EMAIL DE NOSSOS AMIGOS EM BURKINA FASSO.
DESCULPEM QUALQUER MAL ENTENDIDO.
AGRADECEMOS PELA PREOCUPAÇAO DOS AMADOS.
-----
 Daniele Cavalcante _ 10 de fevereiro de 2009 
PASTOR  A PAZ NO SENHOR JESUS
AQUI E O MISSIONARIO  JOSINALDO  AMIGO DO MISS. NILDO
A MINHA ESPOSA QUE SOFREU ESSA ENFERMIDADE E  ELA  JA OPEROU E ESTA EM OBSERVACAO
 OLHA MEU QUERIDO E AMADO PASTOR
O NILDO ME PEDIU PARA ENVIAR O NUMERO DA MINHA CONTA E  BRADESCO AGENCIA 1020 POUPANCA 7072-6
PASTOR E FAMILIA QUERO MUITO AGRADECER POR TUDO OLHA EU ESTOU ESCREVENDO ESSE IMAIL MMUITO RAPIDO POIS TENHO QUE VOLTAR LOGO PARA O HOSPITAL
  SEMANA QUE VEM QUERO TE ENVIAR UMA FOTO DA MINHA FAMILIA
 E UMA CARTA DE AGRADECIMENTO (Repassaremos A TODOS ASSIM QUE RECEBERMOS)
 

-----
Aos que tem orado pela missionária DANI como se fosse a Paula, fiquem certos de que Deus sabe acerca de quem nos referíamos em nossa oração e está agindo em Burkina Faso, como o Jeová-Rafá, sobre a vida da miss.Dani.
Louvado seja,
Salam
Pr. Sanches


Josinaldo Dorte Cavalcante _ telefone: 00 21 226 70889330
endereço: BP193  Djibo
Burkina Faso  afrique de l´auest
11 de fevereiro de 2009 o: O MILAGRE ACONTECEU
 
SAHEL AFRICANO
BURKINA FASO 11 DE FEVEREIRO DE 2009
 
 
 
O MILAGRE ACONTECEU,
 
 
CONTRA QUEM REALMENTE LUTAMOS?
´´Por que não temos que lutar contra carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.`` Efésios 6:12
 
Querida igreja, irmãos em Cristo Jesus, A Paz do Senhor!
A palavra do Senhor nos exorta constantemente a estarmos vigilantes contra o nosso adversário. Muitas vezes, na rotina do dia-dia, nos esquecemos que estamos sendo alvos do nosso inimigo. Ele tenta de todos os meios nos entristecer, atacar, desanimar, nos fazer parar. Mas sejamos fortes, pois  maior é o que está em nós. A palavra de Deus nos garante a vitória. Devemos sempre lembrar contra quem realmente lutamos, mas nunca esquecer que quem luta por nós já venceu a batalha! Somos vitoriosos, ainda que atribulados, mas não angustiados, perplexo mas não desanimados, perseguidos mas não desamparados, abatidos mas não destruídos. Porque andamos por fé, e não por vista. Ao único Deus seja dada glória por Jesus Cristo, e que a nossa perseverança glorifique o nome do Senhor, que é sempre fiel.
 
Noticias :
 
Louvamos ao senhor que até aqui tem nos sustentado. O mês de janeiro e esse começo de fevereiro,   foi para nós um mês de provações, pois já na primeira semana de janeiro eu tive febre tifóide, para nossa família foi muito difícil, pois estávamos na capital e ficamos impossibilitados de retornar ao vilage. Foram duas semanas que eu estive doente, uma semana após minha recuperação, minha esposa ficou doente, com abscesso na garganta, algo parecido com o que eu tive no Brasil. Na primeira semana de sua enfermidade ela ficou 4 dias sem poder falar, comendo bebendo com muito dificuldade. , devido a isso, tivemos que partir para a capital para vermos o que estava acontecendo na verdade, foi quando um doutor aqui na capital nos falou que ela estava como um abscesso ao lado das amidalas,como ela estava com muita dor ele deu uma injeção antiflamatorio, e nos mandou tomar outro antibiótico em casa, após ela ter tomado o antibiótico ,se passou uma hora ela começou a vomitar muito sangue pela boca , mas era muito sangue que me assustou ,então corremos para o mesmo hospital mas eles não sabiam o que fazer, então transferiu ela para um outro hospital , ai então se começou a agravar o problema pois os médicos não conseguiam parar o sangue, ela desmaiou começou a ficar muito gelada e pálida ,nesse momento eu já estava em uma cadeira de rodas com pressão baixa , eu não sentia minhas pernas , mas  logo fiquei bem.,minha esposa estava sem oxigênio e  como o hospital estava super cheio não tinha vagas , mas Deus estava no controle de tudo Deus estava ali vendo tudo.
Deus enviou uma comitiva de enfermeiros para  cuidar da minha esposa fora os doutores que chegaram , e logo colocaram ela no oxigênio ,então ela de pouco em pouco foi voltando a conciencia .aplicaram muitos medicamentos nela ,como ela tinha perdido muito sangue, o doutor me chamou e me disse que ela precisava urgentemente de passar por uma transfusão de sangue ,eu tremia muito mas seu não estava com medo pois eu sabia que o NOSSO SENHOR JESUS ESTAVA CONOSCO, POIS ELE UM DIA NOS DISSE SE VOCES PASSEREM PELO FOGO EU ,EU PASSO COM  VOCES , SE PELAS AGUAS EU ESTOU ALI DO MESMO JEITO,ALELUIA GLORIAS AO NOSSO ETERNO DEUS.
Então como eu estava confiante ao nosso DEUS ,eu falei para o Doutor trazer o sangue  O+
Orei na bolsa de sangue agradeci a Deus então começarão a tranfusao  na madrugada  .
 De  meia noite de quinta-feira   há segunda , ela ficou no soro e antibioticos ,  ela então foi para a sala de sirurgia, , Irmãos dentro da sala estava uma comitiva de doutores e enfermeiros, mesmo esse hospital sendo publico, nada e grátis ,tudo é pago sendo assim se o paciente não tiver condições , ele não é atentido  ou o tratamento para.
Vi pessoas morrem a noite  por falta de  medicamentos ,pois os médicos  me davam a cada meia hora uma receita eu tinha que sair do hospital para comprar, ou comprar dentro do hospital ,ela saiu da cirurgia  e graças ao nosso Deus, foi um sucesso a cirurgia.
Tiraram as amídalas e uma massa estranha da boca dela e foi levado para analise,dia 18 saira o resultado  dessa massa estranha, ela ficou mas um dia no hospital para observação, e hoje dia 11 ela esta aqui em casa muito feliz  ,não podendo falar, mas chupando muito sorvete  rsrrrrsrsrs.
Irmãos Deus na semana passada nos avisou que o diabo estava furioso conosco, o senhor nos deu sonho , um pastor do Brasil, nos ligou falando de uma visão que Deus deu para ele sobre nos e era um grande ataque de satanás, pois aqui ele já falou para uma missionária que aqui e fortaleza dele  e ele faria com cada um o que ele sempre fez, mandar devolta para seu pais, sabemos o que DEUS nos diz a esse respeito :AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERAM,CONTRA A MINHA IGREJA,  OPERANDO O SENHOR ,QUEM EMPEDIRA????? NADA E NINGUEM.
Sabemos que um soldado  em uma guerra, ele tem marcas ,mas ele não retrocede por causa do inimigo.
Em tudo isso vemos os ataques claramente do inimigo para nos tentar parar. Mas graças damos ao nosso bom Deus que tem nos sustentado, e sustentado essa obra. Estamos orando e sabemos que já somo vitoriosos. Com alegria apresentamos O casal Rama e Abigail, eles são songhais cristãos e o Senhor esse mês de janeiro nos deu esse casal para estar nos ajudando na evangelização em Nasoumbou. Eles já tem sido para nós uma benção  já estão trabalhando conosco, e esse mês muito nos ajudou  nesse período, pois estiveram presentes em oração, e já fizemos  visitas a Nassoumbou juntos. Os trabalhos não pararam. Os projetos das escolas seguem firmes com o café da manha para as 550 crianças sendo uma escola com 350 e outra com 200 criancas e tem sido uma bençao  amados estejam conosco nesses projetos pois são crianças que  partiam para a escola sem nada no estomago ,mas louvado seja o nome do nosso Deus hoje elas tem esse café da manha .
Em Nasoumbou tribu dos Songhais,estamos  orando e evangelizando o vilage ,e esta uma grande bençao ,pois vemos Deus operando maravilhas na vida dessas pessoas.
Estou enviando uma foto do casal que esta trabalhando conosco  .
 
 
Pedido de oração:
-Pedimos muita cobertura de oração por nossas vidas, e agora pela vida do Ramã e Abigail. Nassoumbou é um vilage conhecido como um vilage de feiticeiros, e todos eles sabem que estamos evangelizando
-por todos os missionários aqui em Burkina Fasso
-pelos projetos, e por mantenedores para esses projetos
-pelas vidas sedentas de ouvir o evangelho nesse lugar. Que o Senhor nos de cada dia condição espiritual, física e material
-para o Senhor estar levantando mais mantenedores, e intercessores para esta causa.
 
AGRADECIMENTOS
NESSE MOMENTO ,QUERO DE TODO MEU CORAÇAO EXPRESSAR COM MUITA GRATIDAO AOS AMADOS MISSIONARIOS , PASTORES, AMIGOS A FAMILIARES, MANTENEDORES E INTERCESSORES  E MESMO IRMAOS QUE EU AINDA NÃO TIVE A OPORTUNIDADE DE CONHECER  ,MAS FORAM NOTIFICADOS POR OUTROS MISSIONARIOS E ESTIVERAM ORANDO SEM CESSAR POR MINHA ESPOSA ,IRMAOS DOS PAISES FRANÇA, NIGER ,MALI, ESTADOS UNIDOS, SENEGAL, AOS AMADOS DAQUI DE BURKINA FASO , ONTEM UM PASTOR DO BRASIL ME LIGOU, E ME DISSE QUE SUA IGREJA ORARAM 24 HORAS DIRETO POR MINHA ESPOSA , COMO AGRADECER AOS AMADOS TAO QUERIDOS DA MINHA TAO QUERIDA NAÇAO BRASIL, IRMAOS  E QUERIDOS PASTORES QUE ESTIVERAM MOBILIZANDO SUAS IGREJAS PARA ESTAREM LEVANTANDO UM GRANDE CLAMOR  E ATE MESMO LEVANTANDO OFERTA DE AMOR PARA NOS APOIAR NOS GASTOS HOSPITALAR  E NA RECUPERAÇAO TOTAL DA SAUDE DA MINHA QUERIDA E AMADA ESPOSA, SAIBAM AMADOS QUE  SOMOS GRATO A DEUS POR SUAS VIDAS EM TODO MOMENTO .
 
= = =
 
BURKINA FASO 12 DE MARÇO DE 2009
 
``Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.´´ Rm 8 :18
 
Queridos irmãos em Cristo Jesus, que a paz do nosso Senhor e salvador transborde em vossos corações ao ler esta , testificando a certeza de que não somos deste mundo, e não está aqui a nossa herança, mas temos um lugar ao lado do nosso Pai celeste preparado especificamente para nós, para todos aqueles que vencerem, que não negarem o seu nome. À todos que permanecerem fiéis , e suportarem com alegria e convicção as marcas de Jesus, não tendo por precioso a nossa própria vida, mas o evangelho de Cristo. É com esta  certeza e alegria que hoje  escrevemos aos amados, sabendo que nada do que sofremos, nada do que passamos, nada do que fizermos, poderá se comparar ao que Cristo fez por nós. Nada  pode ser comparado com que ele está preparando para nós! A presença do Espírito Santo de Deus em nossas vidas testifica isso todos os dias, nos levando a adorá-lo. Desejamos que o mesmo esteja acontecendo com os amados irmãos em todo o mundo. Vivemos tempos dificieis, mas maior  é o que esta em nós do que o que esta no mundo. Lutemos com alegria o bom combate de Cristo, sem desanimar ou olhar para trás, pois a nossa recompensa esta no céu onde  a traça e o ferrugem não pode corroer, onde o ladrão não pode roubar.
NOTICIAS
NORTE DA AFRICA  --SAHEL AFRICANO
 
Com alegria compartilhamos com os amados que ontem dia 11 de março comemoramos um ano aqui  na áfrica.
 
Para fortalecimento da nossa e vossa fé, testificamos que  apesar das provações  neste começo de ano (entra elas a cirurgia de emergência que sofri), o operar de Deus foi maior em nossas vidas e na vida dos nossos amigos africanos. Nesse período não tivemos a oportunidade de compartilhar com os amados o que Deus estava operando, mas hoje com alegria queremos contar:
 
Quando fui cortar meu cabelo, o cabeleireiro amigo meu, mulçumano, estava  com uma enfermidade no joelho (hidrocele) e estava sentindo muito dor. Testemunhei do amor de Jesus para ele e disse que se ele permitisse que eu orasse em nome de Jesus, ele mesmo poderia testificar o poder de Deus através do seu filho. Mesmo sendo mulçumano ele permitiu que eu fizesse a oração e para gloria de Deus, no outro dia ele estava  curado, ele mesmo  com sua boca  testificou que foi através da oração. Aleluia!  Hoje temos uma grande amizade e liberdade para compartilhar o evangelho e ele já esta lendo a Bíblia. Pedimos para os amados estar orando por ele.
 
Esta semana estamos voltando para o vilage em nome de Jesus, onde retornaremos com a preparação teológica ao casal de nativos, preparando-os para estar conosco no vilage de Nassoumbou. Cremos que Deus esta fazendo grande coisas.
 
Faz dois dias um  jovem amigo mulçumano veio até nós e nos disse que estava muito impactado com as palavras que dissemos sobre Jesus, e estava sentindo algo diferente em sua vida. Dei uma bíblia para ele e alguns livretos evangelisticos. Ele tem se mostrado muito interessado, creio que os amados já estão orando por ele, seu nome é Buba. Cremos que em breve ele ira tomar a decisão por Jesus. Continuem orando por ele.
 
Nosso irmão  Yakuba segue firme para gloria de Deus, e já esta evangelizando outros. Pedimos orações pela sua esposa Fatiamta que ainda não se decidiu, mas já esta muito  tocada pela transformação na vida de seu marido e filhos
 
AGRADECIMENTOS:
 
A todos que  em oração e colaboração tem ajudado esta obra. Ao irmãos amigos, intercessores, mantenedores, saibam que vocês fazem parte dessa obra e nossas orações são para que o Senhor continue vos fortalecendo e multiplicando em vossas vidas. Cremos que o povo africano também esta muito agradecido, e muito mais o nosso Pai celeste tem se alegrado.
 
PEDIDO DE ORAÇÕES:
 
- Pela esposa do nosso irmão Yakuba,
- Pelo meu amigo cabeleireiro
- Pelo jovem Buba
- Pelo nosso retorno ao vilage djibo onde moramos, pois faz um mês e dez dias que estamos na capital por causa das enfermidades que sofremos.
- Pela obra em Nassoumbou e por todos os moradores de Nassoumbou e pelo casal Rama e Abigail  que estão nos ajudando nessa obra.
- Pelos projetos de café nas escolas que pela graça de nosso Deus segue adiante.
- Por todos nossos mantenedores e intercessores
- Por nossas vidas, nossos filhos
- Pelos nossos familiares no Brasil
- Mais uma vez compartilhamos com os amados a necessidade que temos de um carro para poder melhor executar a obra do Senhor em Nassoumbou, pois são 45 km de Djibo  à nassumbou. Pedimos para os irmão estarem nos ajudando em orações para o Senhor estar preparando investidores para essa causa.
- Por todos os missionários e pela obra missionária em todo o mundo
- Pelo casal de missionários Adilson, Cristina e seus três filhos, que estão levantando recursos para virem para áfrica.
- Pelo casal de missionários médicos, doutor Eliot e sua esposa que estão em djibo há 36 anos. Eles já são de idade avançada mas mesmo assim continuam firmes na obra, atendendo a população. Que o Senhor esteja preparando outros doutores para no tempo certo estarem substituindo-os.
 
= = =
JOSINALDO  e DANIELE _ FONE PARA CONTATO  11  4749-6622
24/10/2009 A PAZ MEUS QUERIDOS E AMADOS IRMAOS EM CRISTO JESUS.
JA ESTAMOS EM SUZANO BRASIL E QUEREMOS AGRADECER A CADA AMADO  PASTOR E QUERIDOS IRMAOS POR TUDO.   POR ACREDITAR EM NOSSO CHAMADO.
A PARTIR DO DIA 30 DE OUTUBRO,  SEMANA QUE VEM,   ESTAREMOS PREPARANDO NOSSA AGENDA,   FICAREWMOS MUITO FELIZES POR ESTARMOS  EM SUA IGREJA  PASSANDO UM POUCO DAS EXPERIENCIAS QUE DEUS NOS DEUS  EM BURKINA FASO   AFRICA .

= = =
QUE O SENHOR ABENÇOE A TODOS
Para  contribuir: Bradesco Poupança conta 7072-6 agencia 1020
                                             Josinaldo Dorte Cavalcante
Tel_ 0021226 70889330
End: BP 193 Djibo Burkina Faso Àfrique de l´auest
 
FAMILIA MISSIONARIA: Josinaldo, Danielle, Felipe e Guilherme. (jocaluti)

4 de abril de 2009  : MILAGRES NO CAMPO MISSIONARIO
 
BURKINA FASO  04-04-2009    SAHEL NORTE DA AFRICA
 
APAZ NO SENHOR JESUS MEUS QUERIDOS IRMAOS
 
MEDITE
 
 
 MEU QUERIDO IRMAO, SE VOCE FOR VISITAR O TUMULO DE BUDA,PODE SER QUE VOCE IRA ENCONTRAR OS RESTOS MORTAIS DELE, SE VOCE FOR VISITAR O TUMULO DE CONFUCIO, PODE SER QUE VOCE IRA ENCONTRAR OS RESTOS MORTAIS DELE, E SE VOCE VISITAR O TUMULO DE MAOME O QUE DIZ TER RECEBIDO AS MENSAGENS DE DEUS E SE DIZ PROFETA DO ISLAMISMO; VOCE PEDERA TAMBEM ENCONTRAR SEUS RESTOS MORTAIS.
 MAS MEU QUERIDO AMADO IRMAO SE VOCE PODESSE IR HOJE EM JERUSALEM, E PROCURAR O TUMULO DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ALELUIA ALELUIA ALELUIA GLORIAS A DEUS, VOCE IRA ENCONTRAR O TUMULO VAZIO E ESCRITO EM UMA PEDRA : ELE NAO ESTA AQUI , ELE JA RESSUSCITOU DENTRE OS MORTOS .
EU SEI MEU QUERIDO VOCE ESTA GLORIFICANDO A DEUS NESSE MOMENTO OU TALVES ATE MESMO CHORANDO DE ALEGRIA, POIS A CADA VEZ QUE EU DIGO ISSO NAS IGREJAS MEU CORACAO SE ESTREMECE. FIQUE FIRME MEU QUERIDO NA ESPERANCA NO FILHO DE DEUS  NOSSO SENHOR JESUS.
DE A ELE SEMPRE O PRIMEIRO LUGAR EM SUA VIDA , EM TUDO O QUE VOCE FOR DECIDIR DE A ELE O PRIMEIRO LUGAR .
SEJE FORTE E CORAJOSO  POIS O SENHOR SEMPRE SERA COM VOCE.
 
 
OLA MEUS QUERIDOS AMADOS  IRMAOS EM CRISTO JESUS, APAZ NO SENHOR JESUS.
 
 
QUEREMOQS EM PRIMEIRO LUGAR AGRADECER A CADA UM DOS QUERIDOS IRMAOS ,QUE TEM ESTADO CONOSCO DESDE O INICIO DESSA OBRA.
HOJE PODEMOS MAIS UMA VEZ.COMPARTILHAR DAS MARAVILHAS QUE O NOSSO SENHOR JESUS TEM FEITO.REALMENTE TEMOS TIDO MUITOS ATAQUES DO NOSSO ADVERSARIO MAS ISSO JA ESTAVA PREVISTO POIS ELE COM CERTEZA, NAO ESTA CONTENTE COM NOSSO PRESENCA AQUI . MAS COMO SEMPRE EU DIGO : NOS, JUNTO COM A IGREJA DO SENHOR TEMOS QUE NOS APOIAR E CONFIAR NO QUE O NOSSO DEUS NOS DISSE EM SUA PODEROSA PALAVRA :QUANDO A IGREJA DO SENHOE AVANCA,AS PORTAS DO INFERNO,NAO PREVALECERAO CONTRA ELA.
E O NOSSO SENHOR JESUS NOS PROMETEU QUE ESTARIA TODOS OS DIAS CONOSCO ATE O FIM ,ALELUIA GLORIAS AO SENHOR JESUS. COMO IGREJA DO SENHOR TEMOS QUE AVANCAR E LEVAR ESSA PODEROSA PALAVRA DE VIDA ETERNA AOS POVOS NAO ALCANCADO.
ESSA SEMANA QUE PASSOU,EU ESTAVA NA RUA, ENCONTREI UM AMIGO MUCULMANO QUE ESTAVA INDO PARA A MESQUITA ORAR E ELE ME PERGUNTOU SE ELE PODERIA IR EM MINHA CASA PARA CONVERSARMOS UM POUCO, EU DISSE QUE SIM, PERGUNTEI PARA ELE SE ELE JA TINHA OUVIDO FALAR DE JESUS, E ELE ME RESPONDEU QUE NUNCA OUVIU FALAR DE JESUS SOBRE A HISTORIA DE JESUS , O QUE JESUS FEZ POR NOS NA CRUZ.
ATE ENTAO EU PENSEI QUE ELE ESTAVA ZOMBANDO DE MIM,
MAS NAO ELE SIMPLESMENTE ME DISSE QUE GOSTARIA DE OUVIR BEM A HISTORIA DE JESUS ,ENTAO ELE ME FALOU QUE SEMANA QUE VEM ELE VIRA EM MINHA CASA PARA CONVERSARMOS BEM .ESTEJAM ORANDO POR ESSA CONVERSA QUE TEREMOS SEMANA QUE VEM MEUS QUERIDOS.
HOJE ESTOU MUITO FELIZ POIS MAIS UM AMIGO JOVEM DE UNS 23 ANOS  BEM MULCUMANO ,JA FAZ 5 MESES QUE ESTOU EVANGELIZANDO ELE EM CASA.
HOJE ELE PARTIU PARA A IGREJA COMIGO PELA PRIMEIRA VEZ, O NOME DELE E BOUBA. ELE TEM ME FALADO QUE A BIBLIA QUE EU DEI PARA ELE , TEM TOCADO MUITO EM SEU CORACAO O QUE ELE TEM LIDO.
AMADOS AQUI PARA UM MUCULMANO ENTRAR EM UMA IGREJA, E MUITO FORTE, POIS AQUI TEM JOVENS QUE FORAM EXPULSOS DE SUAS CASAS POR TER ACEITADO A JESUS COMO SEU SALVADOR.
O NOSSO IRMAO YAKOUBA TEM FEITO UM TRABALHO DE EVANGELIZACAO QUE REALMENTE NOS TRAS  MUITA ALEGRIA POIS SEUS AMIGOS QUE IAM EM SUA CASA PARA O IMPRESSIONAR A ABANDONAR O EVANGELHO , ELE TEM FALADO QUE NAO SE ENVERGONHA DO EVANGELHO POIS E PODER DE DEUS .
OS PERCEBEM QUE O NOSSO IRMAO YACOUKA, TEM USADO AS PAVRAS DE PAULO EM ROMANOS 1:16 POIS NAO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO DE DEUS ,POIS E PODER DE DEUS TANTO PARA OS GREGOS QUANTO PARA OS JUDEUS.
E AGORA PARA NOS TAMBEM COMO A NOIVA DO SENHOR  E PODER DE DEUS EM NOS AMADOS;MEUS QUERIDOS,  ESSES TESTEMUNHOS , SAO UM EXEMPLO PARA TODOS NOS IGREJA DO SENHOR ,MANTER FIRMES A NOSSA FE , CONSTANTES SEM VACILAR POIS O NOSSO SENHOR JESUS JA ESTA AS PORTAS ,A1GUENTEMOS MAIS UM POUQUICHINHO DE TEMPO .
TERMINAMOS A REFORMA DA CASA DO CASAL HAAMA E SUA ESPOSA ABGAEL, QUE ESTARAO MORANDO NO VILAGE DOS SONGHAIS  NO FINAL DE ABRIL,POIS ESTAMOS TERMINANDO AS AULAS TEOLOGICAS COM ELES  ,E ENTAO ESTAREMOS COMECANDO OS CULTOS LA DOMINGOS PELA MANHA E DURANTE A SEMANA ORACOES E VISITAS NAS CASAS.
MUITO OBRIGADO POR SUA OFERTA DE AMOR QUE TEM NOS PROPORCIONADO BENCAO PARA ESSA TAO MARAVILHOSA NACAO  BURKINA FASO    SAHEL NORTE DA AFRICA
AS PESSOAS DO VILAGE TEM NOS PERGUNTADO  O QUE ESTAREMOS FAZENDO NESSE TERRENO AOS DOMINGOS , SABEMOS QUE ESSE VILAGE TEM SEUS FEITICEIROS E SEUS MARABUS, MAS SABEMOS TAMBEM QUE MAIOR E O QUE ESTA CONOSCO DOQUE O QUE ESTA COM ELES . GLORIAS AO NOSSO DEUS ALELUIA . IRMAOS DEUS TEM CURADO , LIBERTADO E SALVADO VIDAS AQUI NESSE LUGAR.
 
 


Daniele Cavalcante cavalcantemissoes@hotmail.com
 
Burkina Faso, 13 de maio de 2009
 
`` Porque desde a antiguidade não se viu nem com o ouvido se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de Ti, que trabalha para aquele que nele espera.´´                                                                                                                                
 
Quantos de nós pode dizer que confia  no Senhor, e acredita na bondade de Deus para nós? Será que Deus tem que fazer algo a mais para conquistar a nossa confiança? Será que ele já não deu prova suficiente do seu amor morrendo por nós? Será que ele  já não deu prova suficiente do seu cuidado nos dando a companhia do seu Espírito Santo? Será que ele já não deu prova suficiente do seu bom gosto na criação? Quando lemos esse versículo de Isaias podemos  nos fazer inúmeras questões sobre nossa atitude para com Deus, avaliando como O temos adorado com a nossa Fé, e podemos também trazer a memória os feitos de Deus para conosco em cada detalhe com o qual tem fielmente cuidado de nós. Mas isso não é suficiente. Assim como nada do que Deus faça possa atrair a gratidão de um ingrato, o reconhecimento de um cego, a satisfação de um insaciável, assim também nada do que façamos poderá agradar a Deus além da nossa fé. É isso  que ele pede de nós. Fé  suficiente para se entregar ao seu amor, descansar no seu cuidado e confiar no seu bom gosto. Pois  tudo o que ele faz supera as nossas expectativas. Será que isso é pedir demais? Se você ainda tem duvidas com certeza isso é um empecilho para você  confiar a Deus sua vida, seus sonhos, sua vontade, temendo sempre que um dia Deus te decepcione, e isso não é fé, mas é escravidão do ego. Deus nunca falhou em nenhuma das suas promessas. E o que ele espera de cada um de ´nos é simplesmente  que aceitemos o que ele tem preparado detalhadamente, assumindo a nossa dependência Nele.  
                                                                                                            Miss: Danielle
NOTICIAS
Queridos para nós cada dia tem sido uma experiência gratificante e edificante no Senhor. Entregando a ele nossas vidas, temos sido participantes da sua gloria NA restauração do homem caído. Ele tem cuidado de nós, e ainda que atribulados  jamais abatidos, sofremos com gozo as marcas de Cristo, pois para isso fomos criados: para O glorificar. Com alegria compartilhamos com os amados que terminamos o intensivo preparatório de teologia que estávamos dando para o casal Raámã e Abgael.  Até o final desse mês, eles estarão indo morar em nassoumbou sob a nossa orientação, e juntos continuaremos o trabalho de evangelhização já iniciado. Com alegria compartilhamos com os irmãos que , com as nossase vossas orações nassoumbou tem crescido, tem chegado alguns investidores, e por causa da eleição que será o ano que vem, eles estão construindo uma rua para nassoumbou, pois até agora,o caminho é só deserto e trilhas. Não atribuímos isso a eleição ou a qualquer outro  que não seja Deus movido pelas orações dos santos. Agora iremos nos concentrar também na preparação batismal do  nosso irmão Yacouba e seu filho que irão fazer 1 ano de convertidos.aleluia. continuamos carecidos das vossas orações, e vossas contribuições que tem nos acompanhado até aqui. Os projetos nas escolas seguem, e Deus tem provido para cada mês o sustendo necessário para 550 crianças(1.200 reais mensais).
 
PEDIDO DE ORAÇÃO:
- pelo nosso irmão yacouba e sua família e pela conversão de sua esposa
- pelo casal  Raamã e Abgael e pela sua mudança para nassoumbou
- por investidores e mantenedores para essa obra
- por nossa família, que Deus continue nos capacitando com unção e graça, nos livrando de todo mal.
- por todos missionários e pela obra missionária .
AGRADECIMENTOS
Nosso desejo era pessoalmente poder compartilhar com os amados a obra da qual vocês tem feito parte com vossas orações e contribuições. Mas cremos que Deus é o autor da obra, a ele seja a gloria a honra e o louvor, e nós, humildes sevos, nos alegramos em ser participantes, aguardando o dia em que junto compartilharemos a alegria do fruto de nossas mãos. Nada do que fazemos é em vão no Senhor. Que essa palavra lhes sirvam de animo para continuarem firmes no propósito para qual cada um de vós fostes chamados.
 
Que Deus vos abençoe.
 
 

BURKINA FASO, 10 DE JUNHO DE 2009
 
``Mas se ainda nosso evangelho esta encoberto,para os que se perdem esta encoberto, nos quais o Deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não lhes resplandeça a luz do evangelho da gloria de Cristo, que é a imagem de Deus.´´ 2Cor 4:3-4
 
Uma triste realidade:os garibus!
As vezes para nós é difícil imaginar alguém dizer que nunca ouviu falar de Jesus. Mas aqui na áfrica nós podemos encontrar não só uma pessoa, mas varias, que dizem nunca ter ouvido falar de Jesus. Mas a realidade consegue ser mas triste do que isso! Mas triste do que encontrar pessoas que nunca ouviram falar de Jesus, é encontrar crianças condenadas a uma realidade de nunca ouvir falar de Jesus. Eles são chamados de Garibus. São crianças que a partir de quatro anos são doadas aos Marabus, lideres do Islã, para estudarem o alcorão, para se tornarem futuros lidere do Islã. Estas crianças , em troca do ``previlegio´´ de serem criadas por Marabus,   fazem trabalhos  forçados, sem ter quem cuide delas, não tomam banho, e desde cedo sai para  as ruas para pedirem esmolas voltando à tarde para poderem fazer sua única refeição diária. Crescem sem ir a escola, sem oportunidade de desenvolver seus intelectos, não aprendem a falar a língua oficial de Burkina, o que as impossibilitam de mais tarde conseguirem um futuro melhor, durante a sua infância são submetidas à dura penalidades, uma dela é ter que  memorizar todo alcorão.
A realidade que temos conhecido aqui, é de que essas crianças quando crescem, as vezes uma consegue se tornar um líder do islã, as outras continuam sendo mendigos, perambulando pelas ruas. Outra coisa que é muito fácil ver, é alguns deles se tornarem loucos. Além de mendigos, loucos por terem tido que decorar o alcorão. Como cuidar dessas crianças? Como pregar de Jesus para elas? Elas estão sendo literalmente privadas de conhecer a Jesus? O que fazer com esses jovens que depois de grandes não falam a língua(francês ), e tem sua mentes cauterizadas pelo islã? O que fazer com aqueles que se tornaram loucos pelas ruas? Como ajudar?
Nosso pedido de oração esse mês vai para essas crianças, para que o Senhor esteja nos mostrando a cada dia  como trabalhar com elas.
Amados, desde que chegamos a Burkina Faso temos orado por essas crianças, pedindo ao Senhor uma solução. Orem conosco, orem por elas!
 
Novidades :
Essa semana o casal que trabalha com a gente, Rama e Abigael se mudaram para Nassoumbou. Isto facilitara muito a evangelização. Pedimos oração por este casal pois Abgael está grávida aleluia. Cremos que o senhor já esta fazendo grandes coisas.
Desafios do mês:
Coma a mudança do casal para Nassoumbou, aumentou as oportunidades de evangelização como também a necessidade de estarmos indo toda semana para Nassoumbou, para realizar os cultos,  e os trabalhos evangelisticos  etc. Louvo a Deus pela vida de todos que colaboraram com a compra da moto, que ate aqui nos ajudou nos trabalhos, mas durante esse tempo tenho ido sozinho a nassoumbou, pois não posso ir com a família, também não posso levar muitos materiais e suprimentos para passar  o dia lá. Hoje  sentimos a necessidade do carro para estarmos indo a Nassoumbou, realizando os trabalhos, para levar-mos materiais  para trabalhar com as crianças, e para  levar toda família para Nassoumbou, pois nosso trabalho aqui tem sido em família, meu filho toca violão, minha esposa ensina as crianças etc. o trabalho esta crescendo e precisamos ampliar nossas fronterias, a terra já foi preparada, agora precisamos continuar semeando. Já esta tudo pronto amados, As pessoas estão pedindo para ouvir, pedindo cultos, orações, e o que nos falta até então é meios de transporte.  Queremos compartilhar com os irmãos o desafio que recebemos essa semana da compra de um carro no valor de $ 5mil reais. Sabemos que para o nosso Deus não há nada impossível.  Os irmãos que sentirem no coração podem nos ajudar com as suas orações e contribuições. Aguardaremos respostas.
Agradecimentos:
Muito obrigado a todos companheiros desta obra, que o senhor os abençoe e multiplique em suas vidas, saibam que oramos  sem cessar por todos vocês, e mas uma vez convidamos a qualquer um de vocês que quiserem estar conhecendo de perto essa obra, o trabalho, Burkina Faso, teremos muito prazer em recebê-los em nossa casa.
Pedidos de oração:
_ pelos garotos garibus,
_ para a compra do carro
_ para o trabalho em nassoumbou
_ para  o casal Rama e Abgael e pela sua gravidez.
_ para envio de mais missonarios para o campo, e por todos os missionários.
Que o Senhor vos abençoe grandiosamente.
 
Com carinho família Cavalcante em missões.
 
Contato _ Pb193 Djibo, Burkina Faso Áfrique de l´ouest
Tel :   00xx226 70889330
 
Para contribuir: conta poupança Bradesco 7072-6   Ag  1020
Josinaldo Dorte Cavalcante. (Jocaluti)

= = =

Alfabetização pela Bíblia gostaria muito que você ajudasse o nosso irmão Josinaldo e sua família voltarem por mais um tempo no Brasil. Eles precisam muito renovar suas forças em comunhão com a Igreja e sua família aqui. Eu gostaria que os irmãos levasse também esse fardo, depositando, para passagem deles, o que você puder, mas antes leia o apelo dos amados. 
 
AO NORTE DE BURKINA FASO AFRICA - SAHEL AFRICANO   05-08-2009
PORQUE HÁ TEMPO PARA TODO PROPÓSITO DEBAIXO DOS CÉUS...
 
Queridos e amados irmãos:  A paz no Senhor Jesus.
 
Hoje faz 1 ano e 6 meses que estamos aqui na África, norte de Burkina Faso, e embora o Senhor esteja operando grandemente em nossas vidas, e através de nossas vidas, temos sentido a necessidade  de retornarmos ao Brasil. Assim como será para os amados, para nós foi uma decisão  surpreendente, pois não imaginaríamos retornar ao Brasil antes de março de    2010, mas em nossas vidas, tem acontecido assim, não controlado por nós mesmos, mas por deus que tem  o controle total de nossas vidas. Mediante as bênçãos e  vitórias, que temos recebido  de Deus aqui na áfrica, esse mês de julho foi para nós um mês de grandes provações, pois sem lutas não tem vitórias. Assim como tivemos a confiança e o prazer de compartilhar essas bênçãos, com os amados, hoje temos  sentido a necessidade de  compartilhar nossas aflições com os amados. Oramos muito antes de tomarmos essa  decisão, e pedimos ao Senhor para que ele venha testificar em cada um dos vossos corações ao ler essa carta.
 
Existem coisas no campo missionário, que só podem ser compartilhada pessoalmente. As necessidades, as aflições variam de lugar para lugar, aqui na áfrica, principalmente no saiu africano, ao norte onde  as tribos são 99% islâmicos (muçulmanos). Temos sentido essa pressão sobre nossa família, e estamos mesmo sentindo essa necessidade de rever a família, os amigos e amados irmãos. Participar de cultos com os amados, pois como falamos, durante esse tempo  temos  cultuado sozinhos entre a  família às vezes com alguns amigos  em  casa. Precisamos renovar nossas forças.  Precisamos  desaguar um pouco. Estamos precisando  realizar alguns exames na família, nosso filho Felipe, tem por esses dias sentido muita falta de ar, levamos ele ao hospital na capital,  a doutora depois de avaliar ele, nos disse  que pode ser  ansiedade, emocional, as crianças também tem sentido essa necessidade  de rever a família.
 
Queremos muito agradecer aos amados irmãos e aos queridos amigos pela  compreensão, pelas orações e contribuições. Estamos muito felizes com o que Deus esta fazendo através da vida do casal  Raamã e sua esposa abigael na tribo dos Songhais, eles tem feito um maravilhoso trabalho  de evangelização  e  vidas tem se alimentado da palavra de deus, e já iniciaram cultos  na casa deles. Precisamos apresentar alguns projetos de perto aos amados. Estamos orando ao Senhor para estarmos viajando ao Brasil no final de outubro  ou começo de novembro, pois as passagens são mais baratas, e pretendemos ficar  no Brasil de quatro a cinco meses necessitamos de um valor de 8.000  (oito mil reais) para a nossa ida ao Brasil, pois são  4 pessoas.   Encontramos uma promoção  para a família nesse valor.
 
Eu, minha esposa e meus dois filhos, pedimos a compreensão, oração e a contribuição dos amados, pois não temos esse valor, precisamos  de um milagre, e é com esse milagre que contamos e estaremos esperando no Senhor. Queremos agradecer a cada um dos queridos amados que tem estado conosco desde o inicio do nosso chamado e tem  acompanhado de perto o que deus tem feito nessa nação tão necessitada   de Jesus.
 
Que Deus continue vos abençoando.

= = =


 

BURKINA FASO 29 DE MARÇO DE 2010
 
 
 
´´ VINDE E VEDEAS OBRAS DE DEUS,QUÃO TREMENDO É ELE NOS  SEUS FEITOS PARA COM OS FILHOS
DOS HOMENS. SALMOS 66:5
 
 
A PAZ DO SENHOR AMADA IGREJA
É COM MUITA ALEGRIA QUE MAIS UMA VEZ COMPARTILHAMOS AS BENÇÃOS QUE O SENHOR TEM NOS CONCEDIDO.JÁ ESTAMOS EM DJIBO, NO VILAGE, E JÁ NOS ACOMODAMOS NA NOSSA NOVA CASA, REVEMOS NOSSOS AMIGOS, QUÃO GRANDE FOI A ALEGRIA E GOZO QUE O SENHOR NOS PROPORCIONOU, NÃO SOMENTE A NÓS, MAS ELES MESMO CONFESSARAM QUE TAMBÉM ESTAVAM FELIZES. DIANTE DE TANTA ALEGRIA, FIQUEI DOENTE, MAS UMA MALARIA! GLÓRIAS A DEUS QUE TAMBÉM TIVE UMA RÁPIDA RECUPERAÇÃO. QUEREMOS AGRADECER AS ORAÇÕES, CONTRIBUIÇÕES E TODO APOIO DA AMADA IGREJA E IRMÃOS NA FÉ. AINDA TEMOS MUITAS COISAS PARA ARRUMAR, AMIGOS PARA REVER...
PORÉM NOSSA ALEGRIA AUMENTOU QUANDO VISITAMOS NASSOUMBOU. O SENHOR ESTÁ TRABALHANDO NAQUELE LUGAR!QUÃO GRANDE FOI NOSSA SURPRESA DE VER RAMÃ E ABIGAEL, NOSSOS OBREIROS EM NASSOUMBOU, E SEU FILHINHO SAMUEL, E VER TAMBÉM O ANDAMENTO DOS TRABALHOS JÁ INICIADOS POR ELES LÁ.   ORÁVAMOS PARA DEUS PREPARAR UMA ESTRADA PELO DESERTO QUE LEVASSE  ATÉ NASSOUMBOU, ISSO FACILITARIA MUITO NOSSA IDA ATÉ LÁ, ORAVAMOS POR UM PROJETO QUE GERASSE MAIS ÁGUA EM NASSOUMBOU, POIS COMO DISSEMOS PARA OS IRMÃOS, ÁGUA ERA A MAIOR DEFICIÊNCIA DE NASSOUMBOU. TINHAMOS PLANOS DE AO VOLTAR DO BRASIL CONSTRUIR UMA TENDA DE PALHA( ANGAR) PARA COMEÇARMOS OS  CULTOS AOS DOMINGOS...
PARA NOSSA SURPRESA AO CHEGARMOS AQUI EM DJIBO VIMOS RESPOSTAS DAS NOSSAS ORAÇÕES E DO IMPACTO DA LUZ DE CRISTO (RAMÃ E ABIGAEL) EM NASSOUMBOU!
A ESTRADA PELA QUAL ORÁVAMOS FOI CONTRUIDA! ALELUIA! AGORA LEVAMOS APENAS UMA HORA DE VIAGEM ATÉ NASSOUMBOU.
A ÁGUA PELA QUAL ORÁVAMOS ..., QUANDO CHEGAMOS EM NASSOUMBOU PODEMOS VER QUE EM RESPOSTA AS NOSSAS E VOSSAS ORAÇOES,AO IMPACTO DA IGREJA NAQUELE LUGAR, INVESTIDORES VIERAM E CONSTRUIRAM  UMA GRANDE CAIXA D´ÁGUA COM UM MOTOR MOVIDO POR UMA PLACA SOLAR QUE EXTRAI ÁGUA DO LENÇOL FREATICO, DESTRIBUINDO PARA TODA A VILA.ALELUIA...ENQUANTO TEM SOL, TEM ÁGUA! É O QUE O POVO ESTÁO DIZENDO. A GENTE SONHA E ORA, O SENHOR REALIZA! O DESERTO ESTÁ
 EXULTANDO...ESTÃO SENTINDO A DIFERENÇA! POR ISSO AINDA CONTINUAREMOS ORANDO POIS COMO DISSEMOS, AGUA É UMA GRANDE DEFICIÊNCIA DE NASSOUMBOU.A POPULAÇÃO, E OS ANIMAIS AINDA SÃO EM MAIORES QUANTIDADES DO QUE A ÁGUA, PORÉM,ESTÁ SENDO UM GRANDE ALÍVIO E AJUDA PARA AQUELA POPULAÇÃO.
   ESTAVÁMOS FAZENDO PLANOS DE O MÊS QUE VEM CONSTRUIRMOS A TENDA, E QUANDO CHEGAMOS EM NASSOUMBOU, PARA NOSSA SURPRESA, RAMÃ JÁ TINHA CONSTRUIDO, E JÁ ESTAVA FAZENDO OS CULTOS AOS DOMINGOS COM ALGUMAS CRIANÇAS DO PROJETO DE FUTEBOL QUE ELE TEM TREINADO. NO CULTO ESTAVAM ALGUNS ADOLESCENTES, JOVENS E MUITAS PESSOAS DO LADO DE FORA E ATÉ MESMO UM MARABU CHEGOU NO CULTO PARA VER O QUE ESTAVA ACONTECENDO.ALELUIA! FOI LINDO. DOMINGO  PELA MANHA, PARTICIPAMOS DO CULTO EM NASSOUMBOU...GLÓRIAS A DEUS.
RAMÃ E ABIGAEL E SEU FILHINHO SAMUEL, ESTÃO EM NASSOUMBOU DESDE JUNHO DO ANO PASSADO COMO MISSIONÁRIOS DA IGREJA BRASILEIRA LÁ.COMO MISSINÁRIOS ELES TAMBÉM TEM SEU SALÁRIO, ESTAMOS TRABALHANDO JUNTOS, NOSSA VISÃO FOI E É FORMAR OBREIROS NATIVOS PARA  ELES FORMAREM OUTROS....ELES ESTÃO COM UM TRABALHO DE FULTEBOL COM CRIANÇAS, E DISCIPULANDO ESSAS CRIANÇASE ADOLESCENTES E JOVENS.   
PEDIMOS ORAÇÕES POR ESSES OBREIROS. QUE O SENHOR OS CAPACITE CADA DIA MAIS. NASSOUMBOU AINDA PRECISA OUVIR FALAR DE JESUS!
ESSE É SÓ O COMEÇO DE UM GRANDE MILAGRE!
 E JESUS DISSE: AS PORTAS DO INFERNO , NÃO PREVALECERÃO CONTRA A MINHA IGREJA.
OREM POR NOSSA FAMILIA, SAUDE, ...PELOS NOSSOS OBREIROS
SONHEM CONOSCO!
AGRADECEMOS.

= = =

 OESTE DA ÁFRICA    23/DE ABRIL DE 2010
 
FAMÍLIA CAVALCANTE    MISSÕES NA ÁFRICA
Esse versículo é no dialeto dos fulanes
 
IISA JAABI O WI’II:MIM WONI LAWOL E TO GOONGA E NGURDA FUU YUURATA   yaaya14:6ª
JESUS DISSE A ELES: EU S OU O CAMINHO , A VERDADE E A VIDA  E DE ONDE TODA VIDA VEM.  JOÃO 14:6a
 
 
OLA AMADOS ,
 
A APAZ NO SENHOR  JESUS ,
 
É COM MUITA ALEGRIA QUE ESCREVO ESTA, AOS AMADOS PARA COMPARTILHAR O QUE O SENHOR JESUS ESTÁ REALIZANDO AQUI NO OESTE DA ÁFICA, COMO VEMOS O TEXTO ACIMA, O NOSSO SENHOR JESUS DIZENDO : QUE AS PESSOA PODERIAM  OLHAR PARA ELE E SEGUÍ-LO ,POIS ELE E SOMENTE ELE PODERIA GARANTIR  UM CAMINHO SEGURO POIS O BOM PASTOR MOSTRA AS OVELHAS UM BOM CAMINHO A SEGUIR , ELE TAMBÉM ESTAVA GARANTINDO QUE SOMENTE NELE HAVIA VERDADE  E ELES PODERIAM SER LIVRES ATRAVÉS DO CONHECIMENTO DA VERDADE, E TABÉM ELE ESTAVA GARANTINDO A VIDA , A NÃO SER ELE NINGUÉM MAIS PODERIA  GARANTIR A VIDA  POIS ELE MESMO DISSE QUE QUEM CRE EM MIM AINDA QUE ESTEJA MORTO VIVERÁ.
 
AQUI NO OESTE DA ÁFICA, TRABALHANDO NO MEIO DO POVO FULANE E O POVO SONGHAIS, VEMOS  O QUANTO ESSE POVO SOFRE COM AS MENTIRAS DOS LIDERES FEITICEIROS E OS LIDERES DO MUÇULMANOS QUE SÃO OS MARABUS ,  MAS   AO APRESENTAR JESUS A ELES VEMOS O QUANTO ELES ESTÃO A PROCURA DE UM CAMINHO DE UMA VERDADE E DE VIDA  REAL POIS ELES ESTÃO MORTOS. 
 
AMADOS TEMOS TIDO MUITOS DESAFIOS NESSES ÚLTIMOS DIAS , O NOSSO FILHO GUILHERME DE 5 ANOS FICOU MUITO MAL NÃO SABIAMOS O QUE ERA, ENTÃO LEVAMOS ELE AO HOSPITAL, E FIZEMOS OS EXAMES DE FEBRE TIFOIDE E DE MALARIA DEU NEGATIVO, MAS AS DORES E MUITA FEBRE CONTINUARAM  ENTÃO ORAMOS AO NOSSO DEUS E UNGIMOS ELE  ENTÃO DEUS O CUROU  ELE DORMIU E JÁ ACORDOU SEM NADA GLÓRIAS AO NOSSO  DEUS,
 
QUERIDOS IRMÃOS,DEUS TEM FEITO MARAVILHAS AQUI EM NOSSO MEIO ,O PROJETO DAÍ-LHES VÓS DE COMER , QUE ANTES ABRANGIA 550 CRIANÇAS , HOJE JÁ ESTAMOS DANDO O CAFÉ DA MANHÃ PARA  705 CRIANÇAS , ELAS  CHEGAM NA ESCOLA ÀS 7:30 E TOMAM O CAFÉ AS 10:00 ESTÁ SENDO MUITO BOM POIS O RENDIMENTO ESCOLAR AUMENTOU MUITO, GRAÇAS A DEUS  QUE TEM VOS USADO PARA ESTAR CONOSCO NESSE GRANDE DESAFIO E PRECISAMOS MESMO AMADOS DE CRENTES FIÉIS PARA SE COMPROMETEREM EM APOIAR ESSA CAUSA.
 
A IGREJA EM NASSUMBU, ESTÁ UMA BENÇÃO, POIS ESTAMOS TODOS OS DOMINGOS REALIZANDO OS CULTOS  NA IGREJA JUNTO COM O RAAMÃ E SUA ESPOSA ABIGAEL E SEU FILHINHO SAMUEL.  O FELIPE MEU FILHO TOCA VIOLÃO  E O GUILHERME CANTA , E CADA DIA AUMENTO O NÚMERO DE CRIANÇAS  DOMINGO TIVEMOS APROXIMADAMENTE 115 CRIANÇAS  ENTRE 5 A  15 ANOS TIVEMOS A PRESENÇA DE ALGUNS ADULTOS  E A  CONVERSÃO DE UM ADOLESCENTE E UMAS 40 CRIANÇAS TAMBÉM SE ENTREGARAM A JESUS ELAS ENTENDERAM A MENSAGEM QUE DEUS ESTÁ A PORTA E BATE  PARA ENTRAR E FAZER MORADA , ORAMOS POR UMAS 30 CRIANÇAS ENFERMAS , O RAAMÃ JÁ COMEÇOU A EVANGELIZAÇÃO DE PORTA EM PORTA NA TRIBO DURANTE A SEMANA  E ESTÁ SENDO UMA GRANDE BENÇÃO.   OREM PARA QUE AS PESSOAS QUE VÊM AOS DOMINGOS , NÃO FIQUEM DO LADO DE FORA MAS QUE ELAS ENTREM E  PARTICIPEM DO CULTO , SABEMOS QUE ELAS TEM OUVIDO  A MENSAGEM E OS LOUVORES , MAS MELHOR É ESTAR DENTRO. OREM POIS ELAS SENTEM UM POUCO DE MEDO DOS FAMILIARES  E DOS LÍDERES   POIS SÃO MUÇULMANOS E FEITICEIROS.   DEUS ESTÁ SALVANDO VIDAS!
 
DEUS TEM ABERTO GRANDES PORTAS PARA ESTARMOS COMPARTILHANDO DO SEU MARAVILHOSO AMOR  QUANDO FOMOS AO HOSPITAL UMA MULHER MUÇUMANA ME PEDIU PARA QUE EU FIZESSE UMA ORAÇÃO PARA ELA  POIS EU ESTAVA DIZENDO PARA UMAS PESSOAS QUE SOMENTE JESUS CURAVA E SOMENTE ELE PODERIA PERDOAR PECADOS E SALVAR  FOI MARAVILHOSO POIS OS HOMENS MUÇULMANOS FICARAM ESPANTADOS COM O QUE JESUS PODERIA FAZER POR ELES.
 
AOS AMADOS QUE NOS ABENÇOARAM COM O VALOR PARA CONSTRUIRMOS UM PARQUINHO DE FERRO PARA AS CRIANÇAS DA TRIBO,  PEÇO  PARA OS AMADOS  QUE  AGUARDEM MAIS UM POUCO AS FOTOS , POIS AQUI AS COISAS SÃO UM POUCO DE VAGAR, MAS ELES JÁ ESTÃO  FAZENDO E ESTÁ FICANDO MUITO LINDO . EM BREVE ESTAREI ENVIANDO AS FOTOS DO PARQUINHO. E NOS ALEGRAREMOS JUNTOS.
 
QUERIDOS HOJE DESDE 2:00HS  DA MANHÃ ATÉ AGORA 22:20 DA NOITE ESTAMOS NO MEIO DE UMA  TEMPESTADE DE AREIA QUE NÃO DA PARA EXPLICAR PARA OS AMADOS , POIS DURANTE TODO O DIA DE HOJE COM MUITO CALOR E MUITA POIRA  SEM LUZ E SEM ÁGUA , NOS DIFICULTOU DE SAIRMOS DE CASA , POIS NÃO DA PARA RESPIRARMOS  BEM, TIVEMOS QUE FAZER INALAÇÃO EM NOSSOS FILHOS E  ANDAR COM UMA MASCARA  DE ROSTO POIS ESSA TEMPESTADE DE AREIA TRÁS MUITAS DOENÇAS . OREM POR NOSSA SAÚDE . ESSA TEMPESTADE CUBRIU TODO O PAÍS.
 
 AMADOS ESTAREI ESCREVENDO AGORA ALGUNS DESAFIOS  DE ORAÇÃO QUE ESTAMOS TENDO AQUI NA ÁFRICA:
 
POR NOSSA SAÚDE, POR NOSSO APRENDIZADO DO DIALETO,  POR NOSSA FAMÍLIA,  PELA CONVERSÃO DOS  SONGHAIS E DOS FULANES , PELO PROJETO DAÍ-LHES VÓS DE COMER,   PELA IGREJA EM NASUMBU, PELOS OBREIROS RAAMÃ E SUA ESPOSA ABIGAEL E SEU FILHINHO SAMUEL,  E PELA CONVERSÃO DOS NOSSOS  AMIGOS MUÇULMANOS QUE ESTOU EVANGELIZANDO .
 
 A IGREJA TEM  SOMENTE 3  TRES BANCOS  E PRECISAMOS COMPRAR  MAIS  UNS 4 BANCOS POIS AS CRIANÇAS SE SENTAM NO CHÃO, MAS OS ADOLESCENTES E OS JOVENS NÃO, E AS MULHERES QUE DAQUI UNS DIAS ELAS TAMBÉM ENTRARÃO PRECISARÃO DE BANCOS PARA SE SENTAR, VALOR  DE CADA BANCO: 40,00 (QUARENTA REAIS )
 
O RAAMà E SUA ESPOSA ABIGAEL, ESTÃO PRECISANDO DE UMA CHARRETE E UM BURRINHO PARA ELE BUSCAR ÁGUA  NO POÇO, POIS É MUITO LONGE DA CASA DELE, ELE ESTÁ PRECISANDO URGENTEMENTE. OS DOIS CUSTAM: 600,00 REAIS(SEISSENTOS REAIS )
QUERO AGRADECER MUITO AOS AMADOS QUE PUDEREM NOS APOIAR PARA ESTARMOS APOIANDO ESSE CASAL DE OBREIROS  QUE TEM REALIZADO UM TRABALHO MARAVILHOSO AQUI NA TRIBO DOS SONGHAIS.   EU DISSE PARA ELES QUE ESTARIAMOS ORANDO E ENVIANDO A NECESSIDADE DELE PARA OS AMADOS IRMÃOS DO BRASIL , E ELES ESTÃO ORANDO MUITO PARA SEREM RESPONDIDOS.  LOUVAMOS MUITO A DEUS PELA VIDA DE CADA UM DOS AMADOS IRMÃOS ,.
 
   
DEUS CONTINUE VOS ABENÇOANDO  A CADA DIA EM NOME DE JESUS.
 
ALLA HOOKU E JAM , E ALLA JAABO DU’AW
DEUS VOS DÊ A PAZ, E QUE DEUS RESPONDA AS VOSSAS ORAÇÕES




= = =

 FAMILIA CAVALCANTE - carta de oração 
BURKINA FASO 30 DE JULHO DE 2010
 

`` FUI ACHADO PELOS QUE NÃO ME PROCURAVAM. A UMA NAÇÃO QUE NÃO CLAMAVA PELO MEU NOME EU DISSE: EIS-ME AQUI, EIS-ME AQUI. ´´ ISAIAS  65:1
 
AOS AMADOS IRMÃOS EM CRISTO JESUS;
 
 
 
QUE A PAZ DE DEUS SEJA COM TODOS VOCÊS.
 
 
 
COMO COMPARTILHAMOS NA CARTA DO MÊS PASSADO, ESSE MÊS ESTIVE NO BRASIL PARA PARTICIPAR DE UM SIMPÓSIO, ONDE O TEMA FOI: `` DIGA NÃO  AO COMODISMO, AO PECADO, AO  SISTEMA ÀS MAZELAS SOCIAIS, À NEGLIGENCIA COM A EVANGELIZAÇÃO À RELIGIOSIDADE ´´.REALMENTE FOI UMA BENÇÃO! DEUS OPEROU GRANDEMENTE. LOUVO AO SENHOR POR TUDO O QUE ELE FEZ E PREPAROU PARA NÓS.
 
 
 
NÃO FOI UM PERÍODO MUITO FÁCIL PARA MINHA FAMÍLIA, COMO JÁ HAVIA DITO, POIS TIVE QUE DEIXAR MINHA ESPOSA E FILHOS SOZINHOS AQUI EM BURKINA FASO, MAS O SENHOR CUIDOU DE TUDO PERFEITAMENTE.
 
 
 
QUERO AGRADECER A TODOS QUE ORARAM POR NÓS, POR MINHA FAMÍLIA, E LEMBRAR QUE UM DOS NOSSOS ALVOS NESSE SIMPÓSIO FOI LEVANTAR RECURSOS PARA COMPRAR O CARRO QUE TANTO ORAMOS E NECESSITAMOS AQUI EM BURKINA FASO. 
 
 
 
PARA GLORIFICAR O NOME DO NOSSO DEUS QUERO TAMBÉM COMPARTILHAR QUE ATINGIMOS O NOSSO ALVO! LOUVADO SEJA O NOME DO NOSSO DEUS.
 
 
 
RETORNEI DO BRASIL DIA 28 DE JULHO COM O DINHEIRO PARA COMPRAR O NOSSO CARRO. OBRIGADO A TODOS QUE ORARAM QUE SOFRERARM CONOSCO, QUE COLABORARAM PARA A COMPRA DESSE VEÍCULO PARA A OBRA DO SENHOR. AINDA ESTAMOS PROCURANDO, POIS O QUE TINHÁMOS VISTO FOI VENDIDO, MAS AINDA ESSA SEMANA CREMOS PODER ESTAR COMPRANDO. AQUELES QUE ORARAM, PEÇO QUE CONTINUE ORANDO ATÉ QUE SEJA EFETUADA A COMPRA E QUE NÃO SEJAMOS ENGANADOS NESSE PAÍS.
 
 
 
MUITO OBRIGADO POR TUDO! QUE O SENHOR MULTIPLIQUE NA VIDA DE CADA UM DE VOCES COM BENÇÃOS E PAZ ABUNDANTEMENTE.
 
 
 
MINHA FAMILIA SE ENCONTRA BEM.
 
 
 
MESMO EM MINHA AUSÊNCIA OS TRABALHOS CONTINUARAM COM O RAMÃ E ABIGAEL.
MOTIVOS DE ORAÇAO:
 

- PELA FAMILIA DO RAMA E ABIGAEL
- PELA NOSSA FAMÍLIA E A COMPRA DO NOSSO CARRO, QUE O SENHOR NOS DIRECIONE EM TUDO.
- PELA VIDA DO SALU( O MENINO QUE ESTAMOS CUIDANDO) PARA QUE O SENHOR  ENVIE  MISSIONARIO PARA SEU VILAGE.
 

QUEREMOS COMPARTILHAR TAMBÉM QUE EM RESPOSTAS AS NOSSAS ORAÇÕES  NO MÊS DE SETEMBRO ESTAREMOS RECEBENDO UM JOVEM MISSIONÁRIO PARA ESTAR NOS AJUDANDO AQUI EM BURKINA FASO. PEÇO ORAÇÃO DESDE JÁ POR ESSE JOVEM PELA SUA ADAPTAÇÃO E O TRABALHO QUE IRÁ DESENVOLVER . SEU NOME É FABIANO.
 

AGRADECEMOS A TODOS AS ORAÇÕES AS COLABORAÇÕES E TODO APOIO E CARINHO QUE OS AMADOS TEM DEMOSNTRADO PELA OBRA DE DEUS E POR BURKINA FASO.
 
 
 
NA PROXÍMA CARTA ESTAREMOS ENVIANDO FOTOS DO CARRO E DOS TRABALHOS.
 

= ==

OESTE DA ÁFRICA 25 DE AGOSTO DE 2010
FAÇO TUDO POR CAUSA DO EVANGELHO, PARA TAMBÉM SER PARTICIPANTE DELE. I CORINTIOS 9:23
AOS QUERIDOS E AMADOS IRMÃOS, A PAZ NO SENHOR JESUS;
É COM MUITA ALEGRIA QUE ESCREVEMOS AOS AMADOS  TUDO O QUE O NOSSO DEUS TEM REALIZADO AQUI EM ÁFRICA , POIS  DEUS TEM  USADO A SUA AMADA IGREJA PARA ESTAR CONOSCO AQUI EM ORAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES,  E LOUVAMOS MUITO A DEUS PELA VIDA DE CADA UM DOS AMADOS IRMÃOS .
QUERIDOS,  ESTAMOS EM UM ÓTIMO PERÍODO  DE CHUVAS AQUI , POIS SEM ESSAS CHUVAS, O NOSSO POVO MORRERIAM DE FOME E SEDE, NESSES MESES DE JULHO À SETEMBRO, É O  TEMPO ONDE ELES ESTÃO SEMEANDO MUITO .
 ATÉ MESMO NOS DIFICULTA MUITO A NOSSA SAÍDA  PARA OS VILAREJOS , POIS TODO O DESERTO SE TORNA  RIO.  MAS É UM PERÍODO ONDE A TEMPERATURA É ÓTIMA PARA NÓS. E APROVEITAMOS PARA ESTUDAR MAIS O IDIOMA .
MEUS QUERIDOS QUEREMOS COMPARTILHAR COM OS AMADOS QUE  ESTIVERAM ORANDO  JUNTO CONOSCO PELA COMPRA DE UM CARRO PARA A NOSSA FAMÍLIA ESTAR INDO COM MAIS FREQUÊNCIA  AO VILAGE QUE ESTAMOS TRABALHANDO  JUNTO COM O CASAL NATIVO HAAMÃ E SUA ESPOSA ABGAIL, POIS BEM, DEUS RESPONDEU AOS NOSSOS CLAMORES E NOS ABENÇOOU COM UM CARRO BEM FORTE   E ESPAÇOSO QUE JÁ ESTAMOS USANDO AQUI E TEM SIDO UMA GRANDE BENÇÃO PARA NÓS E PARA O POVO. ESTIVE NO BRASIL EM UMA CONFERÊNCIA  E DEUS USOU O AMADO PASTOR PARA FALAR DA NOSSA NECESSIDADE E ENTÃO FORAM LEVANTADO 9.000.00 PARA A COMPRA DESSE CARRO  E MAIS 4.000.00  DE VENDAS DOS PRODUTOS DE ÁFRICA QUE EU LEVEI, NO TOTAL FORAM 13.000.00 REAIS QUE USAMOS PARA COMPRAR O CARRO.  DEUS SEJA GLORIFICADO POR TUDO ISSO, POIS TUDO VEM DELE, E TUDO É PARA ELE.  
SEGUIMOS COM OS TRABALHOS, ESTOU ME DEDICANDO ESSE MÊS EM TERMINAR O PARQUINHO DAS CRIANÇAS, PARA INSTALA-LO ANTES DE COMEÇAREM AS AULAS EM OUTUBRO. PEDIMOS ORAÇÃO POR ISSO.
A IGREJA CONTINUA CRESCENDO. ESTA SEMANA RECEBEMOS UM DESAFIO DE UM PAI MULÇUMANO E DESESPERADO POR SEU FILHO DE 13 ANOS QUE SOFRE DE POSSESSÃO.  NA VERDADE NINGUÉM SABE EXPLICAR DIREITO O QUE ESSA CRIANÇA TEM. ELE DISSE QUE DESDE OS TRES ANOS ELE SOFRE DISSO. ISSO NOS LEMBRA ALGMA COISA? DEUS AINDA CONTINUA OPERANDO MILAGRES. ESSE PAI DISSE QUE SE ORASSEMOS POR ESTA CRIANÇA E ELE FICASSE CURADO, ELE DARIA SEU FILHO PRA JESUS! ESSE PODE SER O INICIO DA LIBERTAÇAO DE TODA UMA FAMILIA. ESTIVEMOS ORANDO E JEJUANDO. AGORA GOSTARÍAMOS DE DESAFIAR A IGREJA A ESTAR ORANDO COM A GENTE. CREMOS RECEBER BOAS NOTICIAS. DOMINGO PASSADO ORAMOS POR ESSE MENINO, DO MOMENTO DA ORAÇÃO ELE RELUTAVA, PARA QUE NÃO ORASSEMOS POR ELE, SE BATIA, ETC. MAS CREMOS NO PODER DO EVANGELHO EM NOME DE JESUS.
ESTEJAM ORANDO CONOSCO:
_PELA IGREJA EM NA SSO UM BOU
_ POR  ESSE MENINO E SUA FAMILIA
_RAMÃ E ABIGAEL E SEU FILHO.
_PELO SALU (O MENINO QUE ESTAMOS CUIDANDO ) E SEU VILAGE
_POR TODOS OS MISSIONARIOS
_PELO MISSIONARIO QUE ESTA NO EGITO E NINGUÉM SABE NOTICIAS DELE.
_ POR NÓS E POR NOSSA FAMILIA, NOSSOS FILHOS
 
= = =

NO AMOR DO PAI.
FAMILIA CAVALCANTE.
 
Tel:00xx226 72447381

PARA CONTRIBUIR: BRADESCO POUPANÇA 7072-6 AGENCIA 1020 

         JOSINALDO DORTE CAVALCANTE _ NO AMOR DE DEUS FAMILIA CAVALCANTE .

Jose Vicente Ferreira de Carvalho Carvalho _ 01/10/2009
Graça e paz Silvio e pessoal. Mário e Marta são da Horizontes, em Burkina, África. É um irmão muito precioso, nos convertemos praticamente juntos, muito idôneos mesmo. Orem por favor.

- - -


amados graça e paz !!!!
orem por burkina faso em especial pela capital pois ela tem passado esses dias por uma situação triste e de calamidade, pois como nosso costume de viaja todo mes pra capital esse mes fomos surpreendido pela forte chuva aqui na capital ouagadougu. onde saimos 7 da manha de djibo  vila onde moramos no interior cerca de 235km mais ou menos sendo que quase todo percuso da viagem é estrada de terra e o onibus é precario onde so DEUS pra dar o livramento. Onde pegamos chuvas no caminho, a estrada interditada e perigosa devido a forte chuva . onde nosso onibus acabou saindo da estrada cainda em uma vala onde quase virou onde apenas clamei o nome de jesus . Graças a DEUS onde ele ficou tombado de lado ninguem se machucou apenas levamos um susto . pois DEUS tem nos dado livramentos nestas estradas daqui. LOUVEM A DEUS CONOSCO, fomos chegar aqui 6 da tarde  , onde o transito estava uma loucura devida uma forte chuva que cai neste dia  onde pessoas estão desabrigadas casas que foram destruidas alem de morte de pessoass confirmadas esta semana. amados a tambem a questão de doenças onde as autoridades de burkina estão anunciandoa questão    da colera ,devido a quantidade de aguas empoçadas e a falta de rede de esgoto aqui que não tem. Isto é sobre saneamento basico da cidade.
 amados orem por esta situação  queridos  cremos que DEUS esta no controle
DE SEUS  AMIGOS DE  MISSOES MARIO E MARTA



http://herberteliete.blogspot.com _ Herbert e Eliete 
 1 de abril de 2010  Informativo 02/2010
 
Amados irmãos,
 
Completamos seis meses de África, mas às vezes sentimos em nosso coração que vivemos aqui há muitos anos, hoje já podemos comer vários tipos de comida, cumprimentar as pessoas, nos relacionar com os vizinhos e irmãos da igreja, sentimos saudades do Brasil, mas ao mesmo tempo nos sentimos tão em casa e ai vem à certeza que este é o lugar de Deus pra nossas vidas.
Durante este tempo que estamos aqui temos conhecido um pouco da cultura que compartilharemos com vocês, são costumes que agora fazem parte do nosso dia a dia, tais como dirigir. Ah! É uma aventura dirigir em Bobo Dioulasso, ao passar pelas ruas encontramos galinhas, carneiros, carroças com burro, gente de bike, a pé, em moto e de carro. O motorista tem que ter muita paciência, e ir se desviando de tudo e de todos, como nós, que outro dia nos deparamos com uma galinha choca bem no nosso caminho, paramos, buzinamos e nada, depois de um tempo com toda calma do mundo aparece o dono retira a galinha e podemos seguir caminho.
O povo de Bobo Dioulasso é alegre apesar da pobreza presente aqui, são muitos simpáticos e todos falam bom dia, como vai sua família, etc., é normal ver homens andando de mãos dadas nas ruas, e pode esquecer a historia de dois ou três beijinhos como nós fazemos, aqui é normal encontrar os cantos das testas quatro vezes. Homens e mulheres se vestem com a “Pagne”, tecido tradicional de algodão com estampas africanas. No dia internacional das mulheres, vimos várias pessoas usando o tecido com a mesma estampa, é normal fazer isso em dia de casamento, festas e eventos cívicos, ou confeccionar a roupa pra toda família com o mesmo tecido, é chique! Nós já aderimos à moda.
Alem de conhecer um pouco da cultura neste primeiro semestre nos integramos aos trabalhos da Igreja, da Casa Esperança e da Casa Refugio. Na igreja apoiamos com ministração da palavra, ainda em português, mas traduzidos por nossos amigos, aulas de artesanatos para as mulheres e com discipulado. Tanto na Casa Esperança, local que atende aos garibous três vezes por semana, com café da manhã e atividades didáticas, como a Casa Refugio, local que acolhe os ex garibous, estamos colocando mão as obra, Herbert está ensinando trabalhos simples de marcenaria, eletricidade e pintura. Eliete nas atividades didáticas.
Louvamos ao Senhor, pois sabemos que nossa força e disposição vêm Dele, louvamos também por sua disposição em nos ajudar a cumprir o Ide. Ore por nossa mudança ao Mali, no próximo mês Herbert irá conhecer o país, ore pra que seja uma benção a viagem e que Deus nos dê a provisão financeira. Ore também pra que Deus direcione nossos passos quanto ao melhor tempo pra nos mudarmos.
Despedimos-nos com quatro toques na testa desejando que a Graça e a Paz do Senhor sejam sempre sobre sua vida.
No amor do senhor,
 
- - -
Herbert e Eliete Aranibar  _ 2 de setembro de 2010 Noticias de Burkina Faso
 
Bobo Dioulasso,  de 2010.
 
“... e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e
língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus os fizeste reis e
sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.” (Ap. 05 09 -10)
Amados irmãos,
 
A cada culto que participamos vem a nossa mente o versículo acima,
pois aqui em Bobo Dioulasso convivemos diariamente com etnias, línguas
e povos diferentes, no país há mais de 60 etnias diferentes. Em um dos
cultos em nossa igreja foram feitas homenagens a uma família que se
mudou a outro país, que lindo ver o povo expressando-se nos seus
dialetos e com suas danças. Nós queremos muito aprender bem o francês
e depois aprender um dos dialetos, temos vontade de pregar,
evangelizar e ensinar em dialeto, assim sentimos que seremos mais
próximos do povo.
Durante o mês de junho fizemos um curso para aprender as técnicas de
tintura africana, foi incrível!  Eliete a cada dia se sente artista e
tem desenvolvido suas habilidades junto às mulheres da igreja com as
aulas de fuxico, tear e até mesmo culinária, Deus tem nos dado graça.
Louvamos ao Senhor por isto. Orem também pelas mulheres da Igreja,
pois no fim do ano terão oportunidade de apresentar seus trabalhos
artesanais em uma feira, que Deus dê a capacidade de produzirem
objetos bonitos e bem feitos e que possam vende los, cremos que assim
elas terão a auto estima elevada, orem também por Eliete, Etelvina e
Rejane pra que possam direcionar a estas mulheres a um bom trabalho.
Nosso trabalho aqui tem rendido frutos, nos alegramos muito com
projeto da marcenaria, recebemos uma oferta para comprar os materiais
necessários e a ajuda por quase um mês de um jovem marceneiro francês,
agora conseguimos equipar tanto a Casa Refugio como a Casa Esperança e
isto muito facilitará o trabalho. Pedimos suas orações por um jovem da
Refugio, o nome dele é Jacques e sentimos em nosso coração que ele
poderá levar o trabalho adiante quando partimos, orem por ele pra que
Deus lhe dê coragem e ousadia pra enfrentar esse desafio.
 
Queremos também louvar ao Senhor, pois Eliete já tem o visto para o
Mali e isto vai facilitar muito nossa ida, se Deus nos permite no mês
de dezembro, não cesse de orar por isto pra que portas sejam abertas.
Mais uma vez agradecemos todas as orações e contribuições que nos
permitem fazer a Obra que Deus colocou em nossos corações, rogamos ao
Senhor que as bênçãos dele sejam plenas em sua vida. Para ver fotos de
nosso trabalho visite o blogger http://herberteliete.blogspot.com/.
No amor do Senhor,
Família Aranibar.
 

- -
14/05/2012 Mais uma vez queremos pedir seu apoio em oração, na ultima quarta feira no fim da tarde, saimos para comprar algumas coisas pra casa, no momento em que o Herbert atravessavaa faixa de pedestre um motoqueiro o atropelou, graças a Deus sem grandes consequencias, mas ele teve o braço faturado, esta com gesso e o medico disse q ele deve ficar pelo menos por 45 dias imobiizado, orem por este tempo e tbm por todos papeis q temos q fazer como ocorrencias e etc.
Sabemos q em todas as coisas somos mais q vencedores, mas sabemos tbm q o papel do inimigo é tentar tirar nossa paz.
Contamos com suas orações, abraços,

= =

14/07/2013 _ Graça e Paz do Senhor.
Queremos louvar a Deus por seus cuidados em resposta a suas orações, nosso coração não para de agradecer ao Senhor por curar e restabelecer a saúde da Eliete. Ontem ela melhorou muito e hoje esta com novas forças.
Temos um novo desafio, estaremos de viagem para Burkina Faso a próxima semana por breve tempo e rogamos que nos acompanhem com suas orações, em tempo de ramadan no mundo muçulmano o clima adverso é forte.
Ore para que nossa viagem seja abençoada na estrada.
Ore por nosso ida e volta com os cuidados do Senhor.
Muito obrigado e Deus abençoe em nome de Jesus.

Família Aranibar

= =


Família Aranibar
BP 2816 - Bamako MALI/West Afrique
BRADESCO Ag. 0527-4 C/C 0049605-7
Banco do Brasil Agência 0523-1 C/C 7471-3
Telefone em Bamako 00223-77889365 ou 00223-70050239
http://herberteliete.blogspot.com


Claudilene Motta _ 18/04/2012 URGENTE!!!
Leiam abaixo um dos e-mails que recebi.
IGREJA , PEDIMOS MUITA AS VOSSAS ORAÇÕES POR BURKINA FASO POIS OS AMADOS DEVEM ESTAR ACOMPANHANDO O GRANDE PROBLEMA QUE O PAÍS DO MALI AO NORTE DA ÁFRICA QUE FAZ FRONTEIRA COM O NOSSO PAÍS BURKINA FASO AO NORTE ONDE A IGREJA ESTÁ IMPLANTADA NA DIREÇÃO DO PASTOR HAAMÃ E SUA FAMÍLIA .
COM A GUERRA CIVIL NO MALI E GOLPE DE ESTADO QUE ACONTECEU POUCOS DIAS ATRÁS , MUITOS MALIENS ESTÃO SE REFUGIANDO EM BURKINA FASO E NO NIGER , ASSIM O MALI TEM OUTRO PROBLEMA MUITO SÉRIO , POIS OS TUAREGUES QUE SÃO OS NÔMADES ,OCUPAM UMA GRANDE PARTE DO TERRITÓRIO DO MALI ,ELES ESTÃO SENDO APOIADOS PELO GRUPO TERRORISTA DA ALQ-AÍDA ,ASSIM OS TUAREGUES APROVEITARAM O GOLPE DE ESTADO E DIVIDIRAM O PAÍS DO MALI EM DOIS PAÍS , O NORTE PARA ELES E O RESTANTE PARA OS MALIENS COM ISSO , OS TUAREGUES ESTÃO ENTRANDO EM BURKINA FASO COMO GAFANHOTOS ,SÃO MUITOS JÁ SÃO MUITOS TUAREGUES BUSCANDO REFÚGIO AQUI EM BURKINA FASO , PRINCIPALMENTE EM DJIBO E NASSOUMBOU SÃO MUITOS AMADOS MAS NO MEIOS DESSES TUAREGUES ESTÃO OS QUE DESEJAM FAZER BARULHO E ESTÃO COMEÇANDO A ROUBAR AS OVELHAS DO POVO FULANE E ATÉ MESMO ENCONTRARAM MULHER COM ARMA DEBAIXO DA ROUPA ESSA SEMANA DENTRO DA FEIRA .
AMADOS , PRECISAMOS MUITO DE VOSSAS ORAÇÕES ESSA NAÇÃO NECESSITA MUITO , ASSIM RECEBEMOS UMA NOTIFICAÇÃO DO BRASIL DIZENDO QUE UMA IGREJA EVANGÉLICA EM BURKINA FASO TINHA SOFRIDO PERSEGUIÇÃO , ENTÃO FUI VERIFICAR SE ERA VERDADE , E REALMENTE É VERDADE A ESPOSA DO PASTOR FICOU DESMAIADA DE TANTA AGRESSÃO DENTRO DA CAPITAL , OUAGADOUGOU , A IGREJA FOI FECHADA E APEDREJADA E OS PASTORES ESTÃO EM UM HOTEL .


12/05/2013 - Cristiane Oliveira ... fomos muito abençoados na nossa viagem ao povo Marka. Nosso objetivo (eu, Pr. Ye e Solange Ye, Pr. Koné e Pr. Tamini) era descobrir novos vilages onde não há nenhuma ou quase nenhuma presença cristã. No final quando retornamos a aldeia de Nana, depois de dois dias intensos de viagem, oramos e analisamos os dados recolhidos para saber o que fazer diante de tanto trabalho e desafio. A seara é realmente grande, mas os trabalhadores são poucos, que o Senhor da seara nos dê mais obreiros. Seguimos em oração

https://www.facebook.com/roberto.simone.12 - Roberto Simone . 22 de janeiro às 2017 · Debaixo de árvores se reúne a nova igreja na tribo de Matrokou onde o projeto Cafi Burkina Faso esta apoiando a implantação deste novo lugar de adoração. Ore pelo Pr Mark e sua esposa que estão fazendo um maravilhoso trabalho e por pessoas para contribuir na construção de uma igreja nesta tribo. Deus os abençoe poderosamente!

Djibo soutient Dr. Ken Elliot. · http://www.uniaonet.com/afburquina.htm - No aniversário de um ano pelo rapto de doutor elliott sistemas população djibo marcha pacífica para lembrar as autoridades envolvidas na necessidade de trabalho em encontrar uma solução para o regresso do Dr. Elena em segurança

Participe! Envie-nos seu comentário : www.uniaonet.com/email.htm
Página Inicial : www.uniaonet.com