www.uniaonet.com/africazimbabwe.htm
18/11/2010

ZIMBABWE .

Estou precisando de um contato com alguém importante na Embaixada do Zimbabwe no Brasil. Estava tudo acertado para um pastor do Zimbabwe estar em Cabo Frio realizando diversas programações evangelisticas e culturais. Entretanto, ele teve problemas com o passaporte dele e não está conseguindo resolver. Se porventura, você conhece alguém que possa nos ajudar a intermediar um contato, muito nos ajudará. Abraços Rev. Luiz Carlos Correa Presidente do Conselho de Pastores de Cabo Frio Pastor da Igreja Presbiteriana de Cabo Frio _ 18.04.07
( 19/04/2007 Eu não tenho contato com esta região, mas passo para alguém que conhece tudo de contato _ D.Botelho )



www.jmm.org.br Junta de Missões Mundiais da CBB
A irmã Sheila Alencastre, esposa do Pr. David Alencastre, casal que está no Zimbábue, pede as nossas orações por sua filha Sarah que não está se adaptado bem à sua nova moradia, num Seminário, onde a família está morando.
A menina está apresentando vários problemas comportamentais, como chorar constantemente, roer as unhas, ter medo etc. Eles estão muito preocupados e pedem nossas orações.
Interceda para que Deus possa acalmar o coração da pequena Sarah, para que ela possa ter uma melhor adaptação. Ore pedindo sabedoria para seus pais saberem como agir nesse momento. Uma boa adaptação ao campo missionário em família é fundamental para o exercício do trabalho missionário. Clame pela família Alencastre. PIM/11-JMM-26/11/04

Os pastores Girlan da Silva e David Alencastre, com suas famílias, precisam de vistos para seguirem para Moçambique e Zimbábue, respectivamente. Ore a Deus pela liberação de vistos para esses missionários._ JMM-224/mar-04

Evenos & Jane Luz _ December 16, 2004 : OUTUBRO/NOVEMBRO
Queridos em Cristo.

"Em tudo dai graças porque esta é a vontade de Deus para convosco em Cristo Jesus"
 
Confesso que esta é a melhor maneira de expressar nossa gratidão pelo que Êle tem feito sempre conosco, e especialmente nesses dois últimos meses. Reconhecer a vontade dÊle em cada momento e nos esforçar para estar submissos a esta vontade é gratificante.
Muitas vezes citamos este texto como um desabafo, ou uma espécie de acomodação pelo que não tem outro jeito, ou até para esconder um fatalismo que não ousamos assumir.
Sinceramente, não há nada como colocar tudo nas mãos do Senhor e esperar nÊle. Com todo o cuidado para não atrapalhar os planos que Êle mesmo já preparoue não nos nossos próprios planos.
 
Esse silêncio de dois meses deve-se ao fato de que ao aproximar-se o momento de deixarmos o Zimbabwe muitas coisas ocorreram que limitou ainda mais o nosso tempo. O veículo, relativamente novo, deu problemas e como as peças tiveram que ser importadas o conserto durou muito mais do que se esperava. Os prazos nas preparações de documentos para transportar nossa mudança foram outro problema. Os papéis necessários para transferência de escola dos filhos outro transtorno, e assim por diante.
 
Como resultado, havíamos planejado deixar pelo menos as duas últimas semanas para viajar com a família, em pelo menos alguns lugares onde havíamos trabalhado, que não eram poucos, para nos despedir e revisitar as igrejas plantadas, templos construídos, os projetos realizados como a Escola de Chambuta, sem falar da multidão de filhos na fé do Senhor Jesus Cristo e incontáveis amigos que até agora não acreditam que deixamos o país. Tudo isso não foi possível, mas até nisso dmos graças a Deus, pois nos poupou algum sofrimento.
 
Ainda assim o Seminário Teológico fez uma despedida para nós na ultima capela do ano letivo que nos emocionou bastante.
A Igreja Batista em Windsor Park (Windsor Park Baptist Church), que plantamos e onde éramos membros, fez uma festa tão grande que se não fosse pelas lágrimas e pelos discursos, pensaríamos que estavam felizes com a nossa saida.
 
Com todo corre-corre de mudança ainda tivemos um trimestre muito abençoado no Seminário com as duas matérias que lecionei: Ministério Evangelístico da Igreja  e Organizações Missionárias da Igreja. O treinamento de Evangelismo Explosivo para a última turma foi de certa forma prejudicado, principalmente a prática que é indispensável. Irão repetir no próximo trimestre já que deixamos pessoas treinadas que podem continuar o programa. Junte-se a nós em oração para que eles continuem firmes nesse propósito.
 
No dia 28 de novembro participamos do último culto, no dia 30 entregamos a casa ond residimos os últimos 4 anos, e no dia 3 de dezembro deixamos o Zimbabwe depois de 13 anos de ministério entre aquele povo que amamos tanto.
Nos chamaram de mestres e amigos na nossa despedida, mas a impressão que temos é de que aprendemos mais do que ensinamos, que trouxemos mais do que deixamos.
 
Nas próximas semanas estaremos escrevendo outra para atualizar sobre o que o Senhor está nos mostrando e daremos mais detalhes sobre a família.
 
Por enquanto ficamos no amor de Cristo orando por todos vocês e agradecendo o carinho e apoio que sempre nos dedicaram, e pelo privilégio dessa parceria no serviço do Senhor.
 
Pr Evenos e Jane Luz

10/08/2003 - Queridos - saudacoes! "Por isso, homens, tenham coragem! Eu confio em Deus e estou certo de que ele vai fazer o que me disse." Atos 27:25 (BLH) Essas palavras do apostolo Paulo, nas circunstancias em que ele se encontrava, no mar sob um furioso temporal, devem nos servir de exemplo e de encorajamento tambem. Como servos de Deus devemos ter essa mesma confianca nEle, e tambem palavras para encorajar os outros, principalmente os que estao no mesmo barco. Nos continuamos tocando o barco pra frente, confiados no Senhor e apesar do temporal. Ele nos levara seguros ao destino por Ele tracado. A familia continua gozando de saude de uma maneira geral. Nada de preocupar, pelo menos aparentemente. Jovanda, Ezequiel e Calebe esse mes de ferias em casa. Adolescentes e Pre-As como todos os outros. Gracas a Deus vao bem na escola e na igreja. Jane e eu precisando de suas oracoes para termos mais paciencia e sabedoria ao lidar com eles. Temos conhecimento das dificuldades tambem ai do outro lado. O aumento da violencia, as manifestacoes contra as reformas da previdencia e tributaria. Os Sem Terra, os Sem Teto, e os Sem Cristo. Penso que a situacao destes e a pior. Nos dois ultimos meses a situacao no Seminario Teologico foi estavel. Concluimos o treinamento sobre "Mordomia e Administracao das Financas da Igreja" dos 10 lideres de igrejas que haviamos iniciado quando escrevemos a ultima carta. Agora so nos resta orar para que eles repassem as igrejas o que aprenderam e o Senhor no tempo certo abencoara com os resultados. Por conta das dificuldades de combustivel e transporte de uma maneira geral, a pratica ministerial dos alunos tem sofrido muitas adaptacoes. Nos ajudem em oracao para que nao nos falte ideias e criatividade. Lamentavelmente, se posso falar assim, nao foi possivel realizar nenhuma das atividades evangelisticas que haviamos planejado para esse periodo envolvendo um maior grupo de alunos. Encerramos as aulas com um seminario sobre aconselhamento pastoral onde todos os alunos e professores participaram. Conseguimos trazer um professor da Universidade da Africa do Sul especialista nessa area. Foram dois dias onde pudemos desafiar e ao mesmo tempo encorajar aos alunos a dar uma maior importancia ao aconselhamento como parte do ministerio. As duas areas mais abordadas foram "Ministrando em tempos de crise" e "Aids e suas consequencias". Iniciamos as ferias escolares (8 de agosto a 8 de setembro) com os feriados nacionais das Forcas Armadas e dos Herois da Patria. Ha uma conotacao politica nas celebracoes e o pais sempre fica tenso. Seria uma boa ocasiao para atividades evangelisticas, mas nao vale a pena correr o risco na situacao atual. A unica atividade que esta ocorrendo e um "Encontro regional de jovens" que esta sendo realizado em uma das nossas igrejas aqui em Gweru, mas devido aos fatores ja mencionados o numero de participantes esta muito aquem do desejado para a regiao. Juntamente com outros membros do Departamento de Missoes, em junho decidimos visitar todos os missionarios nacionais ate o fim de agosto, e ja conseguimos visitar 8 deles. Para a gloria do Senhor e alegria nossa, mais dois dos nossos missionarios autoctones estao com suas igrejas se preparando para convidar um pastor e em seguida eles irao iniciar novas igrejas em outras localidades. Sao o Pr Simon Vuragu e o Pr Sam Ncube. Por outro lado o Pr Ivine Mtembo que devera deixar Jambezi e Mbizha para plantar uma nova igreja em Hwange, uma area de mineracao de carvao, ainda nao conseguiu se mudar devido as atuais circunstancias. Pedimos que continuem orando para que possamos ajuda-lo a efetuar essa transferencia antes do final do ano Orem tambem para que possamos concluir as viagens de visitas aos missionarios antes do fim de agosto como planejamos. E que no final do mes sera a Assembleia Anual da Convencao Batista do Zimbabwe e teremos que preparar relatorio par a reuniao do Departamento de Missoes. Como parte da nossa viagem tambem visitamos Bulawayo, a segunda maior cidade do pais com aproximadamente 900.000 habitantes, onde reunimos com os pastores das 6 igrejas batistas. Nosso objetivo foi desafiar os pastores a plantarem pelo menos mais 6 igrejas ate o fim de 2005. Deixamos o desafio para que eles levem as igrejas, e nos oferecemos para ajudar no que for possivel. Por favor, orem nesse sentido. Bulawayo e tambem capital de uma das provincias (equivalente aos nossos estados), e onde ha a maior populacao do povo ndebele no pais. A igreja onde somos membros, em Windsor Park, continua progredindo, a passos lentos por causa da situacao, mas firmes. O pequeno grupo que se prepara para o batismo devera descer as aguas esse mes. Continuem orando porque o inimigo sempre tenta atrapalhar. Daqui tambem oramos por voces e agradecemos a Deus pelo apoio que nao deixam faltar. No amor do Senhor Jesus. Seus missionarios no Zimbabwe. Pr Evenos e Jane Luz _ Comin88

14/05/2003 ZIMBABUE - Missionários Evenos & Jane Luz -
Queridos em Cristo - Saudacoes! "...corramos com perseverança a carreira que nos esta proposta." Num desses dias estive meditando no capítulo 12 da Carta aos Hebreus e o verso primeiro estava em evidência. O livro que uso para meditações contava a estória de um atleta da Tanzânia que foi participar dos jogos Olímpicos no México em 1968. O atleta ficou muito machucado em algum ponto da competição, e creio que necessitou mesmo ser atendido pela equipe médica. Apesar do incidente, ele continuou a correr com muita dificuldade mesmo com os curativos. E um fato inedito é que ele alcançou a linha de chegada com umatrazo de uma hora e no último lugar, é claro. (Comim71) Os repórteres lhe perguntaram por que tanto sacrifício se já havia perdido a competição, de qualquer maneira. Ele respondeu: "Vocês acham que meu país me mandou aqui para iniciar a corrida? Não, eu vim para terminar." Que mensagem encorajadora! É tão fácil para muitos desanimar, desistir no meio da corrida. Mas o Senhor nos desafia a correr com perseverança a carreira que nos está proposta. Não importa as dificuldades, os incidentes, os tombos do caminho. Muito mais quando temos a certeza que o Senhor está conosco. E assim nós continuamos nossa carreira. Durante o feriado da Páscoa tivemos o Congresso Anual dos Jovens da nossa Convenção. Superou nossas expectativas. Com quase 700 jovens inscritos na situação atual é uma grande vitória. Nossa igreja, Windsor Park Baptist Church, conseguiu enviar 8 (oito). E o nosso grupo de jovens está crescendo. Orem por Wellington e por Denis, nossos novos membros. Graças a Deus e às suas orações. Nesse último mês tivemos duas greves geral, ou seja, em todo o país. Uma foi antes do congresso e a outra na semana depois do congresso. Durante essas greves fica perigoso até sair de casa porque sempre há violência e por causa do aspécto racial somos alvo em potencial. O Pr. Samuel Zinyama, que está plantando uma igreja em Bindura desde o início de 2001, já tem 52 membros arrolados, entre batismos e alguns recebidos por transferência. Aquela cidade é politicamente muito sensivel mas o Senhor tem dado sabedoria ao nosso obreiro. Por sinal ele goza de muito respeito na comunidade. O Pr. Cleopas Gandiwa que está em Rutenga reavivando a igreja que passou por serias dificuldades, batizou 7 (sete) novos membros no mês passado. Quando a igreja foi iniciada em Rutenga a pequena cidade estava numa fase de desenvolvimento que prometia muito. Com a situação econômica e política atual do país as pequenas empresas e o comércio sofrem em primeiro lugar. Com isso vem o êxodo e a descontinuação de serviços etc. Com a crise atual ainda não pudemos visitar a Escola de Chambuta esse ano. Estamos planejando para esse mês uma programação evangelística envolvendo a escola e a comunidade. Queria continuar contando as bençãos, mas na carta desse mês não pode faltar uma homenagem especial às MÃES. A minha mãe, a mãe dos meus filhos, a minha sogra, e todas as mães das nossas famílias. Nossas irmãs, cunhadas, tias, primas, enfim todas as mães. Uma especial, dona Tereza de Jesus Santos, mãe e avó de missionários. As mães missionárias, e as mães dos missionários. Todas as mães adotantes, que estão nas nossas igrejas orando por nós, contribuindo financeiramente, divulgando a obra missionária. Agradecemos a Deus por todas vocês, desejamos muitas bençãos e um FELIZ DIA DAS MÃES cheio de alegrias. Seus missionários no Zimbabwe.

14/04/2003 Queridos em Cristo. "...nkabela uyooletela bamasi luumuno." Zekariya 9:10b - Dessa vez estamos dizendo: "...e Ele anunciará paz às nações." na língua Tonga, que é falada no noroeste do Zimbabwe e no sudeste da Zambia. É que quando foram feitos os tratados para delimitar as fronteiras políticas, demarcadas nesse caso pelo rio Zambezi, não consideraram que esse grupo étnico ficava dividido entre os dois países, Zimbabwe e Zambia. No lado do Zimbabwe, naquela área do povo Tonga, temos o nosso missionário autoctone Pr. White Kongobwe e família na cidade de Binga. A Igreja alí tem tido muitas altas e baixas com as secas, a crise econômica e política do país e também porque ele é o terceiro missionário trabalhando alí nos últimos sete anos. Os dois missionários anteriores deixaram o campo porque não resistiram às dificuldades, e nos intervalos de um missionário para o seguinte tudo voltou à estaca zero e teve que ser recomeçado. Mas o Pr. White Kongobwe já conseguiu reunir alguns membros que estavam afastados e desanimados na Igreja em Binga, e conseguiu também reavivar as congregações em Msenamupongo e Simatelele. Apesar do árduo trabalho do missionário para evangelizar, discipular e batizar, muitas pessoas deixam aquela área em busca de trabalho em centros urbanos mais desenvolvidos, principalmente os jovens que terminam o segundo grau na escola. Jane, e o Departamento de Discipulado e Treinamento de Igrejas da Convenção com o qual ela trabalha, realizaram uma oficina para líderes em uma associação vizinha da nossa. Com a participação de 40 pessoas, na atual situação do país, é um grande resultado. Conseguimos vender o nosso carro velho e compramos um melhor. Já começamos a ir ao Seminário e continuamos trabalhando com os alunos na supervisão de prática ministerial. Tem sido difícil para o Seminário, para as igrejas, e para nós, manter o padrão desejável porque falta combustível e os preços de transporte estão nas nuvens. Muitas vezes os seminaristas não podem ir para as igrejas onde fazem a prática ministerial. Orem nesse sentido. Por outro lado, nossa grande preocupação com alimentação para os seminaristas, que mesmo eles comprando não está facil de conseguir. ultimamente tem sido aliviada. Uma ONG e um departamento do governo tem ajudado nesse sentido. Somos agradecidos ao Senhor por isso, são respostas às suas orações. Não parem. A igreja em Windsor Park continua lentamente. Orem para que o Senhor nos dê sabedoria nesse ministério. Também para que os membros não se sintam desanimados. Nossa classe de jovens na escola dominical tem crescido, mas muito pouco. Orem para que o Senhor nos mostre o que devemos fazer para dinamizar esse grupo. Esse mês, de 18 a 22, por ocasião do feriado da Páscoa, haverá o Congresso Anual de Jovens. Será aqui em Gweru e planejamos estar alí com alguns dos nossos jovens. Orem por esse evento. Muitos não podem ir porque não podem pagar. Outros jovens aproveitam os feriados para fazer algum trabalho e ganhar um dinheirinho para ajudar nos estudos. Quanto a nós em Gweru, fazendo um balanço desses últimos três meses, pudemos ver que apesar das muitas dificuldades e muitas vezes do nosso desânimo, o Senhor tem realizado muitas maravilhas. A renovação do nosso visto, a compra do carro, alguns problemas no Seminário solucionados, a Igreja que trabalhamos vai devagar mas firme, a família com saúde, algumas atividades realizadas apesar da situação tão crítica. Só temos que agradecer. Nesse momento em que algumas igrejas aí no Brasil estão encerrando a Campanha de Missões, gostaria de agradecer mais uma vez o apoio em orações, as contribuições financeiras, a divulgação do que o Senhor está fazendo aqui no Zimbabwe através do nosso ministério, enfim sua participação nessa obra que não é nossa, é do Senhor.Todos os dias agradecemos a Ele por suas vidas. Com carinho, dos seus missionários.(comin61)

Evenos Luz Nunes 29/11 Jane Santos de Carvalho Luz 26/04 P.O. Box 2584 Gweru ZIMBÁBUE -  "...Este ano a malária está comandando e já fez mais vítimas do que em anos anteriores, inclusive ceifando vidas. Há famílias que já perderam mais de um membro. Alguns dos nossos missionários autoctones e familiares têm sido vítimas, mas graças a Deus as vidas foram poupadas até agora. Nossa família tem sido poupada da malária, mas necessitamos de suas orações pela nossa saúde. Quase todos nós necessitamos alguma atenção médica que por simples que seja a situação no Zimbabwe não inspira confiança, além do custo altíssimo quando se encontra. No mês passado, aproveitando as férias escolares das crianças, fomos à África do Sul para tratamento médico. Jane fez alguns exames e parece que está tudo bem, de acordo com os resultados. No meu caso foi um pouco desanimador porque a hernia que operei no ano passado voltou e o cirurgião disse que terei que operar outra vez. Tentarei esperar até o fim do ano e farei aí no Brasil, já que estamos indo de férias. O Pastor Paul Bere continua doente, mesmo assim a igreja continua construindo e ele batizou 5 (cinco) novos irmãos no mês passado. Desde que eles iniciaram o trabalho em Chivu têm enfrentado sérios problemas de saúde. Primeiro foi a esposa, irmã Irene, por mais de dois anos, depois foi o filho Peter por outros dois anos, no ano passado tem sido o pastor que teve malária e até agora não recuperou totalmente. O Pastor Ivine Mtembo, que tem a esposa cega, mudou de Jotsholo para Jambezi em janeiro. Alí identificou alguns membros espalhados na redondeza e já duas congregações foram iniciadas. No mês passado ele batizou 4 (quatro) novos irmãos. Estão enfrentando problema de habitação. Não conseguem casa para alugar, é uma área rural com algumas vilas.Lembram da Clínica de Evangelismo que realizamos em Chambuta no início de abril? Pois é, no domingo passado estive lá de volta para batizar 14 (quatorze) pessoas como resultado daquela clínica. E o mais gratificante é que alguns são fruto dos nossos treinandos. Por sua vez eles estão começando a treinar outros. Sabe como fazemos para chegar alí? Viajamos daqui de Gweru para Chiredzi, 320km. Deixamos o carro estacionado alí e usamos um transporte público (mas não de linha) para chegar ao Rio Runde 25km. Como o rio está cheio atravessamos de canoa. Do outro lado aventuramos transporte para chegar a Chabuta 27km.  A congregação em Mutomani continua construindo o templo que esperamos terminar antes das chuvas em outubro. Mesmo porque o líder, que é também o pedreiro, está se mudando para Masivamele. Ele já está planejando começar outra congregação nesse novo lugar. O programa do Seminário Teológico continua bem e temos muitos planos para este trimestre. Orem por um projeto de plantação de uma nova igreja que estamos realizando com os alunos como parte prática da matéria que estou lecionando, "Métodos de Plantação de Igrejas". As nossas crianças vão bem na escola, Jovanda no primeiro ano da secundária, muito trabalho, mas já adaptados aqui em Gweru e felizes com a escola. Jane cada dia com mais trabalho, além de cuidar de nós todos. Como temos recebido muitas cartas perguntando pela Escola de Chambuta, quero dizer que Deus tem abençoado. O projeto continua contando com Suas bençãos. No mais, continuamos aqui na luta. O Senhor proverá.Abraços cheio de gratidão pela sua participação. Juntos colhemos as bençãos..." (COMIN)
"Amados em Cristo... O pedido urgente é pelo Pastor Simon Maponga e família, como também pela Igreja Batista em Rushinga. Mobilizem o máximo de pessoas possível para orar por eles nesse momento. O Pr. Maponga é nosso missionário nacional em uma área não alcançada do país e que sofreu muito durante a guerra pela independência. Ele com a família chegaram alí em 1996 e já planejavam mudar de campo para iniciar outra igreja, mas ainda estava no processo de preparação para convidar um pastor. O trabalho alí foi iniciado por ele, e quando alí chegaram não havia nem sequer um membro para ajudar. Haviam duas outras igrejas de outra denominação, muito pequenas e sem visão de alcançar aquela comunidade e os arredores. Eles trabalharam muito para chegar onde chegaram.  Apesar de a membresia da igreja em Rushinga ser de apenas 75 membros, eles têm 3 outras congregações. Com muito sacrificio eles adquiriram um grande terreno para a igreja e já tinham o templo construído, faltando apenas portas, janelas, reboco e outros acabamentos. A propriedade tem espaço para construir a casa pastoral, mas eles estavam residindo em quatro salas nos fundos do santuário. Há espaço para outras construções, o que era a visão deles, onde poderiam ter projetos comunitários. No momento, na construção inacabada e com algumas adaptações, eles estavam realizando um projeto de grande importância para a localidade e para o país em geral. Digo de importância para o país porque o país necessita de algumas centenas de projetos iguais.Na igreja estava funcionando uma espécie de creche, só que era exclusivamente para orfãos de vítimas da AIDS. Essas crianças vinham de manhã cedo, tinham três refeições, escola, e depois da última refeição à tardinha voltavam para casa. Funcionava assim por dois motivos: não queriam cortar os vínculos familiares já que os responsáveis pelas crianças são tios ou avós (geralmente muito pobres), o outro motivo e que não há os recursos para te-los internos se fosse o caso.A população de orfãos de país que morre de AIDS está crescendo assustadoramente.Como haviam duas organizações ajudando no projeto, e as pessoas responsáveis eram estrangeiras (brancas), isso originou um grande problema. O país passa por uma crise política muito séria, e estrangeiros são suspeitos de apoiarem os partidos de oposição, principalmente a oposição mais forte. Por isso nosso missionário foi alvo de algumas ameaças, por suspeita de que os estrangeiros que estavam ajudando ajudavam a oposição, e que aquele projeto era apoiado pela oposição. Sabemos que nosso missionário não tinha nenhuma ligação política, mas para sua segurança pessoal e de sua família tiveram que sair de Rushinga às pressas. Eles estão em lugar seguro mas o projeto foi fechado e a igreja esta ameaçada de perder a propriedade. Esse é o nosso pedido no momento..." (COMIN)
Queridos em Cristo! "E ele mesmo concedeu... outros para pastores e mestres." Aqui no ZIMBABUE (África) não se comemora "DIA DO PASTOR", pelo menos até onde tenho conhecimento. Na verdade não faz sentido para a cultura esse negócio de dia disso e dia daquilo. Já é muito que uma camada da sociedade comemore Dia das Mães e Dia dos Pais, por ter sido mais exposta ao contato com a cultura ocidental de alguma maneira. Mas como nós missionários estamos sempre entre dois mundos, não podemos esquecer coisas que são de muita importância para nós. Há um bom número de pastores que influenciaram positivamente minha vida e ministério. Se fosse mencionar nomes correria o risco de esquecer algum. No meu caso teria o meu primeiro pastor, aquele outro que pregou no dia da minha decisão, o que me batizou, o que me ensinou os primeiros passos. E os que foram meus professores no seminário, o que celebrou meu casamento, o que me deu oportunidade de servir ao Senhor, o que teve mais paciência. E aquele que me perdoou uma grande ofensa, aquele colega com quem sempre orava, o que compartilhava sua vida. Aquele que foi um grande exemplo e eu tento imitar. Se resolvo mesmo continuar lembrando, a lista nunca vai acabar.Mas depois de entregar minha vida para o Senhor usá-la na obra missionária, outros pastores foram acrescentados à minha lista. O pastor adotante, o pastor promotor de missões, o pastor que ora por missões,  o pastor que leva sua igreja a ser uma igreja missionária etc. Lembro que um dos meus pastores durante a Campanha de Missões entregou seu salário como oferta. Sei de outro que começou a orar por missões e pelos missionários e acabou indo para o campo. Sei de outros que estão no Brasil mas o coração está no campo missionário. Minha oração é que o Senhor continue abençoando todos os pastores brasileiros, onde quer que eles estejam servindo Àquele que os alistou. Não tenho palavras para expressar meu respeito e minha gratidão por tudo que eles representam para mim. O que posso fazer é agradecer ao Senhor por cada um deles. Meu filho me deu no Dia dos Pais uma caneca que tem a seguinte inscrição: "Behind every successful DAD there is a family who loves him". (Atrás de cada PAI bem sucedido há uma família que o ama.) Eu digo que isso é mais verdadeiro ainda no caso do pastor. Todos os pastores que mencionei acima, suas famílias são grande parte do sucesso deles.
Amados! Esta semana...estaremos indo para uma missão tripla. Com oito alunos de nossa classe no Seminário Teológico e mais dois pastores, iremos fazer três visitas a três campos missionários. PRIMEIRO - Um grupo de quatro ficará na Igreja Batista em Mukwasine, onde fomos membros por quatro anos, e alí farão uma Campanha Evangelística. Essa igreja, que está experimentando um bom crescimento, é liderada pelo Pastor Douglas Sibanda. Ele é um pastor jovem mas com uma grande visão. Orem por ele, sua esposa Priscila, e os dois filhinhos Timoty e Tinashe (nascido no dia 20 do mês passado). Orem pela igreja que antes da nossa chegada alí estava quase morrendo, mas com a chegada do Pastor Douglas Sibanda já aumentou a membresia e está na fase final da construção do templo.Orem pelos estudantes que farão o trabalho alí. SEGUNDO - O segundo grupo ficará em Mahenye. Esse nome já é conhecido de alguns dos irmãos. Lembram que no ano passado tivemos uma campanha evangelística alí? É o lugar mais difícil de evangelizar que eu conheço aqui no Zimbabwe. Há um missionário autoctone, o Pr Luckson Chegomo, trabalhando alí  desde 1995. Os resultados são mínimos em termos de número. Essa é a nossa percepção humana, mas o Senhor tem os seus planos e propósitos que se não entendemos agora por certo um dia nos será revelado. Pedimos que orem pelo grupo que ficará alí nesses dias para que não desanimem porque o lugar e desencorajador. TERCEIRO - Temos um desafio muito grande e sabemos que só realizaremos se for mesmo a vontade do Senhor. Há uma congregação, iniciada por um líder que está em treinamento, localizada numa área de difícil acesso. Essa congregação foi iniciada em fevereiro de 1999 e fomos convidados para ir realizar batismos naquele mesmo ano mas não foi possível. Planejamos para o início do ano 2000 mas a área foi severamente atingida pelo Ciclone Eline a ponto de toda a vila ter sido levada pelas águas e os antigos habitantes não quiseram reconstruir no mesmo lugar. Procuraram um lugar próximo, aparentemente mais seguro em caso de chuvas daquela natureza. Queríamos tentar no início desse ano 2001 mas as chuvas impediram outra vez. Agora é a estação seca, mas a área é perigosa e de difícil acesso. Tentaremos ir apenas com mais dois pastores. Sentimos a responsabilidade de ir porque aqueles irmãos estão clamando por apoio e acima de tudo para serem batizados.  Contamos com as suas orações. Orem e mobilzem outros para orar. Orem na igreja, em casa com a família, com outros irmãos onde for possível se encontrar. Aqueles que sentirem o desejo de jejuar nesse período e por esse propósito, agradecemos. Agradecemos o seu apoio nessa parceria que o Senhor nos colocou para Sua Honra e Sua Glória. Que Ele mesmo os abençoe."

Diversos : Em setembro, o líder de uma igreja em Rusape falou contra a violência apoiada pelo governo e foi queimado. Muitos membros da igreja e suas famílias sofrem ataques violentos. Muitos deixaram o país e outros foram expulsos por causa das represálias. Em Mount Darwin, a Conferência das Mulheres Metodistas, que contava com dois mil participantes, teve de ser interrompida. O local onde estavam foi atacado. O partido governista , a União Nacional Africana do Zimbábue (UNAZ), está intimidando e forçando as pessoas a não apoiarem o partido de oposição. "Eles (autoridades do UNAZ) sabem que a igreja desafiará a tomada deles do poder. A verdade mostrará como eles estão aterrorizando o povo", disse um morador da capital, Harare. A população do Zimbábue é constituída entre 40 a 60% por cristãos. *Ore pela igreja perseguida no Zimbábue. *Clame a Deus pelo fim da opressão naquele país.

MeM - 25/12 - Está havendo um confronto entre a igreja e o presidente do Zimbabue Robert Mugabe. Tem crescido o número de mortes por causa de m-a nutrição no país e o presidente baixou uma lei pela qual, somento os funcionários do partido do governo podem distribuir ajuda em alimentos. O arcebispo católico do lugar Pius Ncube denuncia o absurdo deste jogo político, porque compram votos em troca de alimentos. Em Masase, uma aldeia de 2 mil habitantes no centro do país, são os luteranos que desafiam a União Nacional Frente Africana Patriótica, proporcionando alimento à população de maneira encoberta.Fonte: Zenith, ICPRESS


Numa operação catastrófica de “limpeza urbana” por ordem do presidente Mugabe milhares de casas, abrigos, mercados e clínicas de ajuda humanitária foram destruídos deixando aproximadamente 1,5 milhões de pessoas desabrigados. Para tentar evitar notícias precisas desta tragédia humanitária, o Pres. Mugabe proibiu as agências humanitárias de continuarem ajudando os pobres famintos e doentes. A Conferência Nacional de Pastores advertiu Magabe a “se engajar em uma luta contra a pobreza, e não contra os pobres”. ðOre pela salvação de vidas, alívio do sofrimento, abrigo de crianças e velhos sem famílias e resgate da dignidade humana entre os desabrigados.(TeuReino/Out/05)
30/10/2008 - No Zimbábue 100 bi de dólares compra apenas 3 ovos Redação 24HorasNews Não, não é brincadeira! No Zimbábue você gasta o equivalente a 100 bilhões de dólares zimbabuanos para comprar apenas três ovos. Pode parecer loucura, mas a inflação no Zimbábue é tão alta que a moeda sequer paga o papel usado para imprimi-la. Como resultado, os moradores acabam apelando para o escambo ou a ajuda de familiares e amigos que moram na África do Sul. O índice de inflação do país chega a dois milhões por cento ao ano e é considerado um dos maiores do mundo. Para você ter uma idéia dessa situação, os computadores e calculadoras já não conseguem mais lidar com tantos dígitos da moeda e o índice de desemprego chega a 80% da população adulta. Para dar uma freada nessa situação, e enquanto uma solução não é encontrada, o Banco Central do Zimbábue decidiu em agosto cortar dez zeros. Assim, 10 bilhões de dólares foram reduzidos para 1 dólar. Entretanto, Peter Biles, especialista da BBC na África do Sul, declarou que esta é apenas mais uma tentativa desesperada de estabilizar a caótica economia do País. Fonte:Obutecodanet
- - -
www.actosministry.net Olá pessoal, veja esta notícia que sintetiza bem a situação caótica do Zimbabwe. Isto é digno das nossas orações, pelo menos. J. Müller ACTOS Ministry Coordinator P.O. Box 166 - Rosettenville 2130 Johannesburg - South Africa Phone/Fax: +27119027082 Cellphone: +27823653262
Crianças fogem do Zimbábue para novas vidas desoladas na África do Sul . . . Eles parecem filhos das ruas, seus olhos em busca de restos de lixo e seus corpos cobertos com roupas não mais limpas que os trapos de um mecânico. Perto da meia-noite, essas crianças zimbabuanas podem ser vistas dormindo ao relento em qualquer lugar desta cidade fronteiriça. Uma menina de 12 anos, chamada No Matter Hungwe, curvada sob a reconfortante luz exterior do posto dos correios, disse que foi a fome que a empurrou sozinha para além da fronteira. Seu pai morreu, e ela queria ajudar a mãe e os irmãos mais novos ganhando o que pudesse aqui na África do Sul – dentro de certos limites, de qualquer forma. "Alguns homens – homens com carros – querem dormir comigo", disse ela, considerando o lado positivo sobre o negativo. "Me ofereceram 100 rand", cerca de US$ 10 (R$ 22,8)..." Vejam mais sobre esta notícia incluindo as fotos e quando lembrarem, orem, para que Deus os ajude. Deus muda o rumo da História e nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, para destruir fortalezas e aniquilar sofismas! http://g1.globo.com Missionária Elisabete (01/02/2009)
www.marioelika.blogspot.com _ 26/10/2010 Olá amigos e irmãos,
 

A algumas semanas tenho orado a respeito do nosso projeto que já a quatro anos desenvolvemos no Continente Africano, e decidi estar indo mais uma vez este ano até a África. Mais especificamente o Zimbabwe. Nos últimos quatro anos a Equipe Móvel África já plantou quatro equipes (Quênia, Moçambique, África do Sul e Botswana) e neste ano estamos prosseguindo para o alvo para começarmos em Outubro mais uma equipe na cidade de Bulawayo - Zimbabwe.
 

O objetivo do projeto continua o mesmo: Treinar e equipar jovens Africanos a pregar o evangelho para o seu próprio povo, principalmente na sua língua materna. Esta é a visão principal da Equipe Móvel África, agilizando a rapidez em proclamar Jesus a estas nações, pois o jovem Africano já possui praticamente tudo o que um missionário estrangeiro levaria no mínimo dois anos para conseguir(língua, costumes, adaptação cultural, etc). E o que precisamos é treina-los e equipa-los para a evangelização do seu povo!
 

Gostaria de desafia-lo a orar comigo nesta viagem, a contribuir conforme a sua vontade e assim nos ajudar a chegar em Bulawayo - Zimbabwe.
 

Sairei de Goiânia no dia 17 de Outubro, na África do Sul irei encontrar com o restante da equipe e partiremos de ônibus até o Bulawayo - Zimbabwe (2100 km).
 

Meu coração se alegra em mais essa oportunidade!!!
 

Abraços,
 

Mário Jr.
 
 = = =
 

  11 de outubro de 2010 _ Mário Jr. Zimbabwe
Irmãos e amigos,
 
Faltam apenas 6 dias para mais uma viagem ao Continente Africano, desta vez para o Zimbabwe. Quero de forma sincera dizer que vai dando um frio na barriga, mesmo que já estive trabalhando por quatro vezes em países diferentes do continente.
 
Todos sabem que a África é um continente imenso formado por 54 países. Dentre estes, já plantamos 4 grupos de evangelismo; No Quênia, Moçambique, África do Sul e Botswana. No Quênia fiquei 14 dias com Malária, em Moçambique comemos peixe sem limpa-los (tradição na região) e em Botswana comemos lagarta assada.
 
 É uma diversidade maravilhosa que nos envolve e nos faz apaixonar, o povo é lindo cheio de vida, vontade de aprender, sorridentes e amam o Senhor. Pelo evangelho que permanece a cada dia mais em meu coração e em todos os integrantes da Equipe Móvel África seguiremos para o Zimbabwe com muito vida, palavra e ousadia para treinarmos mais uma equipe com a esperança que o povo local possa ministrar o evangelho com criatividade na sua própria língua, cultura e povo. Fazendo assim a expansão do Evangelho de Jesus, no qual é 100% a nossa intenção em tudo isso.
 
Eu espero contar com o seu apoio, estamos juntos em tudo isso a quase dez anos e Deus tem sido fiel!! Esteja orando por nós, com uma igreja orando podemos abrir rios e oceanos e passarmos em terra seca e mesmo que não aja gado no curral, nem ovelhas no aprisco ainda assim me alegrarei no Senhor.
 
Conto com você,
 
Mário Jr. e Lika
 
ps.: segue em anexo as fotos dos grupos plantados no Continente.
 
= = =
20/10/2010 Estou na Africa do Sul a 48 horas e amanha as 4hs da tarde horario de Brasilia estarei embarcando para o Zimbabwe - Bulawayo. Sera' uma longa viagem; primeiro estaremos de Cape Town para Johannesburg (16horas de viagem), ficaremos na Rodoviaria por 6 horas e em seguida pegaremos outro onibus para o Zimbabwe (11horas de viagem).
 

Estamos todos otimistas e confiantes no Senhor. Gostaria de pedir a cada um de vcs para nestas proximas 48 horas estivessem orando de todo coracao por nossa equipe. O sucesso do ministerio de Pedro estava diretamente ligado com a oracao da Igreja, por isso o sucesso desta trabalho nos proximos dias esta' ligado com vc tambem.
 

Agradeco a Deus por ter vc como meu parceiro, muito obrigado e que Deus te abencoe.
 

Mario Jr.
 
 

25/10 Ola' irmaos e amigos,
 

Chegamos neste ultimo sábado em Bulawayo - Zimbabwe - Africa. E' uma das principais cidades do Zimbabwe e ja' estamos hospedados em um local muito legal. A senhora que esta' nos hospedando fez a diária por 7 dolares por dia e estamos fazendo a nossa própria comida. Alimentação e' muito cara, um litro de leite por exemplo e' 6 reais, temos banheiro com agua encanada, tomamos banho na caneca e cada membro da equipe tem disponivel um balde por banho, risos. E' verdade! Temos travesseiros e ate' um fogão eletrico. Esta' uma benção, graças a Deus....
 

O povo e' lindo, nos receberam muito bem e neste ultimo domingo fomos na igreja e ja' temos 14 estudantes em nosso seminário de Evangelismo. Hoje começamos falando sobre meditação e levando eles a entender a importância da leitura para crescermos em conhecer a Deus e Faze-Lo conhecido. Sao jovens de 19 ate' 58 anos, estão todos alegres e otimistas com o seminário, assim pretendemos iniciar mais uma equipe de evangelismo na Africa incentivando-os para pregar o evangelho entre o seu próprio povo.
 

Gostaria de agradecer a cada um de vcs que tem orado por esse trabalho aqui na Africa, muito obrigado por suas contribuições e reafirmo que sem você nao seria possível chegar ate' este povo Africano...
 

Muito obrigado e Deus te abençoe,
 

Mario Jr.
 

ps.: espero receber um retorno deste e-mail.


Paz seja com voce e sua familia. Ontem apos mais um dia de treinamento escolhemos um nome e duas pessoas para liderar a nova equipe de evangelismo. Esse equipe ira' trabalhar diretamente com o Pastor da igreja e terao como alvo a pregacao do evangelho entre o seu proprio povo. Nome da Equipe: EXTOL que significa Exaltado Lideres: Mrs Gil e Iolanda Igreja: Harvest House International Local: Bulawayo - Zimbabwe - Africa Abaixo segue duas fotos. Mais uma vez obrigado pelo seu apoio e continue orando por nos, pois semana que vem iremos evangelizar as ruas do local onde estamos trabalhando... Um forte abraco, Mario Jr. 31/10/2010 
12 de novembro de 2010  Mário Jr. - Zimbabwe
 
Olá pessoal, gostaria de informar a todos que tem acompanhado o nosso trabalho nestes últimos dias no Zimbabwe que já estou de volta ao Brasil.
 

Foi um tempo de muito sucesso e conseguimos alcançar nosso objetivo, plantando mais uma equipe de evangelismo, hoje chamada de EXTOL, que significa Exaltado!
 

Muito obrigado por todo o seu apoio, suas orações, suas palavras de encorajamento e por nossa amizade desenvolvida no longo destes anos.
 

Deus te abençoe e segue abaixo o link com um vídeo resumindo o nosso tempo no Zimbabwe, por favor assista, será de grande valor!!!
 

Vamos manter contato,
 

Mário Jr
 
 

ps.: em breve teremos no nosso blog mais fotos e detalhes da viagem.


28 de novembro de 2010 _ Mário Jr. e Lika
 
 Irmãos e amigos,
 

Vocês tem acompanhado o nosso trabalho em Missões durante vários anos e principalmente estes últimos 12 meses, onde tivemos muitos acontecimentos como as equipes que implantamos em Botswana e no Zimbabwe na África, nossa viagem para o Haiti como a primeira equipe de Jocum depois do terremoto, assim como nosso ministério local na base de Jocum em Goiânia.
 

Hoje venho escrever um apelo do meu coração. Vocês bem sabem que não costumo escrever a respeito de dinheiro, apenas por oração por nossas viagens e projetos, mas
queridos, eu a Lika estamos passando um momento delicado em nossa vida financeira, especialmente com a vinda do nosso filho, Lucas Asaph, que estará chegando neste próximo mês de Dezembro.
 

Sempre tentamos nos organizar e economizar para realizarmos os projetos que Deus coloca em nosso coração. Mas com a família crescendo e os gastos aumentando, nos vemos obrigados a  levantar R$ 800,00  para o nosso sustento mensal neste próximo ano, é por causa disto que estou compartilhando com você que já ora conosco e tem nos acompanhado neste ministério.
 

Se você tiver o interesse de nos ajudar, com qualquer valor, tornando-se um mantenedor da nossa família e nossos projetos missionários; por favor entre em contato conosco, eu terei o maior prazer em lhe enviar respostas a suas duvidas e lhe deixar mais informado dos detalhes de como você poderá fazer isso.
 

Quero desde já agradecer de todo coração por sua compreensão e carinho por nós,
 

Deus te abençoe,
 

Mário Jr. e Lika Milhomem
 
Mário Milhomem de Castro Júnior
Jocum-Goiania-Brasil
(62)8129-6242
 

Acompanhe nosso trabalho
 

www.merlynandmariomilhomem.blogspot.com
== =
Louvamos a Deus por estar na comunhão de Jesus junto contigo , e pelo incentivo e a bênção no Espírito Santo q impõe sobre nós . Continuemos esforçando em conseguir permitir a condução Divina sobre todos os nossos atos . yro - Ig Cristã Evang União - Goiânia
 

28 de novembro de 2010 Mario Junior
Queridos irmãos da uniaonet,
 

Muito obrigado pelo excelente trabalho que vcs vem desenvolvendo no longo destes anos. Que Deus os abençoe cada dia mais e conte sempre conosco.
 

Um forte abraço e sejam encorajados no Senhor,
 

João 4
 

Mário Jr.
 
 
 
Mario Milhomem de Castro Junior
Jocum-Goiania-Brasil
 

Acompanhe nosso trabalho
 
 
= =

Mario Milhomem de Castro Junior
Jocum-Goiania-Brasil

Contribuições:
Agência: 0862-1
Conta C.: 7290-7
Banco do Brasil
 
 
Mario Milhomem de Castro Junior
Jocum-Goiania-Brasil
 



18/11/2010 _ pedido de oração urgente pela familia do Pastor Tiger do Zimbabwe
 
Querido (a).
 No domingo passado de noite,  os filhos do Pastor Tiger,  sofreram um grave acidente de carro no Zimbabwe, Os mesmos se encontram hospitalizados, mas graças a Deus não houve nenhuma fratura.
O Acidente aconteceu com  Joshua, Jordan , Juanitta e seus primos:  Tariro, Yvonne and Michelle.
Gostaria de pedir as suas orações por eles e por suas familia.
Abraços
rev. Luiz Carlos _ Bimasa



Participe! Envie-nos seu comentário _ www.uniaonet.com/email.htm
Free counter and web stats
zEste contador - monitora somente páginas atualizadas a partir de SET/2009