www.uniaonet.com/hsiteverso.htm - 23/06/2016
.Versículos usados na abertura dos semanários
Temos a Bíblia Sagrada como Regimento Interno e Estatuto do Portal
www.uniaonet.com
e usamos estas passagens para confirmar o nosso modo de agir ou relacioná-las a algum acontecimento atual.


.Gênesis
16:11-12 "...Concebestes e darás a Luz um filho a quem chamarás de Ismael, porque o Senhor te acudiu na aflição. Ele será , entre os homens , como um jumento selvagem; a sua mão será contra todos e a mão de todos contra ele; e habitará fronteiro a todos os seus irmãos..." (74)
21:14
Então se levantou Abraão de manhã cedo e, tomando pão e um odre de àgua, os deu a Agar, pondo-os sobre o ombro dela; também lhe deu o menino e despediu-a; e ela partiu e foi andando errante pelo deserto de Beer-Seba...(73)
41:35
Ajuntem os administradores toda a colheita dos bons anos que virão, recolham o cereal debaixo do poder de Faraó, para mantimento nas cidades, e o guardem....."(65)


Levíticos
19:02
Sereis santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo" ( 111-07/11/02 )
27: 23 "...
o sacerdote lhe contará o valor da tua avaliação até o ano do jubileu; e no mesmo dia dará a tua avaliação, como coisa santa ao Senhor."( 88-01/07/02 )

Números
1:2
" Levantai o censo de tôda a congregação dos filhos de Israel, segundo as suas famílias, segundo a dasa de seus pais, contando todos os homens , nominalmente , cabeça por cabeça. " (72)

33: 51e52 " Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes passado o Jordão para a terra de Canaã, lançareis fora todos os habitantes da terra de diante de vós, e destruireis todas as suas pedras em que há figuras; também destruireis todas as suas imagens de fundição, e desfareis todos os seus altos; (79)

I Samuel
07:12
Então Samuel tomou uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e lhe chamou Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor. ( 110-01/11/02 )
17 : 42 " ...
Quando o filisteu (Golias ) olhou e viu a Davi, desprezou-o, porquanto era mancebo, ruivo, e de gentil aspecto. ..." (85-13/06/02)

2 Crônicas 6:5
Desde o dia em que tirei o meu povo da terra do Egito não escolhi cidade alguma de todas as tribos de Israel, para edificar nela uma casa em que estivese o meu nome, nem escolhi homem algum para ser chefe do meu povo Israel;
(80)

Salmos :
25:6,7 "Lembra-te, Senhor, da tua compaixão e da tua benignidade, porque elas são eternas. Não te lembres dos pecado da minha mocidade, nem das minhas transgressões; mas, segundo a tua misericórdia, lembra-te de mim, pela tua bondade, ó Senhor." (147 01/06/2003)
91:14-16
"Visto que me amou com tanta intensidade, eu o livrarei. Hei-de trazê-lo para um alto lugar, porque soube reconhecer o poder do meu nome. E quando chamar por mim, responder-lhe-ei. Estarei com ele quando se encontrar em angústia. Livrá-lo-ei e o honrarei. Terá uma vida longa. Ele verá o que é a minha salvação!" (148 05/06/2003)
118:5-7
"Na angústia, gritei pelo Senhor! Ele ouviu-me e me livrou com toda a segurança! O Senhor está comigo! Não tenho razão nenhuma para recear, "seja o que for, que me possam fazer os homens! O Senhor está comigo, "dando ajuda a todos os que me apoiam. Tenho a certeza de que triunfarei sobre os que me querem mal." (144 15/05/2003)
121:5-8
" O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua mão direita. De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida. O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre." (123 16/01/2003)
122:6 -
"Orai pela paz de Jerusalém! Sejam prósperos os que te amam."(86-20/06/02)
125:5 -
"... Mas aos que se desviam para os seus caminhos tortuosos, levá-los-á o Senhor juntamente com os que praticam a maldade. Que haja paz sobre Israel..." (75)
133 : 1
Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! (59)


Provérbios
25:17
Põe raramente o teu pé na casa do teu próximo, para que não se enfade de ti, e te aborreça (60)
31:8,9 "Não feches a boca se puderes contribuir para ajudar os que não sabem ou não têm meios de se defenderem. Não te cales; deves interferir sempre a favor dos necessitados, exigindo que se lhes faça justiça." (149 12/06/2003)

Cantares
8:6,7 Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço; porque o amor é forte como a morte; o ciúme é cruel como o Seol; a sua chama é chama de fogo, verdadeira labareda do Senhor. As muitas águas não podem apagar o amor, nem os rios afogá- lo.” (113-21/11/02)


ISAÍAS
6:5
" Então disse eu: Ai de mim! pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos! " (120 01/01/2003)
41:11-14
"Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que se irritam contra ti; tornar-se-ão em nada; e os que contenderem contigo perecerão. Quanto aos que pelejam contigo, buscá-los-ás, mas não os acharás; e os que guerreiam contigo tornar-se-ão em nada e perecerão. Porque eu, o Senhor teu Deus, te seguro pela tua mão direita, e te digo: Não temas; eu te ajudarei. Não temas, ó bichinho de Jacó, nem vós, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel."(122 09/01/2003)
46:3,4
"Mas quanto a vocês, ouçam-me, povo de Israel que ficou de resto. Formei-vos e cuidei de vocês desde que nasceram. Serei o vosso Deus até que tenham a cabeça cheia de cabelos brancos! Criei-vos e cuidarei de vocês. Livrar-vos-ei e serei o vosso salvador."JESUS (141/142 01/05/2003)
49:14-16 Mas você diz: "O meu Senhor abandonou-nos; esqueceu-se de nós." "Nunca! Pode uma mulher esquecer-se do seu menino e não ter amor pelo seu próprio filho? Pois mesmo que isso possa acontecer, Eu contudo nunca me esquecerei de vocês. Vejam como escrevi o vosso nome na palma da minha mão" (146 29/05/2003)
53:10
Todavia, foi da vontade do Senhor esmagá-lo, fazendo-o enfermar; quando ele se puser como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos.(67)


Jeremias
01: 6
"Então lhe disse eu : Ah! Senhor Deus ! Eis que não sei falar ; porque não passo de uma criança.
07 _ Mas o Senhor me disse : Não digas não passo de uma criança; porqu a todos a quem eu te enviar , irás ; e tudo quanto eu te mandar , falarás..."(99-01/07/02)
15:20,21
“E eu te porei contra este povo como forte muro de bronze; eles pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo para te salvar, para te livrar. E arrebatar-te-ei da mão dos iníquos, e livrar-te-ei da mão dos cruéis.” (145 22/05/2003)
17:5
Assim diz o Senhor: Maldito o varão que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor! (84-06/06/02)
26:2 Assim diz o Senhor: Põe-te no átrio da casa do Senhor e dize a todas as cidades de Judá que vêm adorar na casa do Senhor, todas as palavras que te mando que lhes fales; não omitas uma só palavra. (118 19/12/02)
30:16,17"Todos os que te devoram serao devorados, e todos os teus adversarios irao, todos eles, para o cativeiro; e os que te roubam serao roubados, e a todos os que te saqueiam entregarei ao saque. Pois te restaurarei a saude e te sararei as feridas; porque te chamaram a repudiada, dizendo: E Siao, a qual ja ninguem procura." (143 08/05/2003)
31:3 “Pois que com amor eterno te amei, também com benignidade te atraí.” (116 05/12/02)


Joel
3.1-2
"...naquele tempo, em que mudarei a sorte de Judá e de Jerusalém, congregarei todas as nações... entrarei em juízo contra elas por causa do meu povo e da minha herança, Israel..." (76)

Habacuque
2:2
Então o Senhor me respondeu , e disse: Escreve a visão e torna-se bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa . (59)

Malaquias
3:10
"Prova de mim... abrirei as janelas do céu e derramarei bênção tão abundante sobre vocês que nem sequer arranjarão espaço para a receber!" (150 19/06/2003)


NOVO TESTAMENTO

Mateus
5:11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. (127 06/02/2003)
6:6"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará." (126 01/02/2003)
7:12 " Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós a eles..." (63)
7:21 " Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. " (112 14/11/02)
13:24/30 ....Outra parábola lhe propôs, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo ? Donde vem, pois, o joio ? Ele porém lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio ? Não! replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro. (62)
26:28/29 - Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem dez, porque a todo o que tem se lhe dará , e terá em abundância , mas ao que não tem , até o que tem lhe será tirado (59)


Lucas .
6:39 E propôs-lhes também uma parábola: Pode porventura um cego guiar outro cego? não cairão ambos no barranco? (114 28/11/02)
12: 20 " ...Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? " (87 27/06/02)
17:15a18
... Um deles, vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças; e este era samaritano. Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? (61)
23:44 `Jà era quase a hora sexta , e , escurecendo-se o sol , houve trevas sobre toda a terra , atè a hora nona... (71)



ATOS

1: 1 Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo quanto Jesus começou a fazer e ensinar, 2 até o dia em que foi levado para cima, depois de haver dado mandamento, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera; 3 aos quais também, depois de haver padecido, se apresentou vivo, com muitas provas infalíveis, aparecendo-lhes por espaço de quarenta dias, e lhes falando das coisas concernentes ao reino de Deus.(178_ 27/11/2003)

5 Porque, na verdade, João batizou em água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo, dentro de poucos dias. (
179_ 01/12/2003)

6 Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntavam-lhe, dizendo: Senhor, é nesse tempo que restauras o reino a Israel? 7 Respondeu-lhes: A vós não vos compete saber os tempos ou as épocas, que o Pai reservou à sua própria autoridade. ( 168 e 169 de 02/10/2003 )

8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra. 9 Tendo ele dito estas coisas, foi levado para cima, enquanto eles olhavam, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.(180_04/12/2003)

10 Estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles apareceram dois varões vestidos de branco, 11 os quais lhes disseram: Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.(181_11/12/2003)

14 Todos estes perseveravam unanimemente em oração, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele. (182_11/12/2003)

16 Irmãos, convinha que se cumprisse a escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus; 17 pois ele era contado entre nós e teve parte neste ministério. 18 (Ora, ele adquiriu um campo com o salário da sua iniquidade; e precipitando-se, caiu prostrado e arrebentou pelo meio, e todas as suas entranhas se derramaram. (183_18/12/2003)

20 Porquanto no livro dos Salmos está escrito: Fique deserta a sua habitação, e não haja quem nela habite; e: Tome outro o seu ministério. (184_25/12/2003)

21 É necessário, pois, que dos varões que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus andou entre nós, 22 começando desde o batismo de João até o dia em que dentre nós foi levado para cima, um deles se torne testemunha conosco da sua ressurreição. (185_01/01/2004)

23 E apresentaram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias. 24 E orando, disseram: Tu, Senhor, que conheces os corações de todos, mostra qual destes dois tens escolhido 25 para tomar o lugar neste ministério e apostolado, do qual Judas se desviou para ir ao seu próprio lugar. 26 Então deitaram sortes a respeito deles e caiu a sorte sobre Matias, e por voto comum foi ele contado com os onze apóstolos. (186_08/01/2004)

- - -

2 :
1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. 2 De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 3 E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, que se distribuíam, e sobre cada um deles pousou uma. 4 E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. (151 26/06/2003)
7 E todos pasmavam e se admiravam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses que estão falando? 8 Como é, pois, que os ouvimos falar cada um na própria língua em que nascemos?
(152 01/07/2003)
12 E todos pasmavam e estavam perplexos, dizendo uns aos outros: Que quer dizer isto? 13 E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto. 14 Então Pedro, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. 15 Pois estes homens não estão embriagados, como vós pensais, visto que é apenas a terceira hora do dia.
(153 03/07/2003)
16 Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: 17 E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos; 18 e sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.(
154 10/07/2003)
19 E mostrarei prodígios em cima no céu; e sinais embaixo na terra, sangue, fogo e vapor de fumaça. 20 O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor. 21 E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (
155 17/07/2003)
22 Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus, o nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com milagres, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis; 23 a este, que foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, vós matastes, crucificando-o pelas mãos de iníquos; 24 ao qual Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte, pois não era possível que fosse retido por ela.(
156 24/07/2003)
25 Porque dele fala Davi: Sempre via diante de mim o Senhor, porque está à minha direita, para que eu não seja abalado; 26 por isso se alegrou o meu coração, e a minha língua exultou; e além disso a minha carne há de repousar em esperança; 27 pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção; 28 fizeste-me conhecer os caminhos da vida; encher-me-ás de alegria na tua presença. (
157e158 31/07/2003)
31 prevendo isto, Davi falou da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção. 32 Ora, a este Jesus, Deus ressuscitou, do que todos nós somos testemunhas. (
159 07/08/2003)
33 De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvis. 34 Porque Davi não subiu aos céus, mas ele próprio declara: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, 35 até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés.(
160 14/08/2003)
36 Saiba pois com certeza toda a casa de Israel que a esse mesmo Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo. 37 E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos?(
161 21/08/2003)
38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. (
162 28/08/2003)
39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar. 40 E com muitas outras palavras dava testemunho, e os exortava, dizendo: salvai-vos desta geração perversa. (
163 01/09/2003)
41 De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas;(
164 04/09/2003)
42 e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. (82)
43 Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos apóstolos. (
165 11/09/2003)
44 Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45 E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um.( 166 18/09/2003)
46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, 47 louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos..
( 167 25/09/2003)

4:20 pois nós não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido. (119 26/12/02)

16: 5 Assim as igrejas eram confirmadas na fé, e dia a dia cresciam em número. (59)
16:09 "À noite sobreveio a Paulo uma visão, na qual um varão macedônico estava em pé e rogava , dizendo : passa à Macedônia e ajuda-nos..." (66)

17: 11 Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim. (59)


Romanos
13:1
Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. (105-03/10/02 )

1: 1 Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus, 2 que ele antes havia prometido pelos seus profetas nas santas Escrituras, 3 acerca de seu Filho, que nasceu da descendência de Davi segundo a carne, (442)
4 e que com poder foi declarado Filho de Deus segundo o espírito de santidade, pela ressurreição dentre os mortos - Jesus Cristo nosso Senhor, (443)
5 pelo qual recebemos a graça e o apostolado, por amor do seu nome, para a obediência da fé entre todos os gentios, 6 entre os quais sois também vós chamados para serdes de Jesus Cristo; (444)
7 a todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados para serdes santos: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.(445)
8 Primeiramente dou graças ao meu Deus, mediante Jesus Cristo, por todos vós, porque em todo o mundo é anunciada a vossa fé. (446)
9 Pois Deus, a quem sirvo em meu espírito, no evangelho de seu Filho, me é testemunha de como incessantemente faço menção de vós, (447)
10 pedindo sempre em minhas orações que, afinal, pela vontade de Deus, se me ofereça boa ocasião para ir ter convosco. (448)
11 Porque desejo muito ver-vos, para vos comunicar algum dom espiritual, a fim de que sejais fortalecidos; (449)
12 isto é, para que juntamente convosco eu seja consolado em vós pela fé mútua, vossa e minha.(450)
13 E não quero que ignoreis, irmãos, que muitas vezes propus visitar-vos (mas até agora tenho sido impedido), para conseguir algum fruto entre vós, como também entre os demais gentios. (451)
14 Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes.(452)
15 De modo que, quanto está em mim, estou pronto para anunciar o evangelho também a vós que estais em Roma. (453)
16 Porque não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. (454)
17 Porque no evangelho é revelada, de fé em fé, a justiça de Deus, como está escrito: Mas o justo viverá da fé. (455)
18 Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça.(456)
19 Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. (457)
20 Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis; (458)
21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. (459)
22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,(460)
23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. (461)
24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; (464)
25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. (463)
26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; (464)
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. (465)
28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm; (466)
29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade; (467)
30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais; 31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia; (468)
32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam. (469)

2: 1 Portanto, és inescusável, ó homem, qualquer que sejas, quando julgas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu que julgas, praticas o mesmo. (470)
2 E bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade, contra os que tais coisas praticam.(471)
3 E tu, ó homem, que julgas os que praticam tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus? (472)
4 Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te conduz ao arrependimento? (473)
5 Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus,(474)
6 que retribuirá a cada um segundo as suas obras;(475)
7 a saber: a vida eterna aos que, com perseverança em favor o bem, procuram glória, e honra e incorrupção;(476)
8 mas ira e indignação aos que são contenciosos, e desobedientes à iniqüidade; 9 tribulação e angústia sobre a alma de todo homem que pratica o mal, primeiramente do judeu, e também do grego; (477)
10 glória, porém, e honra e paz a todo aquele que pratica o bem, primeiramente ao judeu, e também ao grego;(478)
11 pois para com Deus não há acepção de pessoas.(479)
12 Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. (480)
13 Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei (481)
14 (porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem por natureza as coisas da lei, eles, embora não tendo lei, para si mesmos são lei.(482)
15 pois mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os), (483)
16 no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Cristo Jesus, segundo o meu evangelho.(484)
17 Mas se tu és chamado judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; (485)
18 e conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei; (486)
19 e confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas,(487)
20 instruidor dos néscios, mestre de crianças, que tens na lei a forma da ciência e da verdade; (488)
21 tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? (489)
22 Tu, que dizes que não se deve cometer adultério, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, roubas os templos? (490)
23 Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? (491)
24 Assim pois, por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios, como está escrito. (492)
25 Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão.(493)
26 Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão? (494)
27 E a incircuncisão que por natureza o é, se cumpre a lei, julgará a ti, que com a letra e a circuncisão és transgressor da lei. (495)
28 Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. (496)
29 Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus. (497)

3: 1 Que vantagem, pois, tem o judeu? ou qual a utilidade da circuncisão? 2 Muita, em todo sentido; primeiramente, porque lhe foram confiados os oráculos de Deus.(498)
3 Pois quê? Se alguns foram infiéis, porventura a sua infidelidade anulará a fidelidade de Deus? (499)
4 De modo nenhum; antes seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, e venças quando fores julgado.(500)
5 E, se a nossa injustiça prova a justiça de Deus, que diremos? Acaso Deus, que castiga com ira, é injusto? (Falo como homem.) 6 De modo nenhum; do contrário, como julgará Deus o mundo? (501)
7 Mas, se pela minha mentira abundou mais a verdade de Deus para sua glória, por que sou eu ainda julgado como pecador? (502)
8 E por que não dizemos: Façamos o mal para que venha o bem? - como alguns caluniosamente afirmam que dizemos; a condenação dos quais é justa.(503)
9 Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado;(504)
10 como está escrito: Não há justo, nem sequer um.(505)
11 Não há quem entenda; não há quem busque a Deus. (506)
12 Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. (507)
13 A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo dos seus lábios; (508)
14 a sua boca está cheia de maldição e amargura. 15 Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. 16 Nos seus caminhos há destruição e miséria; 17 e não conheceram o caminho da paz.(509)
18 Não há temor de Deus diante dos seus olhos. (510)
19 Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que se cale toda boca e todo o mundo fique sujeito ao juízo de Deus;(511)
20 porquanto pelas obras da lei nenhum homem será justificado diante dele; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado. (512)
21 Mas agora, sem lei, tem-se manifestado a justiça de Deus, que é atestada pela lei e pelos profetas;(513)
22 isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos os que crêem; pois não há distinção. (514)
23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;(515)
24 sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, (516)
25 ao qual Deus propôs como propiciação, pela fé, no seu sangue, para demonstração da sua justiça por ter ele na sua paciência, deixado de lado os delitos outrora cometidos;(517)
26 para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e também justificador daquele que tem fé em Jesus. (518)
27 Onde está logo a jactância? Foi excluída. Por que lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. (519)
28 concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. (520)
29 É porventura Deus somente dos judeus? Não é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, (521)
30 se é que Deus é um só, que pela fé há de justificar a circuncisão, e também por meio da fé a incircuncisão. (522)
31 Anulamos, pois, a lei pela fé? De modo nenhum; antes estabelecemos a lei. (523)

4: 1 Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne? (524)
2 Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus. (525)
3 Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.(526)
4 Ora, ao que trabalha não se lhe conta a recompensa como dádiva, mas sim como dívida; (527)
5 porém ao que não trabalha, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é contada como justiça; (528)
6 assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus atribui a justiça sem as obras, dizendo: 7 Bem-aventurados aqueles cujas iniqüidades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos. (529)
8 Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputará o pecado.(530)
9 Vem, pois, esta bem-aventurança sobre a circuncisão somente, ou também sobre a incircuncisão? Porque dizemos: A Abraão foi imputada a fé como justiça.
10 Como, pois, lhe foi imputada? Estando na circuncisão, ou na incircuncisão? Não na circuncisão, mas sim na incircuncisão.(531)
11 E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé que teve quando ainda não era circuncidado, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles na incircuncisão, a fim de que a justiça lhes seja imputada,(532)
12 bem como fosse pai dos circuncisos, dos que não somente são da circuncisão, mas também andam nas pisadas daquela fé que teve nosso pai Abraão, antes de ser circuncidado.
(533)
13 Porque não foi pela lei que veio a Abraão, ou à sua descendência, a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé.
(534)
14 Pois, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é anulada.
(535)
15 Porque a lei opera a ira; mas onde não há lei também não há transgressão.
(536)
16 Porquanto procede da fé o ser herdeiro, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós.
(537)
17 (como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, que vivifica os mortos, e chama as coisas que não são, como se já fossem.
(538)
18 O qual, em esperança, creu contra a esperança, para que se tornasse pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência;
(539)
19 e sem se enfraquecer na fé, considerou o seu próprio corpo já amortecido (pois tinha quase cem anos), e o amortecimento do ventre de Sara;
(540)
20 contudo, à vista da promessa de Deus, não vacilou por incredulidade, antes foi fortalecido na fé, dando glória a Deus,
(541)
21 e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer.
22 Pelo que também isso lhe foi imputado como justiça.(542)
23 Ora, não é só por causa dele que está escrito que lhe foi imputado; 24 mas também por causa de nós a quem há de ser imputado, a nós os que cremos naquele que dos mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor;
(543)
25 o qual foi entregue por causa das nossas transgressões, e ressuscitado para a nossa justificação.
(544)

5: 1 Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo, (545)
2 por quem obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus.(546)
3 E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança, 4 e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança;(547)
5 e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.(548)
6 Pois, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios.(549)
7 Porque dificilmente haverá quem morra por um justo; pois poderá ser que pelo homem bondoso alguém ouse morrer. (550)
8 Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. (551)
9 Logo muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. (552)
10 Porque se nós, quando éramos inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.(553)
11 E não somente isso, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora temos recebido a reconciliação.(554
12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram. (555
13 Porque antes da lei já estava o pecado no mundo, mas onde não há lei o pecado não é levado em conta.(556
14 No entanto a morte reinou desde Adão até Moisés, mesmo sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão o qual é figura daquele que havia de vir.(557
15 Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, abundou para com muitos. (558
16 Também não é assim o dom como a ofensa, que veio por um só que pecou; porque o juízo veio, na verdade, de uma só ofensa para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.(559
17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte veio a reinar por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo. (560
18 Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação e vida. (561
19 Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um muitos serão constituídos justos.(562
20 Sobreveio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; (563
21 para que, assim como o pecado veio a reinar na morte, assim também viesse a reinar a graça pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor. (564

6: 1 Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que abunde a graça? (565
2 De modo nenhum. Nós, que já morremos para o pecado, como viveremos ainda nele?(566
3 Ou, porventura, ignorais que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte?(567
4 Fomos, pois, sepultados com ele pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.(568
5 Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição;(569
6 sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado. (570
7 Pois quem está morto está justificado do pecado.(571
8 Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos, (572
9 sabendo que, tendo Cristo ressurgido dentre os mortos, já não morre mais; a morte não mais tem domínio sobre ele. (573
10 Pois quanto a ter morrido, de uma vez por todas morreu para o pecado, mas quanto a viver, vive para Deus. (574
11 Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. (575
12 Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes às suas concupiscências; (576
13 nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado como instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como redivivos dentre os mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. (577
14 Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. (578
15 Pois quê? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum. (579
16 Não sabeis que daquele a quem vos apresentais como servos para lhe obedecer, sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? (580
17 Mas graças a Deus que, embora tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues; (581
18 e libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça. (582
19 Falo como homem, por causa da fraqueza da vossa carne. Pois assim como apresentastes os vossos membros como servos da impureza e da iniqüidade para iniqüidade, assim apresentai agora os vossos membros como servos da justiça para santificação (583
. 20 Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres em relação à justiça. (584
21 E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? pois o fim delas é a morte. (585
22 Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. (586
23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor. (587

7: 1 Ou ignorais, irmãos (pois falo aos que conhecem a lei), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que ele vive? (588
2 Porque a mulher casada está ligada pela lei a seu marido enquanto ele viver; mas, se ele morrer, ela está livre da lei do marido.(589
3 De sorte que, enquanto viver o marido, será chamado adúltera, se for de outro homem; mas, se ele morrer, ela está livre da lei, e assim não será adúltera se for de outro marido.
4 Assim também vós, meus irmãos, fostes mortos quanto à lei mediante o corpo de Cristo, para pertencerdes a outro, àquele que ressurgiu dentre os mortos a fim de que demos fruto para Deus. (590
5 Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, suscitadas pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte.(591
6 Mas agora fomos libertos da lei, havendo morrido para aquilo em que estávamos retidos, para servirmos em novidade de espírito, e não na velhice da letra. (592
7 Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Contudo, eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. (593
8 Mas o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento operou em mim toda espécie de concupiscência; porquanto onde não há lei está morto o pecado. (594
9 E outrora eu vivia sem a lei; mas assim que veio o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri; (595
10 e o mandamento que era para vida, esse achei que me era para morte. (596
11 Porque o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento me enganou, e por ele me matou.(597
12 De modo que a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom. (598
13 Logo o bom tornou-se morte para mim? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte por meio do bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se manifestasse excessivamente maligno. (599
14 Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. (600
15 Pois o que faço, não o entendo; porque o que quero, isso não pratico; mas o que aborreço, isso faço. (601
16 E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. (602
17 Agora, porém, não sou mais eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. (603
18 Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está. (604
19 Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse pratico. (605
20 Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.(606
21 Acho então esta lei em mim, que, mesmo querendo eu fazer o bem, o mal está comigo.(607
22 Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; (608
23 mas vejo nos meus membros outra lei guerreando contra a lei do meu entendimento, e me levando cativo à lei do pecado, que está nos meus membros.(609
24 Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?(610
25 Graças a Deus, por Jesus Cristo nosso Senhor! De modo que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado. (611

8: 1 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. (612
2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. (613
3 Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado. (614
4 para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. (615
5 Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. (616
6 Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. (617
7 Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; (618
8 e os que estão na carne não podem agradar a Deus. (619
9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. (620
10 Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. (621
11 E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. (622
12 Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; 13 porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. (623
14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. (624
15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! (625
16 O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; (626
17 e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados. (627
18 Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada. (628
19 Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus. (629
20 Porquanto a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa daquele que a sujeitou, (630
21 na esperança de que também a própria criação há de ser liberta do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. (631
22 Porque sabemos que toda a criação, conjuntamente, geme e está com dores de parto até agora; (632
23 e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo. (633
24 Porque na esperança fomos salvos. Ora, a esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera? (634
25 Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos. (635
26 Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. (636
27 E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos. (637
28 E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (638
29 Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos; (639
30 e aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou. (640
31 Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (641
32 Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?(642
33 Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica; (643
34 Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós; (644
35 quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? (645
36 Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. (646
37 Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. (647
38 Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, 39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. (648

9: 1 Digo a verdade em Cristo, não minto, dando testemunho comigo a minha consciência no Espírito Santo, (649
2 que tenho grande tristeza e incessante dor no meu coração. 3 Porque eu mesmo desejaria ser separado de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes segundo a carne; (650
4 os quais são israelitas, de quem é a adoção, e a glória, e os pactos, e a promulgação da lei, e o culto, e as promessas; (651
5 de quem são os patriarcas; e de quem descende o Cristo segundo a carne, o qual é sobre todas as coisas, Deus bendito eternamente. Amém. (652
6 Não que a palavra de Deus haja falhado. Porque nem todos os que são de Israel são israelitas; (653
7 nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência.(654
8 Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus; mas os filhos da promessa são contados como descendência.(655
9 Porque a palavra da promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho. 10 E não somente isso, mas também a Rebeca, que havia concebido de um, de Isaque, nosso pai (656
11 (pois não tendo os gêmeos ainda nascido, nem tendo praticado bem ou mal, para que o propósito de Deus segundo a eleição permanecesse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama),(657
12 foi-lhe dito: O maior servirá o menor.(658
13 Como está escrito: Amei a Jacó, e aborreci a Esaú. 14 Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum. (659
15 Porque diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. (660
16 Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que usa de misericórdia. (661
17 Pois diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei: para em ti mostrar o meu poder, e para que seja anunciado o meu nome em toda a terra. (662
18 Portanto, tem misericórdia de quem quer, e a quem quer endurece. (663
19 Dir-me-ás então. Por que se queixa ele ainda? Pois, quem resiste à sua vontade? 20 Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? (664
21 Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para uso honroso e outro para uso desonroso? (665
22 E que direis, se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição;
23 para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que de antemão preparou para a glória, (667
24 os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? (668
25 Como diz ele também em Oséias: Chamarei meu povo ao que não era meu povo; e amada à que não era amada. (669
26 E sucederá que no lugar em que lhes foi dito: Vós não sois meu povo; aí serão chamados filhos do Deus vivo. (670
27 Também Isaías exclama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo. (671
28 Porque o Senhor executará a sua palavra sobre a terra, consumando-a e abreviando-a. (672
29 E como antes dissera Isaías: Se o Senhor dos Exércitos não nos tivesse deixado descendência, teríamos sido feitos como Sodoma, e seríamos semelhantes a Gomorra(673
. 30 Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça, mas a justiça que vem da fé. (674
31 Mas Israel, buscando a lei da justiça, não atingiu esta lei(675
. 32 Por que? Porque não a buscavam pela fé, mas como que pelas obras; e tropeçaram na pedra de tropeço; (676
33 como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço; e uma rocha de escândalo; e quem nela crer não será confundido. (677

10. 1 Irmãos, o bom desejo do meu coração e a minha súplica a Deus por Israel é para sua salvação.(678
2 Porque lhes dou testemunho de que têm zelo por Deus, mas não com entendimento. (679
3 Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus.(680
4 Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê.(681
5 Porque Moisés escreve que o homem que pratica a justiça que vem da lei viverá por ela. (682
6 Mas a justiça que vem da fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu? (isto é, a trazer do alto a Cristo;) (683
7 ou: Quem descerá ao abismo? (isto é, a fazer subir a Cristo dentre os mortos). 8 Mas que diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos.(684
9 Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo; (685
10 pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. (686
11 Porque a Escritura diz: Ninguém que nele crê será confundido. (687
12 Porquanto não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor o é de todos, rico para com todos os que o invocam.(688
13 Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (689
14 Como pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram falar? e como ouvirão, se não há quem pregue? (690
15 E como pregarão, se não forem enviados? assim como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas! (691
16 Mas nem todos deram ouvidos ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem deu crédito à nossa mensagem? (692
17 Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. (693
18 Mas pergunto: Porventura não ouviram? Sim, por certo: Por toda a terra saiu a voz deles, e as suas palavras até os confins do mundo. (694
19 Mas pergunto ainda: Porventura Israel não o soube? Primeiro diz Moisés: Eu vos porei em ciúmes com aqueles que não são povo, com um povo insensato vos provocarei à ira.(695
20 E Isaías ousou dizer: Fui achado pelos que não me buscavam, manifestei-me aos que por mim não perguntavam.(696
21 Quanto a Israel, porém, diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente. (697

11: 1 Pergunto, pois: Acaso rejeitou Deus ao seu povo? De modo nenhum; por que eu também sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. (698
2 Deus não rejeitou ao seu povo que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como ele fala a Deus contra Israel, dizendo: (699
3 Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e procuraram tirar-me a vida? (700
4 Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil varões que não dobraram os joelhos diante de Baal.(701
5 Assim, pois, também no tempo presente ficou um remanescente segundo a eleição da graça.(702
6 Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. (703
7 Pois quê? O que Israel busca, isso não o alcançou; mas os eleitos alcançaram; e os outros foram endurecidos, (704
8 como está escrito: Deus lhes deu um espírito entorpecido, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até o dia de hoje. (705
9 E Davi diz: Torne-se-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, e em tropeço, e em retribuição; (706
10 escureçam-se-lhes os olhos para não verem, e tu encurva-lhes sempre as costas. (707
11 Logo, pergunto: Porventura tropeçaram de modo que caíssem? De maneira nenhuma, antes pelo seu tropeço veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação. (708
12 Ora se o tropeço deles é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude! (709
13 Mas é a vós, gentios, que falo; e, porquanto sou apóstolo dos gentios, glorifico o meu ministério, (710
14 para ver se de algum modo posso incitar à emulação os da minha raça e salvar alguns deles.(711
15 Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?(712
16 Se as primícias são santas, também a massa o é; e se a raiz é santa, também os ramos o são. (713
17 E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado no lugar deles e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, (714
18 não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. (715
19 Dirás então: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. (716
20 Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu pela tua fé estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme; (717
21 porque, se Deus não poupou os ramos naturais, não te poupará a ti. (718
22 Considera pois a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; para contigo, a bondade de Deus, se permaneceres nessa bondade; do contrário também tu serás cortado.(719
23 E ainda eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os enxertar novamente. (720
24 Pois se tu foste cortado do natural zambujeiro, e contra a natureza enxertado em oliveira legítima, quanto mais não serão enxertados na sua própria oliveira esses que são ramos naturais! (721
25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado; (722
26 e assim todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades;(723
27 e este será o meu pacto com eles, quando eu tirar os seus pecados. (724
28 Quanto ao evangelho, eles na verdade, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição, amados por causa dos pais.(725
29 Porque os dons e a vocação de Deus são irretratáveis.(726
30 Pois, assim como vós outrora fostes desobedientes a Deus, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles,(727
31 assim também estes agora foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. (728
32 Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos.(729
33 Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! (730
34 Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor? ou quem se fez seu conselheiro? (731
35 Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? (732
36 Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. (733

12: 1 Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (734
2 E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (735
3 Porque pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não tenha de si mesmo mais alto conceito do que convém; mas que pense de si sobriamente, conforme a medida da fé que Deus, repartiu a cada um. (736
4 Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, (737
5 assim nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e individualmente uns dos outros. (738
6 De modo que, tendo diferentes dons segundo a graça que nos foi dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; (739
7 se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; (740
8 ou que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com zelo; o que usa de misericórdia, com alegria. (741
9 O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. (742
10 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros; (743
11 não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor (744
12 alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; (745
13 acudi aos santos nas suas necessidades, exercei a hospitalidade; (746
14 abençoai aos que vos perseguem; abençoai, e não amaldiçoeis; (747
15 alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram; (748
16 sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altivas mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios aos vossos olhos; (749
17 a ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas dignas, perante todos os homens. (750
18 Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens. (751
19 Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor. (752
20 Antes, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça. (753
21 Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. (754

13: 1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. (105-03/10/02 )
2 Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. (755
3 Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela; (756
4 porquanto ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal. (757
5 Pelo que é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa da ira, mas também por causa da consciência.(758
6 Por esta razão também pagais tributo; porque são ministros de Deus, para atenderem a isso mesmo.(759
7 Dai a cada um o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. (760
8 A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco; pois quem ama ao próximo tem cumprido a lei. (761
9 Com efeito: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.(762
10 O amor não faz mal ao próximo. De modo que o amor é o cumprimento da lei. (763
11 E isso fazei, conhecendo o tempo, que já é hora de despertardes do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando nos tornamos crentes. (764
12 A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas e vistamo-nos das armas da luz (765
13 Andemos honestamente, como de dia: não em glutonarias e bebedeiras, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e inveja. (766
14 Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências.(767

14: 1 Ora, ao que é fraco na fé, acolhei-o, mas não para condenar-lhe os escrúpulos. (768
2 Um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come só legumes. (769
3 Quem come não despreze a quem não come; e quem não come não julgue a quem come; pois Deus o acolheu. (770
4 Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é o Senhor para o firmar. (771
5 Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente. (772
6 Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. E quem come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.(773
7 Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. (774
8 Pois, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, quer vivamos quer morramos, somos do Senhor. (775
9 Porque foi para isto mesmo que Cristo morreu e tornou a viver, para ser Senhor tanto de mortos como de vivos. (776
10 Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Deus. (777
11 Porque está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua louvará a Deus. (778
12 Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. (779
13 Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; antes o seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao vosso irmão. (780
14 Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nada é de si mesmo imundo a não ser para aquele que assim o considera; para esse é imundo. (781
15 Pois, se pela tua comida se entristece teu irmão, já não andas segundo o amor. Não faças perecer por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu. (782
16 Não seja pois censurado o vosso bem; (783
17 porque o reino de Deus não consiste no comer e no beber, mas na justiça, na paz, e na alegria no Espírito Santo.(784
18 Pois quem nisso serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens.(785
19 Assim, pois, sigamos as coisas que servem para a paz e as que contribuem para a edificação mútua.(786
20 Não destruas por causa da comida a obra de Deus. Na verdade tudo é limpo, mas é um mal para o homem dar motivo de tropeço pelo comer.(787
21 Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outra coisa em que teu irmão tropece. (788
22 A fé que tens, guarda-a contigo mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.(789
23 Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque o que faz não provém da fé; e tudo o que não provém da fé é pecado. (790

15: 1 Ora nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. (791
2 Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo, visando o que é bom para edificação. (792
3 Porque também Cristo não se agradou a si mesmo, mas como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam. (793
4 Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que, pela constância e pela consolação provenientes das Escrituras, tenhamos esperança. (794
5 Ora, o Deus de constância e de consolação vos dê o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus.(795
6 Para que unânimes, e a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. (796
7 Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu, para glória de Deus. (797
8 Digo pois que Cristo foi feito ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para confirmar as promessas feitas aos pais; (798
9 e para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, e cantarei ao teu nome. (799
10 E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, juntamente com o povo. (800
11 E ainda: Louvai ao Senhor, todos os gentios, e louvem-no, todos os povos. (801
12 E outra vez, diz também Isaías: Haverá a raiz de Jessé, aquele que se levanta para reger os gentios; nele os gentios esperarão. (802
13 Ora, o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz na vossa fé, para que abundeis na esperança pelo poder do Espírito Santo.(803
14 Eu, da minha parte, irmãos meus, estou persuadido a vosso respeito, que vós já estais cheios de bondade, cheios de todo o conhecimento e capazes, vós mesmos, de admoestar-vos uns aos outros. (804
15 Mas em parte vos escrevo mais ousadamente, como para vos trazer outra vez isto à memória, por causa da graça que por Deus me foi dada,(805
16 para ser ministro de Cristo Jesus entre os gentios, ministrando o evangelho de Deus, para que sejam aceitáveis os gentios como oferta, santificada pelo Espírito Santo.(806
17 Tenho, portanto, motivo para me gloriar em Cristo Jesus, nas coisas concernentes a Deus; (807
18 porque não ousarei falar de coisa alguma senão daquilo que Cristo por meu intermédio tem feito, para obediência da parte dos gentios, por palavra e por obras, (808
19 pelo poder de sinais e prodígios, no poder do Espírito Santo; de modo que desde Jerusalém e arredores, até a Ilíria, tenho divulgado o evangelho de Cristo; (809
20 deste modo esforçando-me por anunciar o evangelho, não onde Cristo houvera sido nomeado, para não edificar sobre fundamento alheio; (810
21 antes, como está escrito: Aqueles a quem não foi anunciado, o verão; e os que não ouviram, entenderão. (811
22 Pelo que também muitas vezes tenho sido impedido de ir ter convosco; 23 mas agora, não tendo mais o que me detenha nestas regiões, e tendo já há muitos anos grande desejo de ir visitar-vos,(812
24 eu o farei quando for à Espanha; pois espero ver-vos de passagem e por vós ser encaminhado para lá, depois de ter gozado um pouco da vossa companhia. 25 Mas agora vou a Jerusalém para ministrar aos santos. (813
26 Porque pareceu bem à Macedônia e à Acaia levantar uma oferta fraternal para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém.(814
27 Isto pois lhes pareceu bem, como devedores que são para com eles. Porque, se os gentios foram participantes das bênçãos espirituais dos judeus, devem também servir a estes com as materiais.(815
28 Tendo, pois, concluído isto, e havendo-lhes consignado este fruto, de lá, passando por vós, irei à Espanha. 29 E bem sei que, quando for visitar-vos, chegarei na plenitude da bênção de Cristo. (816
30 Rogo-vos, irmãos, por nosso Senhor Jesus Cristo e pelo amor do Espírito, que luteis juntamente comigo nas vossas orações por mim a Deus, (817
31 para que eu seja livre dos rebeldes que estão na Judéia, e que este meu ministério em Jerusalém seja aceitável aos santos; (818
32 a fim de que, pela vontade de Deus, eu chegue até vós com alegria, e possa entre vós recobrar as forças. (819
33 E o Deus de paz seja com todos vós. Amém. (820

16: 1 Recomendo-vos a nossa irmã Febe, que é serva da igreja que está em Cencréia; 2 para que a recebais no Senhor, de um modo digno dos santos, e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar; porque ela tem sido o amparo de muitos, e de mim em particular. (821
3 Saudai a Prisca e a Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus, (822
4 os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios. (823
5 Saudai também a igreja que está na casa deles. Saudai a Epêneto, meu amado, que é as primícias da Ásia para Cristo.(824
6 Saudai a Maria, que muito trabalhou por vós. (825
7 Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros de prisão, os quais são bem conceituados entre os apóstolos, e que estavam em Cristo antes de mim. (826
8 Saudai a Ampliato, meu amado no Senhor. 9 Saudai a Urbano, nosso cooperador em Cristo, e a Estáquis, meu amado. (827
10 Saudai a Apeles, aprovado em Cristo. Saudai aos da casa de Aristóbulo. (828
11 Saudai a Herodião, meu parente. Saudai aos da casa de Narciso que estão no Senhor. (829
12 Saudai a Trifena e a Trifosa, que trabalham no Senhor. Saudai a amada Pérside, que muito trabalhou no Senhor. (830
13 Saudai a Rufo, eleito no Senhor, e a sua mãe e minha. 14 Saudai a Asíncrito, a Flegonte, a Hermes, a Pátrobas, a Hermes, e aos irmãos que estão com eles.(831
15 Saudai a Filólogo e a Júlia, a Nereu e a sua irmã, e a Olimpas, e a todos os santos que com eles estão. (832
16 Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo. Todas as igrejas de Cristo vos saúdam. (833
17 Rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.(834
18 Porque os tais não servem a Cristo nosso Senhor, mas ao seu ventre; e com palavras suaves e lisonjas enganam os corações dos inocentes.(835
19 Pois a vossa obediência é conhecida de todos. Comprazo-me, portanto, em vós; e quero que sejais sábios para o bem, mas simples para o mal. (836
20 E o Deus de paz em breve esmagará a Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco.(837
21 Saúdam-vos Timóteo, meu cooperador, e Lúcio, e Jáson, e Sosípatro, meus parentes.(838
22 Eu, Tércio, que escrevo esta carta, vos saúdo no Senhor. (839
23 Saúda-vos Gaio, hospedeiro meu e de toda a igreja. Saúda-vos Erasto, tesoureiro da cidade, e também o irmão Quarto. (840
24 [A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós Amém.] (841
25 Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar, segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério guardado em silêncio desde os tempos eternos,(842
26 mas agora manifesto e, por meio das Escrituras proféticas, segundo o mandamento do Deus, eterno, dado a conhecer a todas as nações para obediência da fé;(843
27 ao único Deus sábio seja dada glória por Jesus Cristo para todo o sempre. Amém. (844

1 CORÍNTIOS .
01
.1 Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus), e o irmão Sóstenes,
(845
2 À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:
(846
3 Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
(847
Agradecimento a Deus pelos irmãos
4 Sempre dou graças a meu Deus por vocês, por causa da graça que dele receberam em Cristo Jesus. (848
5 Pois nele vocês foram enriquecidos em tudo, isto é, em toda palavra e em todo conhecimento,(849
6 porque o testemunho de Cristo foi confirmado entre vocês,(850
7 de modo que não falta a vocês nenhum dom espiritual, enquanto vocês esperam que o nosso Senhor Jesus Cristo seja revelado. (851
8 Ele os manterá firmes até o fim, de modo que vocês serão irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. (852
9 Fiel é Deus, o qual os chamou à comunhão com seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.(853
Divisões na igreja
10 Irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo suplico a todos vocês que concordem uns com os outros no que falam, para que não haja divisões entre vocês; antes, que todos estejam unidos num só pensamento e num só parecer.(854
11 Meus irmãos, fui informado por alguns da casa de Cloe de que há divisões entre vocês. (855
12 Com isso quero dizer que algum de vocês afirma: "Eu sou de Paulo"; ou "Eu sou de Apolo"; ou "Eu sou de Pedro"; ou ainda "Eu sou de Cristo".(856
13 Acaso Cristo está dividido? Foi Paulo crucificado em favor de vocês? Foram vocês batizados em nome de Paulo? (857
14 Dou graças a Deus por não ter batizado nenhum de vocês, exceto Crispo e Gaio; (858
15 de modo que ninguém pode dizer que foi batizado em meu nome.(859
16 (Batizei também os da casa de Estéfanas; além desses, não me lembro se batizei alguém mais.) (860
17 Pois Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o evangelho, não porém com palavras de sabedoria humana, para que a cruz de Cristo não seja esvaziada.(861
Cristo, a sabedoria e o poder de Deus
18 Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus. (862
19 Pois está escrito: "Destruirei a sabedoria dos sábios e rejeitarei a inteligência dos inteligentes".(863
20 Onde está o sábio? Onde está o erudito? Onde está o questionador desta era? Acaso não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?(864
21 Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que creem por meio da loucura da pregação. (865
22 Os judeus pedem sinais milagrosos, e os gregos procuram sabedoria;(866
23 nós, porém, pregamos Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentios,(867
24 mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus.(868
25 Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem. (869
26 Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento. (870
27 Mas Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte.(871
28 Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, para reduzir a nada o que é, (872
29 a fim de que ninguém se vanglorie diante dele. (873
30 É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção,(874
31 para que, como está escrito: "Quem se gloriar, glorie-se no Senhor".(875
.Capítulo 2
1 ,Eu mesmo, irmãos, quando estive entre vocês, não fui com discurso eloqüente nem com muita sabedoria para lhes proclamar o mistério de Deus. (876
2 Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado.(877-16dez2016
3-5
" E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.A minha linguagem e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do Espírito de poder; para que a vossa fé não se apoiasse na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus" ( 90-11/07/02 )
6-8 " Na verdade, entre os experimentados falamos sabedoria, não porém a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que estão sendo reduzidos a nada;( 7 )mas falamos a sabedoria de Deus em mistério, que esteve oculta, a qual Deus preordenou antes dos séculos para nossa glória;( 8 ) a qual nenhum dos príncipes deste mundo compreendeu; porque se a tivessem compreendido, não teriam crucificado o Senhor da glória."
( 91-18/07/02 )
9-10 Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. 10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.( 92-25/07/02 )

11-12 Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus. 12 Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, mas sim o Espírito que provém de Deus, a fim de compreendermos as coisas que nos foram dadas gratuitamente por Deus; .( 93/94-01/08/02 )

13 " Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo ." ( 95-15/08/02 )

14-15 " Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido." ( 89-04/07/02 )
16 Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo .( 96-15/08/02 )

Capítulo 3
1 E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. (878-23dez2016
2 Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis,(879
3 Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?(880
4 Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? (881
5 Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? (882
6 Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. (883
7 Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.(884
8 Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho.(885
9 Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. (886
10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele.(887
11 Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.(888
12 E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha,(889
13 A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. (890
14 Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. (891
15 Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo.(892
16 Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? (893
17 Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.(894
18 Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para ser sábio.(895
19 Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.(896
20 E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos.(897
21 Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso; (898
22 Seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, seja o presente, seja o futuro; tudo é vosso, 23 E vós de Cristo, e Cristo de Deus.(899
Capítulo 9
22 e 23
..Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns. Ora, tudo faço por causa do evangelho, para dele tornar-me co-participante... (68)

Capítulo 10
11
Ora, tudo isto lhes acontecia como exemplo, e foi escrito para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos. 12 Aquele, pois, que pensa estar em pé, olhe não caia. ( 97-22/08/02 )
13 Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar.( 98-29/08/02 )
16 Porventura o cálice de bênção que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos, não é porventura a comunhão do corpo de Cristo? ( 109-31/10/02 )
17 Pois nós, embora muitos, somos um só pão, um só corpo; porque todos participamos de um mesmo pão. .( 100-05/09/02 )

21 Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice de demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa de demônios.. .( 101-12/09/02 )
23 Todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. 24 Ninguém busque o proveito próprio, antes cada um o de outrem. .( 102-19/09/02 )
28 Mas, se alguém vos disser: Isto foi oferecido em sacrifício; não comais por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência;.( 103-26/09/02 )
31 Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus. ( 108-24/10/02 )
32 Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a igreja de Deus; ( 106-10/10/02 )
33 assim como também eu em tudo procuro agradar a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que sejam salvos.( 107-17/10/02 ).



2 CORÍNTIOS

5 :1 Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. (128 13/02/2003)
6 Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos presentes no corpo, estamos ausentes do Senhor 7 (porque andamos por fé, e não por vista); (129 20/02/2003)
8 temos bom ânimo, mas desejamos antes estar ausentes deste corpo, para estarmos presentes com o Senhor. (130 27/02/2003)
10 Porque é necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez por meio do corpo, segundo o que praticou, o bem ou o mal. (131 01/03/2003)
11 Portanto, conhecendo o temor do Senhor, procuramos persuadir os homens; mas, a Deus já somos manifestos, e espero que também nas vossas consciências sejamos manifestos. (132 06/03/2003)
13 Porque, se enlouquecemos, é para Deus; se conservamos o juízo, é para vós. (133 13/03/2003)
14 Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; 134 20/03/2003)
15 e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 135 13/03/2003)
16 Por isso daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos desse modo. (136 01/04/2003)
17 "Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (121 02/01/2003)
18 Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação; (137 03/04/2003)
19 pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação. (138 10/04/2003)
20 De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamo-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus. (139 17/04/2003)
21 Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus. (140 24/04/2003)

6:3
não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado; (81)

Filipenses
4:13 Posso todas as coisas naquele que me fortalece. ( 124-23/01/2003 )

1 Tessalonicenses
1: 2 Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, (188)
3 lembrando-nos sem cessar da vossa obra de fé, do vosso trabalho de amor e da vossa firmeza de esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai, 4 conhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição;(189)
5 porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo e em plena convicção, como bem sabeis quais fomos entre vós por amor de vós.(190)
6 E vós vos tornastes imitadores nossos e do Senhor, tendo recebido a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo.(191)
7 De sorte que vos tornastes modelo para todos os crentes na Macedônia e na Acaia. (192)
8 Porque, partindo de vós fez-se ouvir a palavra do Senhor, não somente na Macedônia e na Acaia, mas também em todos os lugares a vossa fé para com Deus se divulgou, de tal maneira que não temos necessidade de falar coisa alguma;(193)
9 porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos entre vós, e como vos convertestes dos ídolos a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro, (194)
10 e esperardes dos céus a seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira vindoura. (195/196)

2: 1 Porque vós mesmos sabeis, irmãos, que a nossa estada entre vós não foi vã;(197)
3 Porque a nossa exortação não procede de erro, nem de imundícia, nem é feita com dolo; 4 mas, assim como fomos aprovados por Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações.(198)
5 Pois, nunca usamos de palavras lisonjeiras, como sabeis, nem agimos com intuitos gananciosos. Deus é testemunha, 6 nem buscamos glória de homens, quer de vós, quer de outros, embora pudéssemos, como apóstolos de Cristo, ser-vos pesados;
7 antes nos apresentamos brandos entre vós, qual ama que acaricia seus próprios filhos.(199)
8 Assim nós, sendo-vos tão afeiçoados, de boa vontade desejávamos comunicar-vos não somente o evangelho de Deus, mas ainda as nossas próprias almas; porquanto vos tornastes muito amados de nós.(200)
9 Porque vos lembrais, irmãos, do nosso labor e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus. (201)
10 Vós e Deus sois testemunhas de quão santa e irrepreensivelmente nos portamos para convosco que credes;(202)
11 assim como sabeis de que modo vos tratávamos a cada um de vós, como um pai a seus filhos, (203)
12 exortando-vos e consolando-vos, e instando que andásseis de um modo digno de Deus, o qual vos chama ao seu reino e glória. (204)
13 Por isso nós também, sem cessar, damos graças a Deus, porquanto vós, havendo recebido a palavra de Deus que de nós ouvistes, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo ela é na verdade) como palavra de Deus, a qual também opera em vós que credes. (205)
14 Pois vós, irmãos, vos haveis feito imitadores das igrejas de Deus em Cristo Jesus que estão na Judéia; porque também padecestes de vossos próprios concidadãos o mesmo que elas padeceram dos judeus; (206)
15 os quais mataram ao Senhor Jesus, bem como aos profetas, e a nós nos perseguiram, e não agradam a Deus, e são contrários a todos os homens, (207)
16 e nos impedem de falar aos gentios para que sejam salvos; de modo que enchem sempre a medida de seus pecados; mas a ira caiu sobre eles afinal. (208)
17 Nós, porém, irmãos, sendo privados de vós por algum tempo, de vista, mas não de coração, tanto mais procuramos com grande desejo ver o vosso rosto; (209)
18 pelo que quisemos ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, não somente uma vez, mas duas, e Satanás nos impediu.
19 Porque, qual é a nossa esperança, ou gozo, ou coroa de glória, diante de nosso Senhor Jesus na sua vinda? Porventura não o sois vós? (210)
20 Na verdade vós sois a nossa glória e o nosso gozo. (211) 1/6/2004

3: "1 Pelo que, não podendo mais suportar o cuidado por vós, achamos por bem ficar sozinhos em Atenas, 2 e enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus no evangelho de Cristo, para vos fortalecer e vos exortar acerca da vossa fé; (212)
3 para que ninguém seja abalado por estas tribulações; porque vós mesmo sabeis que para isto fomos destinados;(213)
4 pois, quando estávamos ainda convosco, de antemão vos declarávamos que havíamos de padecer tribulações, como sucedeu, e vós o sabeis.(214)
5 . . . Foi por isso que , já não me sendo possível continuar esperando , mandei indagar o estado da vossa fé , temendo que o tentador vos provasse , e se tornasse inútil o nosso labor . . . "( 187-15/01/2004 )
6 Mas agora que Timóteo acaba de regressar do vosso meio, trazendo-nos boas notícias da vossa fé e do vosso amor, dizendo que sempre nos tendes em afetuosa lembrança, anelando ver-nos assim como nós também a vós;(215)
7 por isso, irmãos, em toda a nossa necessidade e tribulação, ficamos consolados acerca de vós, pela vossa fé,(216)
8 porque agora vivemos, se estais firmes no Senhor.(217 vós, por todo o gozo com que nos regozijamos por vossa causa diante do nosso Deus, (218)
10 rogando incessantemente, de noite e de dia, para que possamos ver o vosso rosto e suprir o que falta à vossa fé? (219)
11 Ora, o próprio Deus e Pai nosso e o nosso Senhor Jesus nos abram o caminho até vós, (220)
12 e o Senhor vos faça crescer e abundar em amor uns para com os outros e para com todos, como também nós abundamos para convosco;(221)
13 para vos confirmar os corações, de sorte que sejam irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos. (222)

4. 1 Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como aprendestes de nós de que maneira deveis andar e agradar a Deus, assim como estais fazendo, nisso mesmo abundeis cada vez mais. (225)
2 Pois vós sabeis que preceitos vos temos dado pelo Senhor Jesus. 3 Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, (226)
4 que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, 5 não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus; (227)
6 ninguém iluda ou defraude nisso a seu irmão, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos.(228)
7 Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação. 8 Portanto, quem rejeita isso não rejeita ao homem, mas sim a Deus, que vos dá o seu Espírito Santo. (229)
9 Quanto, porém, ao amor fraternal, não necessitais de que se vos escreva, visto que vós mesmos sois instruídos por Deus a vos amardes uns aos outros; 10 porque certamente já o fazeis para com todos os irmãos que estão por toda a Macedônia. Exortamo-vos, porém, irmãos, a que ainda nisto abundeis cada vez mais, (230)
11 e procureis viver quietos, tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo mandamos, 12 a fim de que andeis dignamente para com os que estão de fora, e não tenhais necessidade de coisa alguma.(231)
13 Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança. (232)
14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer juntamente com ele. (233)
15 Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. (234)
16 Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.(235)
17 Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. 18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. (236)

5: 1 Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas não necessitais de que se vos escreva: 2 porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá como vem o ladrão de noite;(237)
3 pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.(238)
4 Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda; 5 porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; (239)
6 não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios. 7 Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam, embriagam-se de noite; (240)
8 mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação;(241)
9 porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo, 10 que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele. (242)
11 Pelo que exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros, como na verdade o estais fazendo. (243)
12 Ora, rogamo-vos, irmãos, que reconheçais os que trabalham entre vós, presidem sobre vós no Senhor e vos admoestam; 13 e que os tenhais em grande estima e amor, por causa da sua obras. Tende paz entre vós. (244)
14 Exortamo-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. (245)
15 Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, uns para com os outros, e para com todos. (246)
16 Regozijai-vos sempre.(247)
17 Orai sem cessar. (248)
18 Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. (249)
19 Não extingais o Espírito; (250)
20 não desprezeis as profecias, (251)
21 mas ponde tudo à prova. Retende o que é bom; (252)
22 Abstende-vos de toda espécie de mal. (253)
23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. (254)
24 Fiel é o que vos chama, e ele também o fará.(255)
25 Irmãos, orai por nós. (256)
26 Saudai a todos os irmãos com ósculo santo.(257)
27 Pelo Senhor vos conjuro que esta epístola seja lida a todos os irmãos. (258)
28 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. (259/260)


2 Tessalonicenses
1:
2 Graças a vós, e paz da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo. (261)
3 Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós transborda de uns para com os outros. (262)
4 De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa constância e fé em todas as perseguições e aflições que suportais; (263)
5 o que é prova clara do justo juízo de Deus, para que sejais havidos por dignos do reino de Deus, pelo qual também padeceis;(264)
6 se de fato é justo diante de Deus que ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam, (266)
7 e a vós, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder em chama de fogo,(267)
8 e tomar vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus; 9 os quais sofrerão, como castigo, a perdição eterna, banidos da face do senhor e da glória do seu poder, (268)
10 quando naquele dia ele vier para ser glorificado nos seus santos e para ser admirado em todos os que tiverem crido (porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós). (269)
11 Pelo que também rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação, e cumpra com poder todo desejo de bondade e toda obra de fé.(270)
12 para que o nome de nosso Senhor Jesus seja glorificado em vós, e vós nele, segundo a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo. (271)

2: 1 Ora, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamos-vos, irmãos, 2 que não vos movais facilmente do vosso modo de pensar, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola como enviada de nós, como se o dia do Senhor estivesse já perto.(272)
3 Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição, (273)
4 aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus. (274)
5 Não vos lembrais de que eu vos dizia estas coisas quando ainda estava convosco? 6 E agora vós sabeis o que o detém para que a seu próprio tempo seja revelado. (275)
7 Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora;(276)
8 e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; (277)
9 a esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira, 10 e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.(278)
11 E por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira; 12 para que sejam julgados todos os que não creram na verdade, antes tiveram prazer na injustiça.(279)
13 Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade, (280)
14 e para isso vos chamou pelo nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. (281)
15 Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. (282)
16 E o próprio Senhor nosso, Jesus Cristo, e Deus nosso Pai que nos amou e pela graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, 17 console os vossos corações e os confirme em toda boa obra e palavra. (283)

3: 1 Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada. como também o é entre vós, (284)
2 e para que sejamos livres de homens perversos e maus; porque a fé não é de todos. (285)
3 Mas fiel é o Senhor, o qual vos confirmará e guardará do maligno. (286)
4 E, quanto a vós, confiamos no Senhor que não só fazeis, mas fareis o que vos mandamos. (287)
5 Ora, o Senhor encaminhe os vossos corações no amor de Deus e na constância de Cristo. (288)
6 mandamo-vos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebestes.(289)
7 Porque vós mesmos sabeis como deveis imitar-nos, pois que não nos portamos desordenadamente entre vós, (290)
8 nem comemos de graça o pão de ninguém, antes com labor e fadiga trabalhávamos noite e dia para não sermos pesados a nenhum de vós.(291)
9 Não porque não tivéssemos direito, mas para vos dar nós mesmos exemplo, para nos imitardes.(292)
10 Porque, quando ainda estávamos convosco, isto vos mandamos: se alguém não quer trabalhar, também não coma. (293)
11 Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, não trabalhando, antes intrometendo-se na vida alheia; (294)
12 a esses tais, porém, ordenamos e exortamos por nosso Senhor Jesus Cristo que, trabalhando sossegadamente, comam o seu próprio pão. (295)
13 Vós, porém, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.(296)
14 Mas, se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, notai-o e não tenhais relações com ele, para que se envergonhe;(297)
15 todavia não o considereis como inimigo, mas admoestai-o como irmão.(298)
16 Ora, o próprio Senhor da paz vos dê paz sempre e de toda maneira. O Senhor seja com todos vós. (299)
17 Esta saudação é de próprio punho, de Paulo, o que é o sinal em cada epístola; assim escrevo. 18 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. (300)



1 Timóteo


1 : 1 Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa. 2 a Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor. (301)
3 Como te roguei, quando partia para a Macedônia, que ficasse em Éfeso, para advertires a alguns que não ensinassem doutrina diversa, 4 nem se preocupassem com fábulas ou genealogias intermináveis, pois que produzem antes discussões que edificação para com Deus, que se funda na fé... (302)
5 Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida; 6 das quais coisas alguns se desviaram, e se entregaram a discursos vãos, (303)
7 querendo ser doutores da lei, embora não entendam nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam. (304)
8 Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usar legitimamente, (305)
9 reconhecendo que a lei não é feita para o justo, mas para os transgressores e insubordinados, os irreverentes e pecadores, os ímpios e profanos, para os parricidas, matricidas e homicidas, 10 para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina, (306)
11 segundo o evangelho da glória do Deus bendito, que me foi confiado. 12 Dou graças àquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me julgou fiel, pondo-me no seu ministério,(307)
13 ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor, e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade; (308)
14 e a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Cristo Jesus. (309)
15 Fiel é esta palavra e digna de toda a aceitação; que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais sou eu o principal; (310)
16 mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, o principal, Cristo Jesus mostrasse toda a sua longanimidade, a fim de que eu servisse de exemplo aos que haviam de crer nele para a vida eterna.(311)
17 Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.(312)
18 Esta admoestação te dirijo, filho Timóteo, que segundo as profecias que houve acerca de ti, por elas pelejes a boa peleja,(313)
19 conservando a fé, e uma boa consciência, a qual alguns havendo rejeitado, naufragando no tocante à fé; 20 e entre esses Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar.
(314)

2 : 1 Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, (315)
2 pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade.(316)
3 Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
4 o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.(317)
5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, (318)
6 o qual se deu a si mesmo em resgate por todos, para servir de testemunho a seu tempo;(319)
7 para o que (digo a verdade, não minto) eu fui constituído pregador e apóstolo, mestre dos gentios na fé e na verdade. (320)
8 Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda.(321-19/04/06)
9 Quero, do mesmo modo, que as mulheres se ataviem com traje decoroso, com modéstia e sobriedade, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos custosos, 10 mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.(322)
11 A mulher aprenda em silêncio com toda a submissão. 12 Pois não permito que a mulher ensine, nem tenha domínio sobre o homem, mas que esteja em silêncio. 13 Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. (323)
14 E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão; 15 salvar-se-á, todavia, dando à luz filhos, se permanecer com sobriedade na fé, no amor e na santificação. (324)

3 1 Fiel é esta palavra: Se alguém aspira ao episcopado, excelente obra deseja. (325)
2 É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, temperante, sóbrio, ordeiro, hospitaleiro, apto para ensinar; (326)
3 não dado ao vinho, não espancador, mas moderado, inimigo de contendas, não ganancioso; (327)
4 que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com todo o respeito 5 (pois, se alguém não sabe governar a sua própria casa, como cuidará da igreja de Deus?); (328)
6 não neófito, para que não se ensoberbeça e venha a cair na condenação do Diabo.(329)
7 Também é necessário que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em opróbrio, e no laço do Diabo.(330)
8 Da mesma forma os diáconos sejam sérios, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância, 9 guardando o mistério da fé numa consciência pura.(331)
10 E também estes sejam primeiro provados, depois exercitem o diaconato, se forem irrepreensíveis. (332)
11 Da mesma sorte as mulheres sejam sérias, não maldizentes, temperantes, e fiéis em tudo.(333)
12 Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas.(334)
13 Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si um lugar honroso e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus. (335)
14 Escrevo-te estas coisas, embora esperando ir ver-te em breve, (336)
15 para que, no caso de eu tardar, saibas como se deve proceder na casa de Deus, a qual é a igreja do Deus vivo, coluna e esteio da verdade. (337)
16 E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que se manifestou em carne, foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, e recebido acima na glória. (338)

4 : 1 Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, (339)
2 pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, 3 proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade; (340)
4 pois todas as coisas criadas por Deus são boas, e nada deve ser rejeitado se é recebido com ações de graças; 5 porque pela palavra de Deus e pela oração são santificadas.(341)
6 Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, nutrido pelas palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido; (342)
7 mas rejeita as fábulas profanas e de velhas. Exercita-te a ti mesmo na piedade. (343)
8 Pois o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, visto que tem a promessa da vida presente e da que há de vir.(344)
9 Fiel é esta palavra e digna de toda aceitação.(345)
10 Pois para isto é que trabalhamos e lutamos, porque temos posto a nossa esperança no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem. 11 Manda estas coisas e ensina-as. (346)
12 Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 13 até que eu vá, aplica-te à leitura, à exortação, e ao ensino.(347)
14 Não negligencies o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbítero. (348)
15 Ocupa-te destas coisas, dedica-te inteiramente a elas, para que o teu progresso seja manifesto a todos. (349)
16 Tem cuidado de ti mesmo e do teu ensino; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem. (350)

5 : 1 Não repreendas asperamente a um velho, mas admoesta-o como a um pai; aos moços, como a irmãos; (351)
2 às mulheres idosas, como a mães; às moças, como a irmãs, com toda a pureza. (352)
3 Honra as viúvas que são verdadeiramente viúvas.(353)
4 Mas, se alguma viúva tiver filhos, ou netos, aprendam eles primeiro a exercer piedade para com a sua própria família, e a recompensar seus progenitores; porque isto é agradável a Deus. (354)
5 Ora, a que é verdadeiramente viúva e desamparada espera em Deus, e persevera de noite e de dia em súplicas e orações;(355)
6 mas a que vive em prazeres, embora viva, está morta. 7 Manda, pois, estas coisas, para que elas sejam irrepreensíveis. (356)
8 Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo.(357)
9 Não seja inscrita como viúva nenhuma que tenha menos de sessenta anos, e só a que tenha sido mulher de um só marido, (358)
10 aprovada com testemunho de boas obras, se criou filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os atribulados, se praticou toda sorte de boas obras.(359)
11 Mas rejeita as viúvas mais novas, porque, quando se tornam levianas contra Cristo, querem casar-se;(360)
12 tendo já a sua condenação por haverem violado a primeira fé; (361)
13 e, além disto, aprendem também a ser ociosas, andando de casa em casa; e não somente ociosas, mas também faladeiras e intrigantes, falando o que não convém. (362)
14 Quero pois que as mais novas se casem, tenham filhos, dirijam a sua casa, e não dêem ocasião ao adversário de maldizer;(363)
15 porque já algumas se desviaram, indo após Satanás.(364)
16 Se alguma mulher crente tem viúvas, socorra-as, e não se sobrecarregue a igreja, para que esta possa socorrer as que são verdadeiramente viúvas. (365)
17 Os anciãos que governam bem sejam tidos por dignos de duplicada honra, especialmente os que labutam na pregação e no ensino.(366)
18 Porque diz a Escritura: Não atarás a boca ao boi quando debulha. E: Digno é o trabalhador do seu salário. (367)
19 Não aceites acusação contra um ancião, senão com duas ou três testemunhas. (69)
20 Aos que vivem no pecado, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor. (368)
21 Conjuro-te diante de Deus, e de Cristo Jesus, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo com parcialidade.(369)
22 A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro. (370)
23 Não bebas mais água só, mas usa um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades.(371)
24 Os pecados de alguns homens são manifestos antes de entrarem em juízo, enquanto os de outros descobrem-se depois.(372)
25 Da mesma forma também as boas obras são manifestas antecipadamente; e as que não o são não podem ficar ocultas. (373)

2 Timóteo

1: 1 Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus,
2 a Timóteo, amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus nosso Senhor.
3 Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados sirvo com uma consciência pura, de que sem cessar faço menção de ti em minhas súplicas de noite e de dia; (374)
4 e, recordando-me das tuas lágrimas, desejo muito ver-te, para me encher de gozo; (375)
5 trazendo à memória a fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice e estou certo de que também habita em ti. (376)
6 Por esta razão te lembro que despertes o dom de Deus, que há em ti pela imposição das minhas mãos.(377)
7 Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.(378)
8 Portanto não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa comigo dos sofrimentos do evangelho segundo o poder de Deus, (379)
9 que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e a graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos,(380)
10 e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual destruiu a morte, e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo evangelho,
11 do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre. (381)
12 Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.(382)
13 Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido na fé e no amor que há em Cristo Jesus; (383)
14 guarda o bom depósito com o auxílio do Espírito Santo, que habita em nós.(384)
15 Bem sabes isto, que me abandonaram todos os que estão na Ásia, entre eles Fígelo e Hermógenes.(385)
16 O Senhor conceda misericórdia à casa de Onesíforo, porque muitas vezes ele me recreou, e não se envergonhou das minhas cadeias;
17 antes quando veio a Roma, diligentemente me procurou e me achou. 18 O Senhor lhe conceda que naquele dia ache misericórdia diante do Senhor. E quantos serviços prestou em Éfeso melhor o sabes tu . (386)

2: 1 Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus; (387)
2 e o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. (388)
3 Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus. (389)
4 Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.(390
)
5 E também se um atleta lutar nos jogos públicos, não será coroado se não lutar legitimamente.(391
)
6 O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. (392)
7 Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. (393)
8 Lembra-te de Jesus Cristo, ressurgido dentre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho, (394)
9 pelo qual sofro a ponto de ser preso como malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.(395
)
10 Por isso, tudo suporto por amor dos eleitos, para que também eles alcancem a salvação que há em Cristo Jesus com glória eterna. (396)
11 Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; (397)
12 se perseveramos, com ele também reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; (398)
13 se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo. (399)
14 Lembra-lhes estas coisas, conjurando-os diante de Deus que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam, senão para subverter os ouvintes. (400)
15 Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.(401)
16 Mas evita as conversas vãs e profanas; porque os que delas usam passarão a impiedade ainda maior, 17 e as suas palavras alastrarão como gangrena; entre os quais estão Himeneu e Fileto, 18 que se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição é já passada, e assim pervertem a fé a alguns. (402)
19 Todavia o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os seus, e: Aparte-se da injustiça todo aquele que profere o nome do Senhor. (403)
20 Ora, numa grande casa, não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de madeira e de barro; e uns, na verdade, para uso honroso, outros, porém, para uso desonroso. (404)
21 Se, pois, alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e útil ao Senhor, preparado para toda boa obra. (405)
22 Foge também das paixões da mocidade, e segue a justiça, a fé, o amor, a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor.(406)
23 E rejeita as questões tolas e desassisadas, sabendo que geram contendas;(407)
24 e ao servo do Senhor não convém contender, mas sim ser brando para com todos, apto para ensinar, paciente; (408)
25 corrigindo com mansidão os que resistem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, (409)
26 e que se desprendam dos laços do Diabo (por quem haviam sido presos), para cumprirem a vontade de Deus. (410)

3: 1 Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos;(411 - 10/01/2008)
2 pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, 3 sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, 4 traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, (412)
5 tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também desses. (413)
6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;(414)
7 sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade.(415)
8 E assim como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.(416)
9 Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesta a sua insensatez, como também o foi a daqueles. (417)
10 Tu, porém, tens observado a minha doutrina, procedimento, intenção, fé, longanimidade, amor, perseverança, (418)
11 as minhas perseguições e aflições, quais as que sofri em Antioquia, em Icônio, em Listra; quantas perseguições suportei! e de todas o Senhor me livrou. (419)
12 E na verdade todos os que querem viver piamente em Cristo Jesus padecerão perseguições. (420)
13 Mas os homens maus e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados (421).
14 Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, (422)
15 e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus. (423)
16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; 17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra. (424)

4: 1 Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino; 2 prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino.(425)
3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos,(426)
4 e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.(427)
5 Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. (428)
6 Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo.(429)
7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.(430)
8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.(430)
9 Procura vir ter comigo breve;(431)
10 pois Demas me abandonou, tendo amado o mundo presente, e foi para Tessalônica, Crescente para a Galácia, Tito para a Dalmácia; (432)
11 só Lucas está comigo. Toma a Marcos e traze-o contigo, porque me é muito útil para o ministério.(433)
12 Quanto a Tíquico, enviei-o a Éfeso. (434)
13 Quando vieres traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, especialmente os pergaminhos.(435)
14 Alexandre, o latoeiro, me fez muito mal; o Senhor lhe retribuirá segundo as suas obras.(436)
15 Tu também guarda-te dele; porque resistiu muito às nossas palavras. (437)
16 Na minha primeira defesa ninguém me assistiu, antes todos me desampararam. Que isto não lhes seja imputado.(438)
17 Mas o Senhor esteve ao meu lado e me fortaleceu, para que por mim fosse cumprida a pregação, e a ouvissem todos os gentios; e fiquei livre da boca do leão, (439)
18 E o Senhor me livrará de toda má obra, e me levará salvo para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém. (440)
19 Saúda a Prisca e a Áqüila e à casa de Onesíforo. 20 Erasto ficou em Corinto; a Trófimo deixei doente em Mileto. 21 Apressa-te a vir antes do inverno. Saúdam-te Êubulo, Pudente, Lino, Cláudia, e todos os irmãos. 22 O Senhor seja com o teu espírito. A graça seja convosco. (441)


Hebreus
4:12,13 "Pois a Palavra de Deus é viva e eficaz e mais afiada do que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas." (125 30/01/2003)
13: 6 De modo que com plena confiança digamos: O Senhor é quem me ajuda, não temerei; que me fará o homem? (115 01/12/02)

1 João
1:3 sim, o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que vós também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.( 104-01/10/02 )

 

Apocalipse

3: 20 Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo." . (117 12/12/02)

7:9 Depois destas coisas olhei, e eis uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, que estavam em pé diante do trono e em presença do Cordeiro, trajando compridas vestes brancas, e com palmas nas mãos; (83)

13:18
... Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis ... (666 ou 665b)


Ola! Sinto falta daquele versiculo que sempre vinha no começo de cada resumo semanal. Na paz, _ Lu 20/11/2003

1: 2: 3: 4: 5: 6: 7: 8: 9:

     

www.bibliaon.com

Participe! Envie-nos seu comentário : www.uniaonet.com/email.htm
Página Inicial : www.uniaonet.com